17/12/2021 às 16h58min - Atualizada em 17/12/2021 às 16h57min

Com muitas lesões, Wolverhampton e Chelsea jogam pela Premier League

Ambas as equipes possuem problemas no departamento médico

Caio Henrique Panini de Oliveira - Editado por Eduardo V. Schmitt
Wolverhampton e Chelsea na temporada anterior (Foto/ Reprodução: Premier League)
Wolverhampton e Chelsea jogam neste domingo (19), às 11 h (horário de Brasília). O confronto é válido pela 18ª rodada da Premier League 2021/22 e ocorre no Molineux Stadium.  Assim, os Wolves estão na 8ª colocação, com 24 pontos ganhos. Os Blues estão na 3ª posição, com 37 pontos conquistados. Em meio ao crescimento de casos positivos do Covid-19, a partida foi confirmada e deve acontecer neste final de semana.

WOLVERHAMPTON
 
Primeiramente, o técnico Bruno Lage possui alguns desfalques para a partida deste domingo (19). Rayan Ait-Nouri e Hwang Hee-Chan se machucaram na partida diante do Brighton. Assim, ambos os atletas não devem ser relacionados. Além disso, Daniel Podence, Pedro Neto, Jonny Otto, Yerson Mosquera, Willy Boly e Fabio Silva também estão lesionados e não jogam. 


Já o atacante mexicano Raul Jimenez retorna após cumprir suspensão por ser expulso no jogo diante do Manchester City. A princípio, o atleta deve começar entre os 11 titulares. Para o lugar de Hwang, o comandante pode colocar o espanhol Adama Traoré, ou o jovem Fábio Silva, que é centroavante, mas pode atuar mais aberto pelos lados do campo. Por fim, Bruno Lage deve manter o mesmo esquema, que é o 5-4-1. Ou seja, dois alas, que apoiam o sistema defensivo; dois volantes, que saem mais para o ataque e um atacante mais perto do gol adversário.

Provável Escalação: Sá, Semedo, Saiss, Coady, Kilman, Marçal, Rúben Neves, João Moutinho, Trincão, Adama Traoré (Fábio Silva) e Jimenez. Técnico: Bruno Lage.


CHELSEA

A equipe de Londres possui problemas com lesões também. Lukaku, Timo Werner, Callum Hudson-Odoi e Bem Chilwell não jogam. Além disso, Loftus-Cheek e Jorginho são dúvidas para o confronto. Assim, Tuchel pode ter que utilizar Mateo Kovacic. O croata retornou recentemente de uma lesão e treinou pouco com o restante do elenco. Entretanto, com falta de opções, o treinador alemão deve começar com o camisa 8 entre os titulares.

Durante a semana, o time empatou em casa contra o Everton. Assim, na entrevista coletiva, Tuchel comentou sobre o confronto dos Blues:
 
Ainda estamos tentando nos recuperar de um resultado muito decepcionante. Devemos dizer, porém, que fizemos um jogo muito bom, criamos muitas chances. Existem bons sinais e bons comportamentos”. 

Chelsea venceu apenas duas vezes nos últimos cinco jogos do Campeonato Inglês. O meio-campista Kai Havertz testou negativo para o Covid e deve jogar.

Além disso, o clube conta com a boa fase de Reece James. O lateral inglês deu cinco assistências na Premier League e também marcou cinco gols na atual temporada. No meio de campo, Mason Mount é um dos principais atletas da equipe. Em resumo, o jogador disputou 27 jogos, marcou sete gols e deu seis assistências. Já são quatro partidas seguidas no Campeonato Inglês, que atleta balança as redes.

Provável Escalação: Mendy, Azpilicueta, Rudiger, Thiago Silva, James, Kanté, Kovacic (Saúl), Alonso, Mount, Ziyech e Kai Havertz. Técnico: Thomas Tuchel.


HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Na história, as duas equipes se enfrentaram 111 vezes. Assim, são 43 triunfos para o Chelsea, 40 para o Wolverhampton e 28 empates. A maior goleada aconteceu na Division One 1953/54. Naquele jogo, os Wolves venceram por 8 x 1. Então, são 193 gols para os Blues e 181 para The Wamderers

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »