16/03/2022 às 19h30min - Atualizada em 16/03/2022 às 19h24min

Villarreal faz história, elimina a Juventus e avança na Champions League

Submarino Amarelo surpreende no segundo tempo para cima dos italianos com três gols em menos de treze minutos

Caíque Oliveira - Editado por: Alan Martins
Gerard Moreno comemora com Pau Torres, autor do segundo gol da partida (Foto/Divulgação: Instagram Oficial Villarreal)

Na tarde desta quarta-feira (16), o Villarreal venceu a Juventus fora de casa por 0-3, no Allianz Stadium, pelo jogo de volta do mata-mata das oitavas de final da Champions LeagueMorenoPau Torres e  Danjuma foram os autores dos gols em noite mágica para o time espanhol e trágica para o time de Turim. O treinador Massimiliano Alegri acumulou mais uma decepção com a equipe da velha senhora, que por mais um ano não consegue chegar perto da final da competição.
 

PRIMEIRO TEMPO 

Marcado pela pressão massante da Juve desde o início da partida, o Villareal foi o time que mais criou e que mais teve as melhores oportunidades de abrir o marcador. No entanto, foram os italianos que começaram atacando, logo aos 10 minutos, Morata apareceu entre os zagueiros, e após cruzamento vindo da direita feito por Cuadrado, o atacante cabeceou para o chão fazendo com que o goleiro Rulli dos espanhóis começasse os trabalhos. No minuto 19, outro atacante do time de Turim, Vlahovic arriscou de longe fazendo com que o guarda-redes do Villa espalmasse para o lado dando o escanteio. Na sequência do lance, aos 21', Vlahovic explodiu a bola no travessão após cruzamento rasteiro de De Sciglio

Já o Submarino Amarelo, teve a sua melhor chance no 1º tempo criada no minuto 22, através dos pés do argentino, Lo Celso, em um chute de esquerda na entrada da área tirando tinta da trave esquerda do time da Velha Senhora. Mas logo após, a Juve voltou a ter controle da partida criando e pressionando ainda mais os espanhóis. O brasileiro Arthur, foi um dos destaques da primeia etapa articulando as jogadas e dando bons passes, assim também como os atacantes Morata Vlahovic que mesmo não balançando as redes na primeira etapa, participaram das melhores chances da equipe.
 

SEGUNDO TEMPO

Novamente a Juventus começou com gás em busca do gol, porém, o Villarreal se arriscou a sair da pressão e começou a ficar mais com a bola e criar jogadas. Em uma delas, o zagueiro Rugani fez pênalti em cima de Coquelin, onde o VAR foi acionado e confirmado pênalti, cujo foi convertido por Moreno aos 78'. Tomar o gol desmoralizou o time da Juve. Em seguida, no minuto 85, após desvio na área vindo de um escanteio, a bola sobrou para Pau Torres empurrar para dentro ampliando a vantagem faltando cinco minutos para o fim da partida.

A Juventus foi para tudo ou nada, precisando de dois gols para levar a partida para prorrogação, colocou todos os jogadores para campo de ataque. Em tentativa frustada, no minuto 92, o time do Villa roubou a bola e armou um contra-ataque de três jogadores contra apenas dois da Juve. Entretanto, De Ligt bloqueou o chute de um dos jogadores com o braço, dessa forma, o árbitro marcou mais um pênalti para o Villarreal. Desta vez, convertido pelo atacante Arnaut Danjuma, calando a torcida que estava dentro do estádio. 
 

PRÓXIMO CONFRONTO

Juventus entrará em campo novamente no próximo domingo (20) às 11h, para enfrentar o time do Salernitana, que é a lanterna do Campeonato Italiano. Já o Villarreal, visitará a equipe do Cádiz pela La Liga em jogo que também ocorre no domingo, às 12h15.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »