12/06/2022 às 22h15min - Atualizada em 12/06/2022 às 22h10min

Após as duas Ferraris abandonarem a corrida, Verstappen vence GP do Azerbaijão

Red Bull conseguiu outra dobradinha, e sua rival Ferrari teve vários problemas na corrida

Ana Carolina Gomez - Editado por: Alan Martins
Max Verstappen durante a corrida de Baku, Azerbaijão. Foto/Reprodução: Mark Thompson/Getty Images

Max Verstappen venceu o circuito de Baku, Azerbaijão, que ocorreu neste domingo (12), em uma corrida em que cinco pilotos não completaram a corrida, entre eles o seu rival no campeonato Charles Leclerc. Seu companheiro de equipe, Sergio Pérez ocupou a segunda colocação. Essa vitória é a 25ª na carreira do holandês e com isso, ele igualou os pilotos icônicos Niki Lauda e Jim Clark, em número de conquistas.

 

O grid de largada do GP foi composto por Charles Leclerc (Ferrari), Sergio Pérez (Red Bull), Max Verstappen (Red Bull), Carlos Sainz (Ferrari), George Russell (Mercedes), Pierre Gasly (AlphaTauri), Lewis Hamilton (Mercedes), Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Sebastian Vettel (Aston Martin) e Fernando Alonso (Alpine).

 

A CORRIDA

 

Sergio Pérez fez uma ótima largada, onde conseguiu assumir a primeira posição, deixando o Charles Leclerc para trás. Logo em seguida conseguiu abrir dois segundos de vantagem em relação ao monegasco da Ferrari.

 

A briga para a segunda colocação ficou entre Leclerc e o outro carro da Red Bull, o de Max Verstappen. O holandês até chegou a se aproximar, só que durante a décima volta o piloto da Ferrari foi aos boxes para trocar de pneu. George Russell, Pierre Gasly, Sebastian Vettel, Yuki Tsunoda e Lewis Hamilton também foram para os boxes.

 

Carlos Sainz, companheiro de equipe do monegasco, teve um problema hidráulico no carro e abandonou a corrida antes mesmo da décima volta.

 

Na volta 13, a briga para a nona colocação foi bastante disputada. Esteban Ocon conseguiu segurar a pressão após ser perseguido por Vettel. Porém, o alemão perdeu o controle do carro, rodou e acabou atrás do Hamilton

 

Após o erro de Vettel, chegou a vez de Hamilton tentar roubar o nono lugar de Ocon. O britânico foi se aproximando e chegou a ficar a menos de um segundo do francês. Durante a volta 18, Lewis ultrapassou o adversário.

 

Na volta 15, Verstappen abriu a asa traseira e conseguiu ultrapassar com tranquilidade seu companheiro de equipe, ocupando a primeira colocação, e chegou a abrir três segundos de vantagem.

 

Com a queda para o segundo lugar, Pérez decidiu ir para os boxes e o Leclerc, que já tinha parado, ocupou o seu lugar. 

 

Na volta 20, o carro de Leclerc começou a soltar fumaça e teve um problema no motor, consequentemente teve que abandonar o GP e a Ferrari ficou sem nenhum carro na corrida.

 

Com a saída dos pilotos da Ferrari, os carros da Red Bull seguiram na ponta com tranquilidade. Verstappen assumiu a liderança e na volta 33, estava com dez segundos de vantagem sobre Pérez.

 

A saída de Leclerc fez com que George Russell assumisse a terceira colocação. Durante a volta 34, seu companheiro de equipe, Hamilton, apareceu em quinto lugar. 

 

Hamilton decidiu ir para o box pela segunda vez, e perdeu sua posição para Tsunoda. Porém logo que voltou para a pista, não demorou para reconquistar a sua posição.

 

Pensando na quarta posição, Hamilton começou a ir atrás do Gasly e viu a distância para ele cair para menos de dez segundos durante a volta 40. E na volta 44, o britânico conseguiu ultrapassar o francês. 

 

Depois que Leclerc abandonou a corrida, o holandês liderou a corrida com muita tranquilidade até a volta final. Na volta 48, a distância de Verstappen com o Pérez era de quase 20 segundos.

 

A classificação final foi: Max Verstappen em 1°, Sergio Pérez em 2°, George Russell em 3°, Lewis Hamilton em 4°, Pierre Gasly em 5°, Sebastian Vettel em 6°, Fernando Alonso em 7°, Daniel Ricciardo em 8°, Lando Norris em 9°, Esteban Ocon em 10°, Valtteri Bottas em 11°, Alexander Albon em 12°, Yuki Tsunoda em 13°, Mick Schumacher em 14° e Nicholas Latifi em 15°. Lance Stroll, Kevin Magnussen, Zhou Guanyu, Charles Leclerc e Carlos Sainz não completaram a corrida. 

 

Próxima corrida

A próxima corrida acontecerá no domingo dia 19 de junho, no circuito Gilles Villeneuve, no Canadá. 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »