28/03/2022 às 18h50min - Atualizada em 28/03/2022 às 18h50min

Com brasileiros, Portugal busca vaga na Copa contra zebra

Com Otávio e Matheus, Seleção lusitana precisa passar pela Macedônia do Norte para carimbar vaga no Mundial e não repetir o que a Itália fez

Paulo Octávio
Otávio, brasileiro, celebra seu gol na vitória contra Turquia. Foto: Miguel Riopa/AFP
O mundo estará de olho no confronto entre Portugal e Macedônia do Norte, no estádio do Dragão nesta terça (29), às 15h45 (horário de Brasília; 19h45 local). É a final da repescagem europeia para Copa do Mundo e a última chance das duas seleções carimbar vaga no mundial de seleções. Quem ganhar se classifica. Se houver empate o jogo vai para a prorrogação, caso o resultado persista, a partida será decidida nos pênaltis.
 
Caso o time da casa avance, Cristiano Ronaldo terá a “última” oportunidade de conquistar o torneio, mas não pergunte isso para ele. “Começo a ver que vocês fazem a mesma pergunta. Quem vai decidir o meu futuro sou eu. Quem manda sou eu, ponto final“, afirmou irritado em coletiva após ser perguntado sobre a possibilidade de se despedir dos gramados após 2022. O jogador também pediu que a torcida jogue junto com o time: “se fizermos um inferno, tenho certeza de que vamos ganhar”.
 
Já o técnico Fernando Santos pregou pés no chão: “nada está ganho, nada está alcançado. Temos de continuar a trabalhar de forma séria e focada”, disse para a imprensa local.
 
Agora, se a Macedônia avançar, o planeta ficará espantado ao ver uma seleção de um país que tem 28 anos de existência eliminar duas fortes seleções. Na última quinta eliminou a Itália na semifinal da repescagem,  e anteriormente bateu a Alemanha na fase de grupos das Eliminatórias.
 
O estádio terá capacidade máxima e são esperadas 50 mil pessoas dispostas a empurrar Portugal para o torneio e despachar a zebra de uma vez por todas.
 
PORTUGAL
 
A equipe deve ser a mesma que bateu a Turquia por 3 a 1 na semifinal da última quinta-feira (24). Nessa partida os brasileiros Matheus Luiz e Otávio (que estava no radar do Tite), tiraram a equipe do sufoco. A seleção batia o rival por 2 a 0 (gols de Otávio e Diogo Jota), porém os turcos encostaram com Yilmaz e tiveram a chance empatar, no entanto, o mesmo Yilmaz perdeu um pênalti. No final, Matheus Luiz fez o gol da classificação.
 
Otávio começou na base do Santa Cruz e após passar pelo Internacional se transferiu para o Porto B, depois foi emprestado para o Vitória de Guimarães e voltou para os Dragões. Com a camisa do time do litoral português, ele foi bicampeão português, venceu a Taça de Portugal e duas supertaças Cândido de Oliveira. Foi convocado pela primeira vez em 2021 e cava sua posição para disputar o Mundial, caso saia vitorioso nesta terça-feira.
 
Já Matheus saiu do Brasil quando tinha 13 anos e chegou até a trabalhar na padaria da família quando jogava na base do Eriiceirense, clube da quarta divisão. Em 2018, foi para o Estoril, e depois de oito jogos foi vendido para o Sporting.
 
Portugal ficou em segundo lugar do grupo A, com 70,8% de aproveitamento. Na chave tinha Sérvia, Irlanda, Luxemburgo e Arzeibaijão. Na ultima rodada, a equipe lusitana perdeu para os sérvios em casa,  e por consequência, a chance de ter a vaga de forma direta a Copa do Mundo.
 
Provável escalação: Diogo Costa, Dalot, Danilo Pereira, José Fonte, Raphael Guerreiro, João Moutinho, Bernardo Silva, Bruno Fernandes, Otávio, Cristiano Ronaldo e Diogo Jota.
 
MACEDÔNIA
 
O time já fez história e pretende se classificar para a Copa pela primeira vez. Um dos destaques do time é o meio-campista Elijij Elmas, do Napoli.
A seleção foi a segunda colocada do grupo J das eliminatórias, com 60% de aproveitamento. O grupo era composto pela Alemanha, Islândia, Romênia, Armênia e Liechtenstein. A equipe conseguiu vaga na repescagem ao vencer a Islândia na última rodada.
 
Provável escalação: Dimitrievski, Ristovski, Velkovski, Misliu, Alioski; Ademi, Nikolov, Churlinov, Bardhi; Milan Ristovski e Trajkovski.

 
 
HISTÓRICO DOS CONFRONTOS
 
Foram dois jogos amistosos entre Portugal e Macedônia, na história do futebol. Os lusos ganharam em 2003 e empataram em 2012.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »