04/08/2022 às 21h45min - Atualizada em 03/06/2022 às 17h33min

Festival de Cannes: 5 looks que marcaram a história da premiação

Desde os anos 50, diversas celebridades vem marcando presença no evento trazendo roupas e acessórios cheios de personalidade

Mateus Macêdo - labdicasjornalismo.com
Foto: Reprodução/ Instagram/ @festivaldecannes

Após dois anos de espera devido à pandemia da covid-19, o Festival de Cannes, maior festival de cinema do mundo, em sua 75° edição, aconteceu na Rivieira Francesa, de 17 a 28 de maio. Ao longo desses 12 dias, o evento reuniu grandes estrelas da indústria cinematográfica e exibiu filmes – como “Top Gun: Maverick”, de Tom Cruise e a cinebiografia de Elvis Presley do diretor Baz Luhrmann. Ao todo, 21 longas disputaram o principal prêmio da mostra.

Desde sua estreia em 20 de setembro de 1946, o Festival International Du Film vem fazendo história como um dos mais emblemáticos festivais de cinema do mundo. Ao longo dos anos, diversas mudanças foram feitas, tanto no número de inscritos, aos prêmios e à criação de mostras paralelas.

Tudo isso buscando sempre aumentar o alcance do evento para influenciar o público e a indústria cinematográfica no reconhecimento do "melhor" da sétima arte. Além da premiação, o evento também é um grande momento onde as celebridades exibem seus melhores looks e muitos deles ficam marcados para sempre.

 

Confira alguns looks que ficaram marcados na história do festival:

Brigitte Bardot, 1953

Embed from Getty Images


Brigitte Bardot foi uma atriz e modelo francesa dos anos 50 e 60, foi considerada um dos cem nomes mais influentes da história da moda, pela revista Time. Seu estilo era ousado e cheio de personalidade, seus looks ousados e seu jeito despretensiosamente sensual marcaram sua carreira, deixando um legado de empoderamento, liberdade e naturalidade.

Ao longo do início dos anos 50, além de desfilar as últimas modas pelo tapete vermelho, a atriz marcou história e causou furor entre o público durante a oitava edição do Festival, em 1953.  Ela aproveitou para se divertir na praia em biquínis desenhados pelo francês Louis Réard.  O episódio acabou ajudando na popularização da peça.

 

Sofia Loren, 1955

Embed from Getty Images


Ainda na década de 50, em 1955, a atriz e cantora italiana Sophia Loren, em sua primeira aparição no tapete vermelho, se tornou uma das mulheres mais icônicas e fotografadas do festival. A atriz deixou sua marca usando um vestido longo, volumoso e tomara que caia. Com luvas escuras e estola de pele, peça que simbolizava uma era de magnetismo feminino, o vestido entrou na lista dos mais icônicos do festival e até hoje é um dos mais lembrados. 
 

Princesa Diana, 1987

Embed from Getty Images


Usando um vestido de chiffon azul de Catherine Walker, com um echarpe na mesma cor e um par de scarpins. A princesa Diana deixou sua marca no festival, em 1987. Diana parecia flutuar com o vestido enquanto passava pelo tapete vermelho. O look ficou tão famoso que foi vendido em um leilão por  81 mil libras. 


Madonna, 1991

Embed from Getty Images


Durante o Festival de Cinema de Cannes de 1991, Madonna apareceu no tapete vermelho usando roupas íntimas prateadas e um roupão de seda rosa inspirado nos anos 40, do estilista francês Jean Paul Gaultier. 

A colaboração trouxe Gaultier reconhecimento mundial. Ele havia criado o corset com sutiã de cone – agora em exibição na exposição de seu trabalho no Barbican em Londres – para a turnê mundial Blond Ambition de Madonna em 1990.

Um dos muitos looks de Madonna que fizeram história na moda, a aparição da rainha do pop chocou as multidões, deixando esse look marcado na história da premiação. 
 

Kristen Stewart, 2018

Embed from Getty Images


Após posar para cliques no tapete vermelho do Festival de Cannes de 2018, usando mini vestido da grife francesa Chanel, a atriz norte-americana Kristen Stewart tirou seus escarpins de salto alto e seguiu em frente de pés descalços, roubando a cena ao subir as escadas da luxuosa Croisette com os pés no chão.

O ato foi uma forma de repúdio porque, em 2015, atrizes que estavam de sapatilhas foram barradas de conferir a estreia do filme Carol. Thierry Frémaux, diretor artístico de Cannes, afirmou no Twitter que os rumores que dizem que o festival insiste em salto alto para as mulheres no tapete vermelho eram falsos. 

Em 2016, ela, Julia Roberts e Sasha Lane já tinham tirado os sapatos, em forma de protesto, antes de posar para os fotógrafos e entrar no local de exibição dos filmes. 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »