20/03/2022 às 20h25min - Atualizada em 20/03/2022 às 20h24min

Uma narrativa sem rótulos

Paulo Firmo - Editado por João Martinez sob supervisão de Fernanda Simplício
Fonte: Pipoca & Nanquim/Reprodução: Universo HQ
A publicação no Brasil de Jun, nova obra da quadrinista sul-coreana Keum Suk Gendry-Kim que aborda o universo dos autistas, foi anunciada no YouTube pela editora Pipoca & Nanquim no último dia 13.
 
O Transtorno do Espectro Autista (ou TEA) caracteriza-se pela presença de perturbações no processo de amadurecimento das regiões do corpo responsáveis pela coordenação de ações voluntárias e involuntárias (Sistema Nervoso). Manifesta-se através de três características, que podem vir juntas ou separadas: o comprometimento da linguagem e da capacidade imaginativa, a dificuldade de socialização e os comportamentos limitados e repetitivos. O grau de comprometimento pode variar muito e tais particularidades possibilitarão uma maior ou menor integração desses indivíduos à sociedade.
 
Em função das dificuldades enfrentadas por pessoas que apresentam o referido transtorno, leis foram criadas ao longo dos anos. Elas visam garantir que indivíduos que manifestam TEA possam usufruir de uma vida feliz, equilibrada, produtiva e funcional. O objetivo é possibilitar integralmente a participação desses indivíduos na vida das comunidades em que vivem.
 
No Brasil, a mais recente lei foi sancionada (aprovada) em 2020. É a Lei 13.977 ou Lei Romeo Mion, a responsável por criar a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). Leva o nome do filho do Apresentador de TV Marcos Mion em função da sua luta constante em prol da causa.
 
A primeira lei brasileira referente àqueles que manifestam TEA é a Lei 9.265, de 12 de fevereiro de 1996. Ela estabeleceu que “o requerimento e a emissão de documentos de identificação específico, ou segunda via, para pessoa com transtorno do espectro autista” é gratuito e um exercício de cidadania. Ainda no âmbito (campo) nacional, em 27 de dezembro de 2012, a Lei 12.764, em seu primeiro artigo, informa: “Esta Lei institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista e estabelece diretrizes para a sua consecução”.
 
A mais recente delas, agora no campo municipal, é a Lei 9.600/22. Sancionada pelo Governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro e publicada no Diário Oficial no último dia 18 de março, é de autoria da Deputada Estadual pelo Partido Republicanos (REP) Tia Ju. A lei pune com severas multa atos que caracterizem discriminação contra pessoas que manifestam o Transtorno do Espectro Autista.
 
Todo esse contexto de normas, leis, punições, necessidades, reconhecimento e integração não pode prescindir (abrir mão) da educação. E nenhuma prática educativa se completa sem a contribuição das artes. Familiares e a comunidade precisam compreender, aceitar e acolher os entes/indivíduos com TEA. Para tanto, a arte pode ser uma ferramenta fundamental e bastante versátil. Particularmente as histórias em quadrinhos, com sua capacidade ampla e lúdica (divertida) de apresentar conteúdos, podem auxiliar ainda mais.
 
Talvez com este sentimento, com o desejo de contribuir, a autora do manhwa (como são chamados as histórias em quadrinhos na Coreia) Jun, Keum Suk Gendry-Kim, se pôs a contar a história real do músico coreano com TEA Jun Choi.
 
Quadrinista e ilustradora prestigiada em todo o mundo, Keum Suk, também é autora de Grama e À Espera (dentre muitas outras), também publicadas no Brasil pela editora Pipoca & Nanquim. Mais voltada para a temática dos conflitos vividos pelo seu país, a Coreia, a autora pode ser considerada uma especialista no tema. É sobre tal assunto, um número significativo de suas histórias em quadrinhos. Portanto, sensibilidade e destreza para abordar contextos delicados é o que não lhe falta.
 
A mesma atenção, cuidado e destreza com os sentimentos (próprios e alheios) podem ser conferidas em Jun. A abordagem sobre os que vivenciam o Transtorno do Espectro Autista é repleta de emoção, e propõe diversas reflexões e questionamentos. Em paralelo, temáticas outras se misturam à narrativa e também são abordadas. Por exemplo, o machismo presente na cultura coerana (tal qual em muitas outras culturas ao redor do mundo) e que se entrelaça com as vivências da família do rapaz Jun; afetando significativamente a sua irmã.
 
Outras duas obras de histórias em quadrinhos que foram publicadas recentemente no Brasil também se debruçam sobre a temática do autismo. A diferença invisível, das francesas Mademoiselle Caroline e Julie Dachez, publicada em 2017 pela editora Nemo e Fala Maria, do mexicano Bernardo Fernández, publicada através de financiamento coletivo pela Skript Editora em 2020. Igualmente a Jun, são obras que apresentam o TEA de modo bastante sensível e esclarecedor, partindo de experiências pessoais e reais.
 
Jun está em pré-venda na Amazon brasileira e chegará ao público em abril próximo. Seguirá o mesmo padrão gráfico das obras anteriores da autora já publicadas por aqui. Ainda não tão conhecida como Grama – obra intensamente premiada mundo afora –, Jun carrega enorme potencial para ajudar na desmistificação do mundo autista e aproximar todos nós enquanto comunidade social a abraçar a diferença. Inclusive este é o termo enfatizado pela autora na obra. Diferença e não “deficiência”. A grande mensagem da obra é a de aceitação e incentivo. A conferir.
 
Referências:
 
Pensa num quadrinho bonito! JUN é uma lição de vida sobre os autistas | Pipoca e Nanquim 459. Youtube. 13 mar. 2022. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=O_Cj8ZJsa04&t=37s. Acesso em: 14 mar. 2022.
 
NARANJO, Marcelo. Nova graphic novel da autora de Grama e A Espera. Notícias. 17 mar. 2022. Universo HQ. Disponível em: https://universohq.com/noticias/nova-graphic-novel-da-autora-de-grama-e-a-espera/. Acesso em: 17 mar. 2022.
 
VENTURA, Larissa. Lei que pune com multa casos de discriminação contra pessoas com autismo é sancionada. Geral. 18 mar. 2022. Diário do Rio. Disponível em: https://diariodorio.com/lei-que-pune-com-multa-casos-de-discriminacao-contra-pessoas-com-autismo-e-sancionada/. Acesso em: 20 mar. 2022.
 
BRUNA, Maria Helena V. Transtorno do Espectro Autista (TEA). Doenças e Sintomas. 30 jan. 2014. Drauzio. Disponível em: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/transtorno-do-espectro-autista-tea/. Acesso em: 20 mar. 2022.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »