31/03/2022 às 10h02min - Atualizada em 31/03/2022 às 09h51min

Cano brilha no fim, Fluminense vence Flamengo e abre vantagem na final do Carioca

Argentino aproveita falhas do adversário para marcar duas vezes e colocar o tricolor carioca na frente

Felipe Sousa - Editado por: Alan Martins
Germán Cano comemora primeiro gol do Fluminense no Maracanã (Mailson Santana/Fluminense)
Em um jogo truncado e difícil, brilhou a estrela de Germán Cano, autor dos dois gols da vitória do Fluminense sobre o Flamengo no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, disputado nesta quarta-feira (30) no Maracanã. O camisa 14 tricolor não perdoou os erros defensivos do rubro-negro e marcou dois gols dentro de um intervalo de apenas dois minutos. Com a vitória por 2 a 0, o Fluminense pode perder por até um gol de diferença no jogo de volta no próximo sábado (2) que ainda assim conquistará o seu 32º estadual.

O Flamengo teve mais posse de bola e controlou a partida na maior parte do tempo, mas fracassou em furar a forte marcação do tricolor. As melhores chances do Fla foram em jogadas de bola parada ou em falhas defensivas do adversário. Por outro lado, a postura passiva do Flu irritou a torcida – a primeira chance de perigo ocorreu somente no segundo tempo, em uma finalização do meio de campo de Cano. O argentino, por sua vez, não perdoou os erros de Léo Pereira e marcou os gols que colocaram o Fluminense em vantagem na decisão.

1º TEMPO

As duas equipes foram a campo com peças novas: o técnico do Flamengo, Paulo Sousa, apostou em um ataque veloz com Vitinho e Marinho. Abel Braga, por sua vez, escalou Paulo Henrique Ganso para reter a bola no campo de ataque. Foi um começo de primeiro tempo quente, com divididas duras e arbitragem confusa.

O primeiro lance de perigo foi do Flamengo: aos oito minutos, Willian Arão desarmou André no campo de ataque; a bola sobrou para Gabi na direita, que cruzou rasteiro na direção de Vitinho. Manoel, no entanto, antecipou e afastou a bola. A tônica do primeiro tempo seguiu com o rubro-negro na busca pelos espaços na defesa do Fluminense.

Aos 26 minutos, em cobrança de escanteio, Fabrício Bruno cabeceou para fora. Poucos minutos depois, David Luiz levou perigo em cobrança de falta que passou rente à trave direita de Fábio. Novamente em bola parada, aos 32 minutos, o zagueiro flamenguista levou perigo de cabeça para defesa do goleiro tricolor. Assim como no jogo válido pela Taça Guanabara, o primeiro tempo ficou marcado por faltas duras de ambos os lados, com um destempero maior pelo lado do Flamengo: cinco jogadores receberam cartão amarelo somente na etapa inicial.

Ao fim do primeiro tempo, polêmica: William Bigode chegou a marcar, mas a jogada foi paralisada por impedimento antes mesmo do lance ser concluído. Ao apito final, muita reclamação dos dois lados contra o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães.

2º TEMPO

O panorama da etapa final foi semelhante à do primeiro tempo, com o Flamengo na pressão contra o adversário. As entradas de Arrascaeta e Pedro lançaram o Mengão ainda mais ao ataque. Aos 12 minutos, o uruguaio aproveitou uma desatenção da defesa do Fluminense e avançou em velocidade pela esquerda; após cruzamento afastado, Pedro finalizou em cima de Fábio.

Já aos 29 minutos, Willian Arão aproveitou mais uma falha na saída de bola tricolor: a bola sobra para Gabi novamente, que tocou para Arrascaeta; Fábio defendeu a finalização do camisa 14 do Flamengo. Oito minutos depois, Léo Pereira, que acabara de entrar em campo no lugar de Fabrício Bruno, é desarmado por Arias, que parte em velocidade; ele toca para Cano, que supera Filipe Luís e finaliza na saída de Hugo Souza para abrir o placar. Dois minutos depois, após uma indecisão na marcação entre Willian Arão e Léo Pereira, Calegari avançou livre pela direita e tocou para Cano ampliar o marcador.

Com o 2 a 0 no placar, o Flamengo não teve mais forças para diminuir o prejuízo. Coube ao Fluminense apenas administrar a boa vantagem no Maracanã e aguardar o apito final para comemorar a vitória.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O jogo de volta da final do Campeonato Carioca acontecerá no próximo sábado (2) às 18h, também no Maracanã. O Fluminense conquista o título mesmo com uma derrota por um gol de diferença. Caso o Flamengo devolva o placar do jogo de ida ou vença por dois gols de diferença independente do placar, a decisão será por pênaltis. Vitória do Flamengo por três gols de diferença dá ao rubro-negro o título estadual.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »