30/06/2022 às 18h07min - Atualizada em 30/06/2022 às 18h03min

Lightyear lidera bilheteria brasileira, mas decepciona no resto do mundo

Mariana do Nascimento Franca - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Divulgação/Pixar
Para muitos, a animação Lightyear tinha tudo para se tornar o maior sucesso de lançamento da Pixar em 2022. Porém, após seu primeiro fim de semana de exibições ao redor do globo, a produção falhou em superar Jurassic World: Domínio, garantindo uma bilheteria menor do que o esperado.

A nova produção da Disney Pixar conta a história por trás do astronauta de brinquedo da famosa franquia Toy Story, em uma aventura de ficção científica em que o lendário patrulheiro espacial, Buzz Lightyear, é abandonado em um planeta hostil a 4,2 milhões de anos-luz da Terra, ao lado de sua comandante e equipe.

Apesar de Lightyear ter tido o melhor desempenho de uma animação desde o início da pandemia, com arrecadação de US$ 51 milhões na estreia nos Estados Unidos, ele também se tornou o terceiro filme da Pixar a não garantir o Número 1 nas bilheterias, assim como as animações de O Bom Dinossauro e Divertidamente.

Já no mercado internacional, a Disney registrou US$ 34,6 milhões em vendas de ingressos, o que aumentou a arrecadação mundial para US$ 85,6 milhões.
No entanto, os resultados foram abaixo do esperado, já que os especialistas em bilheteria esperavam que a produção arrecadasse entre US$ 70 milhões à US$ 85 milhões no mercado interno, já que os dois últimos filmes da franquia Toy Story, conseguiram arrecadar mais de US$ 100 milhões em vendas de ingressos, segundo dados da Comscore.
Toy Story 3 arrecadou mais de US$ 110 milhões durante sua estreia em 2010 e Toy Story 4 que foi lançado ainda em 2019 superou US$ 120 milhões em sua estreia doméstica.

Vale lembrar que a animação foi proibida em 14 países do Oriente Médio e da Ásia devido a uma cena que mostra um beijo lésbico, o que pode, em parte, ter prejudicado a bilheteria internacional.  


BILHETERIA BRASILEIRA
Enquanto isso nas bilheterias brasileiras, o reinado de Top Gun: Maverick cedeu espaço para a animação que conta a história por trás do famoso boneco de Toy Story.

Entre os dias 16 e 19 de junho, a animação se tornou o principal lançamento da semana com uma bilheteria maior de R$ 12 milhões, enquanto o longa estrelado por Tom Cruise somou R$11.5 milhões.

Fechando o Top 5 da bilheteria nacional ficaram Jurassic World: Domínio, que perdeu a liderança do ranking e caiu para a terceira posição com R$11.45 milhões, seguido de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, com R$1.08 milhão, e por fim o filme Assassino Sem Rastro, que fez pouco mais de R$284 mil.

REFERÊNCIAS:
CORDEIRO, A. "Lightyear" desbanca "Top Gun: Maverick" e lidera bilheteria brasileira. Cinebuzz. 20 de jun. de 2022. Disponível em: <https://cinebuzz.uol.com.br/noticias/cinema/lightyear-desbanca-top-gun-maverick-e-lidera-bilheteria-brasileira.phtml> Acesso em: 21 de jun. de 2022
GUGLIELMELLI, A. Lightyear fracassa na bilheteria e fãs da Pixar reagem. Observatório do cinema. 20 de jun. de 2022. Disponível em: <https://observatoriodocinema.uol.com.br/filmes/lightyear-fracassa-na-bilheteria-e-fas-da-pixar-reagem> Acesso em: 21 de jun. de 2022 
MATOS, L. “Lightyear”, da Disney Pixar, decepciona em valor de bilheteria; veja os valores. Money Times. 20 de jun. de 2022. Disponível em: <https://www.moneytimes.com.br/lightyear-da-disney-pixar-decepciona-em-valor-de-bilheteria-veja-os-valores/> Acesso em: 21 de jun. de 2022
REDAÇÃO. Lightyear voa mais alto que Top Gun: Maverick e lidera bilheteria brasileira. Omelete. 20 de jun. de 2022. Disponível em: <https://www.omelete.com.br/bilheteria-brasil/16-junho-2022> Acesso em: 21 de jun. de 2022
REDAÇÃO. Jurassic World supera Lightyear em bilheteria. Rolling Stone. 20 de jun. de 2022. Disponível em: <https://rollingstone.uol.com.br/entretenimento/jurassic-world-supera-lightyear-em-bilheteria/> Acesso em: 21 de jun. de 2022

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »