02/06/2022 às 16h39min - Atualizada em 26/05/2022 às 18h02min

O motivo do sucesso dos livros de fantasia e quais são os benefícios de ler esse gênero

Os livros de fantasia obtiveram um aumento enorme das vendas nos últimos anos por conta de uma combinação de fatores do público leitor e, felizmente, contam com vários benefícios de leitura

Ana Lara Venturini - editado por Larissa Nunes
Ilustração lúdica de um livro de fantasia. (Foto: Reprodução / Pixabay)

Uma fuga da realidade. Uma imersão em mundos fantásticos. Mundos que não são perfeitos, mas que, aparentemente, são muito mais interessantes que o seu. Esse é o principal motivo pelo qual gostamos tanto de ler livros de fantasia ou, pelo menos, o mais genérico. Mas existem muitas outras razões pelos quais lemos esse gênero e a diversãodistração contidas nesses livros contribuíram para o aumento da procura por esse gênero específico que possui também muitos benefícios.

Primeiramente, é necessário falar que o período nebuloso da pandemia fez com que a procura por livros de fantasia tenha tido um aumento considerável. Segundo dados da Nielsen, o segmento de fantasia foi o que mais cresceu no mercado editorial, com 61% de aumento no volume de vendas desde março de 2020. Escritores como Rick Riordan, autor da saga Percy Jackson, e Sarah J. Maas, autora da saga Corte de Espinhos e Rosas ou, como muitos conhecem, "Acotar", foram as principais escolhas de adolescentes e jovens confinados como uma forma de escape da sufocante realidade.


Além disso, com o sucesso do TikTok, surgiu um novo espaço na internet para falar sobre livros surgiu. O "BookTok", um nicho da plataforma destinado a leitores, viralizou uma onda de vídeos curtos e divertidos que instigam as pessoas a se interessarem pelos livros e isso fez com que impulsionassem as vendas de obras de fantasia. A literatura infantojuvenil indicada fez com que as vendas desse estilo aumentassem 42% em 2021 em relação ao ano anterior, e fez com que os livros indicados no TikTok entram em listas de mais vendidos no Brasil.

Alguns dos livros mais famosos do TikTok que são sucesso de vendas.

Alguns dos livros mais famosos do TikTok que são sucesso de vendas.

(Foto: Reprodução / G1)



Mas afinal, por que gostamos de ler fantasia?

O principal motivo é, sem dúvida, uma trégua da realidade. Os leitores querem esquecer dos problemas da vida real e desejam fugir da realidade. É uma forma de escapar da rotina, das notícias ruins que, atualmente, empilham-se em uma torre de desesperança, que se relaciona principalmente com a pandemia, ou mesmo dos problemas pessoais que todos temos.

Para ver vida real eu assisto o jornal”, brinca o escritor Eddy Samadhi ao explicar o motivo de gostar tanto do gênero fantasia.


Ler para fugir da realidade tem sido também uma forte aliada na luta contra a depressão e o sentimento de definhamento causados pela realidade atual. Enquanto a normalidade estava distante, um livro com uma história envolvente pode amenizar um pouco os sintomas de ansiedade e desespero.

Além disso, por conta dos leitores hoje serem em maioria adolescentes e jovens, os livros chamam atenção pela diversidade de personagens e por conta da representatividade que possuem. Personagens LGBTQIA+ ou pertencentes a outras minorias, são muito comuns nos livros de fantasia, e eles trabalham muito a questão de preconceitos na trama, o que contribui com a identificação do público com os personagens, e as pessoas gostam de se enxergar naquilo que estão lendo. Além do mais, as sagas protagonizadas principalmente por mulheres fortes são as queridinhas da nova geração.

Também por conta das pessoas quererem se identificar com personagens e suas trajetórias, os acontecimentos fantasiosos dos livros acabam se tornando metáforas de problemas e conquistas reais das nossas vidas reais, principalmente porque os livros trazem muitas discussões de temáticas atuais.

Ademais, é impossível não citar os “plot twists” chocantes, que são viradas de roteiro que o leitor não estava esperando, e os romances de tirar o fôlego que estão em praticamente todos os livros de fantasia, que conquistam público e são um grande atrativo para a leitura.


 

Publicação de um internauta no Twitter sobre porque gosta de livros de fantasia. (Imagem: Reprodução / Instagram)
 


 

Quais são os benefícios de ler esse genêro?

No entanto, o prazer de viajar para mundos fantásticos e esquecer nossa realidade não é o único benefício dos livros de fantasia.

A parte mais interessante da literatura de entretenimento é que, além de viajar para novos lugares e conhecer personagens incríveis, quebrando um pouco da monotonia da vida real, também é possível exercitar o nosso cérebro e estimular a criatividade.

Fazemos um exercício do nosso pensamento crítico e criativo, pois através dos olhos dos personagens dos livros, somos apresentados a diversos dilemas e problemas, alguns com os quais nos identificamos diretamente e outros que nos colocam para pensar e refletir. Esse pensamento é extremamente importante para o fortalecimento do nosso senso crítico e de empatia, que são noções muito importantes no mundo em que vivemos.


Assim, observa-se que as histórias de fantasia que vão muito além do entretenimento. Em meio a tantos elementos fantásticos e universos paralelos, há traços nessas histórias que podem ser facilmente associados aos dilemas sociais e pessoais do mundo comum no qual vivemos, então a leitura pode ir muito além da diversão e contribuir para estimular o pensamento crítico.

Lendo livros de fantasia é possível ter várias reflexões sobre assuntos sérios que expandam seus horizontes, pois exploram temas complexos como preconceito, ambição, vingança, escolhas, crescimento e caráter. São assuntos que, ao contrário da magia, poderes sobrenaturais e mundos fantásticos, estão presentes na vida real. Essas podem experiências muito enriquecedoras, pois é sempre interessante ver como os autores espelham os nossos problemas sociais em mundos completamente inventados.

Além disso, segundo o psicólogo e romancista Keith Oatley, leitores de ficção são mais aptos a formar ideias sobre as emoções e os pensamentos dos outros, podendo transferir essas experiências para a vida real. Oatley revisou um estudo sobre os benefícios da leitura para a imaginação, publicado na "Trends in Cognitive Sciences", que se baseia na capacidade da ficção de simular uma espécie de mundo social que provoca compreensão e empatia no leitor.

Quando lemos ficção, nos tornamos mais aptos a compreender as pessoas e suas intenções”, explica o psicólogo.


Além disso, o fato de a leitura ser um forte antidepressivo é comprovado. Para se ter uma ideia, desde 2013 existe uma política de saúde pública aplicada no Reino Unido chamada “biblioterapia”, que receita livros de ficção e fantasia a pacientes com doenças psiquiátricas. A iniciativa britânica pioneira se baseia em pesquisas recentes que avaliaram o papel dos livros de ficção no bem-estar dos pacientes.

Representação lúdica de como um livro pode ajudar uma pessoa.

Representação lúdica de como um livro pode ajudar uma pessoa.

(Foto: Reprodução / Woo! Magazine)


Desse modo, é visível como uma leitura prazerosa só pode nos proporcionar benefícios para o nosso cérebro e nos distrair com uma boa dose fantasia e amigos imaginários.

LEIA MAIS: 
Os livros de fantasia que conquistaram a geração z em meio a quarentena


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »