26/06/2022 às 18h58min - Atualizada em 26/06/2022 às 17h34min

Johnny Hooker faz ode ao desejo e a sofrência em novo álbum

Inspirado nos relatos do escritor argentino Tulio Carella, “Orgia” é o terceiro álbum de estúdio de Johnny Hooker

Jadson Luigi Bomfim - Revisado por Jonathan Rosa
"Orgia" chegou as plataformas digitais no dia 09 de junho. (Foto: Carlos Salles/ Divulgação).

Johnny Hooker lançou no dia 9 de junho seu terceiro álbum de estúdio, intitulado Orgia. Inspirado nas histórias reunidas no livro Orgia: Os diários de Tulio Carella, Recife, 1960, do escritor argentino, Tulio Carella. O trabalho conta com participações de Silva, CHAMELEO e Jáder.

O disco chega às plataformas digitais após o cantor explicitar em sua rede social que encerraria sua carreira. No final de maio, Johnny Hooker expôs sua frustração com o baixo desempenho que o single Cuba, vinha atingindo nas plataformas digitais. De acordo com relato do cantor, não haveria mais demanda por seu trabalho. O artista fez ainda um forte desabafo sobre os desafios de artistas da cena independente.

Em 13 faixas, Hooker passeia por temas como: amor, o sexo e o atual momento político do país. Para criar esse novo trabalho, o artista mergulhou nas histórias eróticas de Tulio Carella, escritor argentino, radicado no Recife durante os anos de 1960. Em Orgia, a capital de Pernambuco serve como pano de fundo para as histórias de amor e sofrência cantadas pelo artista.

 

A produção do álbum é assinada por Arthur Marques, Barro, DJ Thai, Felipe Puperi, Guilherme Assis, João Inácio da Silva e Tiago Bizani Abrahão e conta ainda com composições de Filipe Catto e Juliano Holanda. 

Canções

Na faixa escolhida para abrir o disco, Cap. 1 A Cidade do Desejo, em tom confessional, Johnny faz uma costura entre o seu próprio texto e trechos retirados da obra de Tulio Carella. Nhac! Também lançada como single do álbum, conta ainda com participação especial do cantor CHAMELEO e um videoclipe da música no canal do YouTube do artista. Nas faixas Nos Braços De Um Estranho e Só Pra Ser Teu Homem, as ruas do Recife servem como cenário para o sexo e o desejo cantados por Hooker.

Videoclipe oficial da música Nhac!, uma parceria entre os cantores Johnny Hooker e CHAMELEO. (Reprodução: CHAMELEO - YouTube)


Em seguida somos apresentados a envolvente e dançante Cuba. Lançada em 20 de maio, como o quarto single do álbum, é possível conferir nas plataformas digitais a versão em espanhol da canção. Em Maré, faixa composta por Juliano Holanda, Johnny se junta ao cantor Silva para cantar o amor e o desejo.
 

Larga Esse Boy é o terceiro single de Orgia, com videoclipe no YouTube e participação do artista Jáder, nesta faixa Hooker experimenta outras sonoridades como o piseiro. Composta pela cantora Filipe Catto, NSRA das Encruzilhadas é um samba que marca o momento em que o álbum retoma o fôlego, pois, é quando Hooker volta a cantar os dramas dos seus amores marginais, estilo registrado do cantor em álbuns anteriores como Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Te Amarrar, Maldito e Coração.
 

Nas faixas Abrigo e Eu Te Desafio A Me Amar, compostas pelo próprio cantor, o artista segue o seu estilo de cantar sofrência, característica presente em outros trabalhos. Em Estandarte, Johnny levanta a bandeira da resistência ao homenagear pessoas da comunidade LGBTQIAP+ que foram assassinadas como, à vereadora Marielle Franco, além de Dandara dos Santos e Matheusa.
 

O álbum termina com Vuelve, versão em espanhol da música Volta, que faz parte da trilha sonora do filme Tatuagem dirigido por Hilton Lacerda, a canção foi lançada em português no disco de estreia de Johnny Hooker Eu vou fazer uma macumba para te amarrar maldito, de 2015.
 

Em seu mais recente trabalho, Johnny Hooker apresenta parcerias incríveis, tanto nas composições que foram impecáveis como na produção musical, além de referências robustas, trazendo para o disco um resultado excelente. Orgia está disponível nas plataformas digitais e no canal do Youtube do artista têm visualizações de todas as faixas do álbum.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »