25/03/2022 às 15h02min - Atualizada em 17/03/2022 às 22h03min

Agroturismo do café no Espírito Santo: conheça os sabores das montanhas capixabas

Venda Nova do Imigrante promete a associação do cotidiano agrícola ao lazer turístico

Thalita Vizioli - Editada por Victória Silva
Foto: Farmers Coffee

O Espírito Santo é o 4° menor estado do país em extensão do Brasil, mas o 2° maior produtor brasileiro de café. A cafeicultura prevalece nas paisagens rurais de todos os municípios, do litoral às montanhas, exceto na capital, Vitória. 

Mas em especial, é em Venda Nova do Imigrante, cidade na região centro-serrana, onde, em meio às lavouras de café, turistas associam a vivência do cotidiano agrícola ao lazer, e a valorização do meio ambiente.

Conforme análise de dados do IBGE divulgados pela Incaper, as atividades econômicas de Venda Nova do Imigrante concentram-se aproximadamente 11% em seu setor agropecuário, com renda per capita de R$23.548,80 reais. Aproximadamente 27,8% da população do município está ocupada em atividades agropecuárias. Valor significativo, se comparado a outros municípios.

Em 2005, a cidade foi reconhecida como a Capital Nacional do Agroturismo pela Abratur (Associação Brasileira de Turismo Rural). Na conquista do título estão envolvidas 1.500 pessoas, com 300 famílias e 70 propriedades, sendo sete delas dedicadas totalmente ao agriturismo do Café Arábica e Conilon. 

Por um passeio pelas propriedades é possível conhecer a história do berço da imigração italiana e alemã no Brasil, experienciar o processo de produção do café, e apreciar os diversos sabores e aromas dessa bebida especial do Espírito Santo. 

 

Khas Café

 


Com vista para a exuberante Pedra Azul, em Alto Caxixe, distrito de Venda Nova do Imigrante, o Khas Café se ergue, em meio às plantações de café, morangos, lavandário e jardins de ervas, com o propósito de um turismo de experiência. 


O Projeto Khas é produtor de café Arábica especial, e em parceria com um professor da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES),  especialista em cafés Cornilon, realizam um experimento de cornilon de altitude especial. Essa especialidade de grão é normalmente cultivada a nível do mar, mas hoje, ao todo, já são 500 pés de alguns clones plantados em experimento. 


Além da cafeteria de cafés especiais da região das montanhas do ES, os turistas experienciam um laboratório de café, anexo a cafeteria. 


O passeio inicia na lavoura, para conhecimento dos pés de Arábica e Cornilon. Em seguida, os turistas seguem para o laboratório e  participam de três experiências diferentes, ministradas por uma barista.  Sendo uma delas com cupping, para análise sensorial, a segunda com cafés filtrados e a terceira, um momento de prática como barista. 


O turismo de experiência tem duração de 1h, e acontece a partir de maio, das quartas aos domingos, das 14h às 16h. Os agendamentos são feitos pelo site.

 

Fazenda Carnielli 

Vencedores do Primeiro Concurso de Qualidade de Café do ES em 2001, e de tantos outros prêmios que dão título de qualidade ao Café Carnielli, a fazenda da família proporciona aos visitantes conhecimento de alguns processos de cultivo, da transformação do café, assim também de outros produtos, como o milho, e o leite.

No decorrer da visita, que dura cerca de 1h, é oferecido para degustação café e queijo. O visitante também pode aproveitar os espaços da fazenda durante uma eco-trilha guiada. E para grupos maiores, é possível agendar palestras com temáticas a respeito da vinda dos imigrantes italianos para o Brasil e para Venda Nova; de como viviam os antepassados, suas ocupações, costumes e cultura; e sobre o início e projeções do Agriturismo. 

A Fazenda Carnielli recebe seus visitantes de segunda a sábado no horário de 8h às 17h30min e aos domingos de 8h às 16h30.

Fazenda Brioschi 



O sítio da Família Brioschi, que produz café há cinco gerações, tem parte de suas safras destinadas aos produtos da Terrafé, marca capixaba dedicada à produção de cafés especiais, e a Terra Natal, marca de torrefação de café em Santa Catarina. 

Na propriedade é possível ter contato com os animais, conhecer de perto a preparação dos produtos artesanais. São diversas opções, como queijos, puína, iogurtes, defumados (lombinho com erva, abacaxi), socol, doces diversos, vinho de jabuticaba, sabão de álcool, feijão e cafés finos da variedade arábica, torrado e moído.

A Fazenda Brioschi, está aberta para visitantes todos os dias, das 07h às 18h. 


Café Seleção do Mário 


 

Mario Zardo aprendeu de forma prática e intensa tudo sobre o grão mais apreciado no mundo e em 2012 fundou o Café Seleção do Mário.Nas terras em Alto Caxixe, onde são produzidos seus grãos, os conhecimentos que levaram a criação da marca, são passados aos visitantes: processos, torra, degustação e classificação do café. Uma mini cafeteria com produção 100% artesanal também oferece o que há de melhor em cafés especiais. As visitas com especialistas, que acontecem de segunda a sábado das 8h da manhã às 16h da tarde, tem o valor de R$50,00 por pessoa. 

 

Sítio Família Falqueto 


 
Há mais de quinze anos no mercado, o Sítio da Família Falqueto, pela Falqueto Alimentos, produz produzindo cafés  exclusivamente Arábica. A produção da segunda bebida mais consumida no mundo, pode ser conferida em visita ao sítio produtor, de segunda a sexta de 07:00h às 17:00h. 

Referências: 

Agroturismo. Descubra Venda Nova. Disponível em: http://descubravendanova.es.gov.br/agroturismo/ . Acesso em: 26 fev 2022. 

 

Agroturismo nas montanhas capixabas. CNN. Disponível em: https://www.cnabrasil.org.br/noticias/programa-exibe-o-agroturismo-nas-montanhas-capixabas-para-o-brasil . Acesso em: 26 fev 2022. 

 

Circuito Agroturismo. Agrotures. Disponível em: http://agrotures.com.br/website/site/Circuito.aspx?idCircuito=14 . Acesso em: 26 fev 2022.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »