28/05/2022 às 15h40min - Atualizada em 28/05/2022 às 15h36min

Final da Liga dos Campeões vale hegemonia do Real e vingança do Liverpool

Com campanhas impressionantes, os dois times farão uma reedição da final de 2017-18, quando o time merengue se sagrou campeão

Guilherme Castro - labdicasjornalismo.com
Em Paris, Liverpool e Real Madrid decidem o campeão da Champions. Reprodução: UEFA

ÚLTIMA HORA: Jogo começou com 37 minutos de atraso devido a confusão com torcedores no Stade de France. Muitos sem ingresso pularam a cerca e invadiram o local. Segundo narrador Teo Jose (SBT) e imagens publicadas no site GE e nas redes sociais, houve uso de gás de pimenta para deter novas invasões.
Foram 60 mil torcedores do Liverpool a Paris; número maior do que o esperado.

Outras informações e a cobertura completa você terá no pós jogo e texto especial de repercussão da final no Lab dicas Jornalismo

Real Madrid
e Liverpool se enfrentam neste sábado (28) pela final da UEFA Champions League 2021-22, o jogo será disputado em Paris, no Stade de France, às 16h (horário de Brasília). Ambas as equipes tiveram caminhos difíceis até alcançarem a final. O time inglês está invicto enquanto seu rival chegou a perder para o Sheriff, da Moldávia, na fase de grupos.

Agora os
Reds buscam se redimir pela derrota na decisão da Champions 2017-18, quando foram derrotados pelo Real Madrid de Cristiano Ronaldo por 3 a 1. Porém, os Merengues não serão fáceis de derrotar. Em todas as etapas do mata-mata o clube espanhol flertou com a eliminação e realizou viradas históricas que só um time do tamanho do Real Madrid é capaz de realizar.

 

O confronto tem muito peso para ambas as equipes, para o Real o jogo é a coroação do início de uma nova era no clube, que passou por dificuldades depois da saída do maior ídolo, Cristiano Ronaldo. Para o Liverpool, o jogo mostra que eles continuam sendo um dos maiores e mais tradicionais clubes da Inglaterra, apesar de investimentos astronômicos dos outros clubes do país como Chelsea e Manchester City. A decisão tem tudo para ser uma final histórica, mostrando por que a competição europeia é a mais assistida no mundo.

O jogo é único. Em caso de empates haverá prorrogação com dois tempos de 15 minutos e se necessário os pênaltis.

 

REAL MADRID

 

A equipe comandada pelo italiano Carlo Ancelotti não tem nenhum desfalque confirmado para a decisão. O tempo de preparação para o jogo foi o suficiente para os jogadores se recuperarem e estarem disponíveis, como é o caso de Alaba, que estava lesionado mas se recuperou e já treinou junto com o elenco Merengue.

 

O Real é o clube que mais vezes ganhou a Champions League, 13 vezes no total, e tem a oportunidade de tornar essa hegemonia ainda maior na decisão diante do Liverpool. Se for vencedor, o time espanhol terá o dobro de taças do segundo colocado (o Milan tem sete). Esse também pode ser o quarto título de Champions de Ancelotti, que tem a chance de se tornar o técnico mais vezes campeão da competição, ultrapassando Zinédine Zidane e Bob Paisley, ambos com três conquistas.

 

Provável Escalação: Courtois, Carvajal, Éder Militão, Alaba e Mendy; Casemiro, Kroos e Modric; Vinícius Júnior, Valverde e Benzema.

 

Técnico: Carlo Ancelotti

 

LIVERPOOL

 

Os Reds também não terão nenhum problema com desfalques, o técnico alemão Jürgen Klopp terá o elenco inteiro à sua disposição. O jogo que decidirá o campeão da Champions também será o último do atacante senegalês Sadio Mané como jogador do Liverpool, o jogador foi sondado pelo Bayern de Munique no início do mês de maio e já comunicou ao time inglês a sua vontade de ir para o clube alemão, atual decacampeão da Bundesliga.

 

O time inglês pode se sagrar heptacampeão da competição e se tornar o segundo maior campeão da Champions, juntamente com o Milan. Se for campeão, Klopp terá seu segundo título da competição no comando do Liverpool e irá se assegurar como um dos treinadores mais consagrados da história do clube.

 

Provável Escalação: Alisson; Alexander-Arnold, Konaté, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson e Thiago; Mané, Salah e Luis Díaz.

 

Técnico: Jürgen Klopp

 

HISTÓRICO DE CONFRONTOS


Os times se enfrentaram oito vezes na história, o Real Madrid leva vantagem com quatro vitórias diante dos Reds, que por sua vez ganharam 3 confrontos. As equipes só empataram em uma oportunidade.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »