05/03/2022 às 10h55min - Atualizada em 02/03/2022 às 15h09min

Conheça as belas praias isoladas no Brasil

Raquel Vieira - Editada por Victória Silva
Fonte: Tripadvisor

Rico em beleza natural, o Brasil que é um país tropical, possui 7.400km de extensão litorânea. Praias costumam ser lotadas, pois é do perfil do brasileiro o “pé na areia…” , porém com a pandemia se tornou necessário o distanciamento social. E para os amantes de viagens relaxantes, vejam algumas praias isoladas no Brasil.
 





Praia do Dentista, no Rio de Janeiro

A beleza da mata atlântica e das águas cristalinas formam a Praia do dentista, em Angra dos Reis, Rio de janeiro. O acesso da praia é através de lancha ou um táxi boat, seguido de uma curta trilha de 30 minutos até a beleza tropical.
 

Praia do Preá, no Ceará

A Praia do Preá, localizada em Jericoacoara, Ceará, possui imensa faixa de areia, proporcionando aos turistas repouso sobre o local. Onde podem admirar belas dunas e um pôr-do-sol. Além disso, o ambiente também é visitado por praticantes de kitesurf.
 

Praia da Lagoinha do Leste, em Santa Catarina

Já em Santa Catarina, há a Praia da Lagoinha do Leste, que pode ser acessada por duas trilhas por ser área de preservação. A primeira trilha possui 4 km a partir da Praia do Matadeiro e a outra partindo do Pântano do Sul que tem 2, 3 km. A passagem pelo pântano pode não ser tão fácil, apesar de curta, mas traz uma bela vista da natureza a frente.
 

Praia do Espelho, na Bahia

Eleita como uma das praias mais bonitas do Brasil pelo Guia Quatro Rodas, a Praia do Espelho, na Bahia, possui uma boa extensão de areia para observar suas belezas e aproveitar o ambiente calmo. Os visitantes podem chegar através de carros alugados ou até mesmo de um trânsfer a partir de Porto Seguro, a 90 km do destino. 

 

 

Referência:
 

"10 praias desertas no Brasil para fugir da aglomeração." Casa Vogue, 2020. Disponível em: https://www.google.com/amp/s/casavogue.globo.com/amp/LazerCultura/Viagem/noticia/2020/10/10-praias-desertas-no-brasil-para-fugir-da-aglomeracao.html. Acesso em: 27/02/2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »