06/05/2022 às 21h13min - Atualizada em 06/05/2022 às 21h00min

Peaky Blinders termina com homenagens e dúvidas sobre o futuro da família Shelby

6ª temporada respondeu mistérios dos episódios anteriores e trouxe novos personagens

Júlia Victória - Editado por Ana Terra
Fonte: BBC/Divulgação
A sexta e última temporada de Peaky Blinders estreou no Reino Unido em fevereiro e dividiu opiniões de críticos e fãs. O desfecho da produção original da BBC solucionou os enigmas dos episódios anteriores e deixou algumas pontas soltas para o futuro da franquia.

 

Após um ano do fim das gravações, que foram adiadas por conta da pandemia, a história da família Shelby ganhou um capítulo final. O grande tom emocional e de despedida marcam o fim da série depois de 9 anos.

Fonte: BBC/Divulgação

Fonte: BBC/Divulgação

[O TEXTO A SEGUIR CONTÉM SPOILERS]

 

Voltando aos acontecimentos da 5° temporada, depois de entrar na política, Thomas conhece Oswald Mosley. Mais tarde, os Shelby descobrem as reais intenções do político, que viria a ser representante da União Britânica de Fascistas
 

Temendo os objetivos de Mosley, o primeiro-ministro Winston Churchill exige que Thomas barre a revolução a qualquer custo. Então, Tommy arma um plano para assassinar o fascista. Ele liberta o antigo companheiro de guerra Barney Thompson, que estava internado em um hospício, para ajudar a executar a missão. Mas antes que pudesse ser concluído, o esquema é revelado e um atirador misterioso mata Barney antes de que ele pudesse atacar.
 

Partindo desse ponto, o primeiro episódio começa resolvendo a dúvida: quem traiu Thomas Shelby? Várias teorias surgiram e nomes como o de Johnny Dogs e o casal Michael e Gina foram apontados como os suspeitos, mas a revelação mostrou que nenhum deles foi o responsável por atrapalhar a morte de Mosley.
 

Diferente do que muitos esperavam, o verdadeiro traidor veio da IRA, o Exército Republicano Irlandês. Ao voltar para a casa, após o fracasso da noite anterior, Tommy recebe uma ligação da Capitã Swing (Charlene McKenna) e essa revela que, além de intervir no plano, teve de “destruir a muleta que sustentava os Peaky Blinders”.

Fonte: BBC/Divulgação

Fonte: BBC/Divulgação

A “muleta” que equilibrava a gangue, e a vida da família Shelby, é Polly Gray. Essa foi a maneira que Steven Knight, o criador da série, encontrou para finalizar a história da Tia Polly. A atriz Helen McCrory, que interpretava a personagem de maneira majestosa, faleceu em abril de 2021 por conta de um câncer e não conseguiu participar das gravações. A ausência de Polly dá à trama um peso emocional diferente das outras temporadas. E não apenas isso, fica evidente a falta que Helen faz no andamento da narrativa.

Fonte: BBC/Divulgação

Fonte: BBC/Divulgação

Sem tantas cenas de ação e violência, deu atenção em mostrar como os Peaky Blinders estão se virando sem Polly e sem Thomas, que estava passando por muitos problemas familiares no momento. Nesse contexto, Ada se torna a figura central e a líder temporária da Shelby Limited Company. Com isso, ela tem que lidar com os negócios e as relações que incluem o próprio Oswald Mosley.

 

Um dos aspectos negativos desta temporada é o excesso de personagens novos que, por conta do número limitado de episódios, não foram aprofundados. Além disso, o modo como o destino de Michael foi traçado ficou a desejar. Do filho perdido de Polly e um dos homens de confiança de Thomas a traidor da própria família, um arco que não agradou a todos.
 

Contudo, a temporada rendeu ótimas atuações com Cillian Murphy se superando novamente no papel de Thomas, Natasha O'Keeffe como Lizzie Stark e também os antagonistas Sam Claflin e Amber Anderson, intérpretes de Oswald Mosley e Diana Mitford respectivamente.
 

O episódio final fechou caminhos, mas também deixou pontas soltas que, provavelmente, serão exploradas no futuro filme. Depois de ser enganado pelo seu médico, Thomas decide recomeçar e deixa todo mundo para trás. Ele vai retornar no futuro? Vai continuar tentando se vingar de Mosley?
 

O embate entre Finn, o irmão mais novo dos Shelby, e Duke, o filho perdido de Tommy, também deve ser aprofundado na próxima produção.

Fonte: BBC/Divulgação

Fonte: BBC/Divulgação

A sexta e última temporada de Peaky Blinders chega ao Brasil pela Netflix, a data prevista para estrear na plataforma é 10 de junho. O filme está em processo de produção e ainda não tem previsão de lançamento.
 

Referências

GUGLIELMELLI, Alexandre. Peaky Blinders: 10 grandes mistérios desvendados pela temporada final. Observatório do Cinema, 2022. Disponível em: https://observatoriodocinema.uol.com.br/listas/peaky-blinders-10-grandes-mistérios-desvendados-pela-temporada-final. Acesso em: 06 de maio de 2022. 

HOGAN, Michael. Peaky Blinders recap: series six finale – a thrumming, electrifying signoff. The Guardian, 2022. Disponível em: https://www.theguardian.com/tv-and-radio/2022/apr/04/peaky-blinders-recap-series-six-finale-a-thrumming-electrifying-sign-off. Acesso em: 06 de maio de 2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »