01/03/2022 às 20h41min - Atualizada em 01/03/2022 às 19h20min

Descubra as surreais cavernas do Parque Estadual Terra Ronca

Leticia Paz - Editada por Victória Silva
Fonte: Márcio Bittencourt / Reprodução Dia Online
Para todos os apaixonados por ecoturismo e também para aqueles que não dispensam boas aventuras, o Parque Estadual Terra Ronca, localizado em Goiás, é um destino imperdível. O lugar fica na região nordeste do estado, entre os municípios de São Domingos e Guarani de Goiás. 

Terra Ronca é um dos maiores complexos de grutas e cavernas de toda a América Latina, guardando paisagens impressionantes e passeios inesquecíveis por lugares onde nem sempre o sol toca. 

Terra Ronca também tem cachoeiras e uma formação de morros, esculpidos pelo vento e pelas águas, que se parece com uma cidade de pedra. A estimativa é de que o Parque guarde cerca de 300 grutas e cavernas, mas nem todas estão abertas as visitações. Confira as principais atrações do Parque Estadual Terra Ronca


Caverna Terra Ronca 

A Caverna Terra Ronca, a mais visitada do parque é formada por uma espécie de rocha sedimentar, e calcário. O nome Terra Ronca vem do barulho que a correnteza das águas do Rio Lapa fazem no interior da caverna. 

Em seu interior, a caverna tem grandes salões adornados com estalactites e estalagmites, flores de cálcio, pérolas de calcário, travertinos, entre outras formações rochosas. 


Caverna Angélica

Angélica tem 17 quilômetros de extensão onde encontram-se cerca de 10 salões majestosos, outra imponente caverna coberta por estalactites e estalagmites. Os destaques são o Salão dos Canudos e o Salão das Cortinas. A Caverna Angélica é considerada uma das maiores do Brasil. 

O acesso à caverna é feito através de uma praia fluvial. As águas do Rio Angélica passam em seu interior e revelam suas belezas, que vão desde as formações rochosas até espelhos d’água. 


Caverna São Mateus

A caverna São Mateus é a segunda maior caverna do Brasil, a Caverna só pode ser acessada através de uma pequena fenda, por onde se desce de corda, por esse motivo visitá-la é preciso condicionamento físico e gostar de aventura.

Em seu interior, há formações rochosas que mais parece ter sido esculpidas à mão e outras que lembram cristais. Um dos destaques é o Salão dos Travertinos Gigantes.


Caverna São Vicente

Mais do que gostar de aventuras para conhecer a Caverna São Vicente, ser aventureiro é um requisito, pois a única forma de entrar nela é por um rapel de 40 metros. Vale a pena o esforço em seu interior o visitante vai encontrar 12 cachoeiras, formadas pelas águas do Rio São Vicente, fenômeno raro atrai muitos olhares. E não é só isso, o local abriga muitos encantos.


Cachoeiras

Mais do que cavernas e grutas o Parque Estadual Terra Ronca possui outras belas quedas d’água que são convidativas a banhos relaxantes, além das cachoeiras que ficam no interior da Caverna São Vicente. Entre as várias cachoeiras do parque, destacam-se a Cachoeira do rio São Bernardo, a Cachoeira das 7 Quedas, a Cachoeira do Rio Palmeiras e a Cachoeira do Sabath, e os rios que cortam a área têm águas mornas e cristalinas. 


Dicas

- Para entrar no parque não é preciso pagar nada. No entanto, há uma cobrança de R$ 5 para ter acesso à Caverna Angélica. Guias credenciados são necessários para fazer os passeios, e normalmente fornecem capacetes e lanternas.

- Dentro do Parque Estadual Terra Ronca não há nenhum restaurante.

- Não há sinal de celular dentro do parque, por isso é importante estar sempre atento, já que será difícil encontrar ajuda caso necessário.

- Roupas leves na hora de fazer um passeio em meio ao Parque Estadual Terra Ronca, pois as trilhas são cansativas e há trechos escorregadios, importante usar tênis ou botas.

- Vale ressaltar que se pretende conhecer as principais atrações, é quase impossível fazer um bate e volta no Parque Estadual Terra Ronca, sendo preciso garantir hospedagem em uma cidade vizinha. Você pode ficar em Posse ou então em São Domingos, mas também dá para ficar em pousadas dentro do próprio parque.

- Todas as épocas do ano são boas para visitar o parque, porém, é sempre bom evitar dias de chuva

- Devido a pandemia do novo coronavírus, fique atento para os protocolos e medidas de enfrentamento adotadas pelo destino. É bastante provável que hotéis, estabelecimentos ou serviços solicitem o comprovante de vacinação contra a COVID.-19.

Referências
 
Brasil na Rota: por dentro do mundo subterrâneo do Parque Terra Ronca. Metrópoles. 2021. Disponível em: https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/turismo/brasil-na-rota-por-dentro-do-mundo-subterraneo-do-parque-terra-ronca. Acesso 24 fev. 2022

Parque Estadual Terra Ronca: complexo de cavernas perfeito para os aventureiros. Dia Online. 2020. Disponível em: https://diaonline.ig.com.br/2020/03/27/parque-estadual-terra-ronca-complexo-de-cavernas-perfeito-para-os-aventureiros/?utm_source=Isabela+Gon%C3%A7alves&utm_campaign=diaonline-author. Acesso 01 fev. 2022

Turismo de caverna na Terra Ronca: tem coragem para encarar?. Ibahia. 2019. Disponível em: https://www.ibahia.com/entretenimento/detalhe/noticia/turismo-de-caverna-na-terra-ronca-tem-coragem-para-encarar/#:~:text=O%20roteiro%20tur%C3%ADstico%20envolve%20cerca,no%20valor%20de%20R%245. Acesso 01 fev. 2022

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »