05/07/2019 às 01h30min - Atualizada em 05/07/2019 às 01h30min

Mônica no MônicaVerso – A construção de Universos da Turma da Mônica

Fernanda Simplicio - Editado por Bárbara Miranda
Reprodução - Internet
No fim do mês de junho, a Turma da Mônica lançou seu primeiro filme live-action, Turma da MônicaLaços, fruto do trabalho do diretor Daniel Rezende, inspirado na Graphic Novel Laços, de Vitor e Lu Cafaggi. O filme já alcançou – até esta publicação – a marca de 500 mil pessoas nas salas de cinema de todo do Brasil, o que é um número relativamente bom, considerando que na mesma semana o longa bateu concorrência com o clássico da Pixar, Toy Story 4.
 
Apesar de todo o sucesso do filme nacional, o que anda chamando a atenção dos internautas brasileiros não é apenas o lançamento de Laços, mas uma teoria de que exista diversos tipos de Mônicas em histórias diferentes, contando a trajetória da Mônica em diversos mundos ficcionais. Bom, a teoria defende que a mesma coisa que aconteça com os filmes da Marvel ou DC acontece com a Turma da Mônica. Essa teoria ganhou força após a publicação de uma foto da Mônica Sousa – inspiração original para a personagem – com a atriz mirim que representa a Mônica nos cinemas, Giulia Benite, junto a uma pessoa fantasiada de Mônica – das histórias em quadrinhos, presentes na pré-estreia do filme.
 
 

Reprodução - Internet.

 
Assim, os fãs da turminha passaram a reunir diversas Mônicas e inseri-las na imagem original, e contaram com a ajuda até do perfil do Twitter da Turma da Mônica para construir essa teoria.
 
 

Reprodução - Twitter
 
E ainda alguns fãs foram longe demais e convocaram as Mônicas de diversos universos para compor a imagem.
 

Reprodução - Twitter.
 
O que posso afirmar é: a Turma da Mônica é, sem sombra de dúvidas, a maior construção de universos do cenário geek brasileiro. Há 60 anos, a Maurício de Sousa Produções – empresa responsável pelos produtos licenciados da Turma da Mônica – produz um conteúdo que pode ser propagável, interessante e atual para cada geração no qual atendeu/atende. Henry Jenkins, o “pai” da Cultura da Convergência diz que primeiro, as pessoas precisam criar suas conexões e ligações de histórias em suas cabeças, para depois a produtora de mídia conseguir perpetuar. E é isso o que ocorre com os fãs da dona do coelho mais famoso do país. A Turma da Mônica, desde a sua criação, atende a demanda de uma lacuna não preenchida nas HQs tupiniquins, ela dá abertura para os fãs possam adentrar suas histórias e assim promover a expansão narrativa de cada uma delas.
 
A construção de universos da Turma da Mônica pode ser vista em seus gibis, desenhos, graphic novels, filmes, redes sociais, produtos licenciados e tantas outras formas de acesso para a narrativa. Para mostrar que realmente existe um “MônicaVerso”, listamos aqui obras ligadas a Dona da Rua e do bairro do Limoeiro que comprovam que até essa teoria já se encontra em sua versão expandida:
 
Turma da Mônica
Os quadrinhos da turminha do bairro do limoeiro podem ser considerados o primeiro universo da Mônica. É válido lembrar que no início, a turma era do Cebolinha. Sim, o Cebolinha era o personagem principal, mas como todo mundo queria uma personagem feminina – isso lá nos anos 60 -, o Maurício resolveu criar uma personagem inspirado na sua filha, Mônica, e no seu coelhinho de pelúcia, no qual nós conhecemos como Sansão e assim, ela ganhou o protagonismo e os nossos corações.
 

Reprodução - Internet.

 
Dentro deste formato, a Turma da Mônica cresceu e ganhou vários personagens, e eles estão espalhados entre quadrinhos, desenhos (cartoons), no Teatro, no cinema – a turminha já frequentou as salas de cinema do nosso país – com o filme “Turma da Mônica em Cinegibi”.


Cena do FIlme Turma da Mônica no Cine Gibi - Participação do apresentandor Luciano Huck - Reprodução: Internet.
 
Já em 2008, a MSP lançou, em parceria com a Panini, uma nova linha de HQs, que representa uma fase paralela da franquia Turma da Mônica. Foi anunciado a “Turma da Mônica Jovem”, histórias em quadrinhos em estilo mangá, contando como é a fase da adolescência de Mônica, Magali, Cebolinha, Cascão e companhia por meio de novas histórias, com aventuras diferentes das enfrentadas pelas crianças do Bairro do Limoeiro.


Gibi estilo mangá - Turma da Mônica Jovem - Reprodução: Panini.

 
Seguindo este paralelismo, encontra-se também as graphics novels da Turma da Mônica. As histórias mais carregadas de um amadurecimento da visão dos autores convidados para construção destas narrativas instigam os “eternos fãs” a acompanhar uma visão mais “amadurecida” da Turminha. Com mais desdobramentos, as histórias apresentadas nas graphics novels possibilitam explorar ainda mais essa construção de universo da Mônica. Tanto que, o filme Laços é inspirado em uma das graphics novels dos autores Vitor e Lu Cafaggi.
 
 

Reprodução - Internet.

 
Também podemos ver o Mônica Toy, um desenho voltado para o público baby, mas que conquistou o coração de todo mundo em 2013, e ele é feito para plataformas digitais, como o Youtube.
 

Turma da Mônica Toy - Reprodução - Maurício de Sousa Produções.
 
E agora, a mais recente história confirmada pela Turma da Mônica passa, realmente, em um universo paralelo. Turma da MônicaGeração 12, conta a história da Mônica, uma estudante do ensino médio que encontra um coelho falante chamado Sansão, em meio de uma situação de devastação da Terra. Enquanto cientistas buscam formas de fugir da Terra ou de combater os males que estão atingindo o planeta, o coelhinho concede à Mônica superpoderes para que ela possa ajudar nesse desafio de defender a vida de todos os moradores da Terra.
 

Reprodução - Maurício de Sousa Produções.

 
De fato, a Turma da Mônica é uma franquia que entrega uma ótima construção de universos, tornando-se referência no país. Pela linguagem, forma de contato com o público – sempre muito presente nas redes sociais – e, principalmente, consegue acompanhar as mudanças de comportamento da sociedade, fazendo das suas histórias lições sociais atuais dentro de um espectro lúdico para todas as idades.

REFERÊNCIAS:
 
CRISTALLI, S. O Mônicaverso está na sua versão expandida e não sabemos onde vai parar. 21 de jun. 2019. Disponível em:  <https://quicando.blogosfera.uol.com.br/2019/06/21/monicaverso-versao-expandida/>.Acesso em: 28 de jun. 2019.
 
MARTINS, R. Turma da Mônica: no MônicaVerso!. Legião dos Heróis. 21 de jun. 2019. Disponível em:<https://legiaodosherois.uol.com.br/2019/turma-da-monica-no-monicaverso.html>.Acesso em: 28 de jun. 2019.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »