06/07/2022 às 01h20min - Atualizada em 06/07/2022 às 01h06min

Cássio brilha, e Corinthians passa para as quartas de final da Libertadores

Time paulista joga mal, mas conquista classificação heroica e pode encarar o Flamengo na próxima fase

Daniel Godoy - labdicasjornalismo.com
Cássio pega pênalti de Varela, e Corinthians cala o Boca na Argentina. Foto: Staff Images/ Conmebol
O Corinthians superou os desfalques, a Bombonera e contou com brilho de Cássio e fracasso de Bennedetto para avançar às quartas de final da Libertadores. Clube brasileiro passou nos pênaltis por 6 x 5 após empate com o Boca Juniors por 0x0, em jogo válido pelas oitavas de final. O próximo adversário do Timão será o vencedor do confronto entre Flamengo e Tolima, que ocorre nesta quarta-feira (6), às 21h30, no Maracanã. No jogo de ida, os cariocas venceram na Colômbia pelo placar de 1x0. Com isso, um empate do Mengão já é suficiente para conseguir a classificação.
 
Um jogador que teve uma péssima noite foi o atacante do Boca Juniors, Benedetto. Ele fez o centésimo jogo com a camisa do time Xeneize, porém não teve motivos para comemorar. Primeiro ele perdeu um gol incrível. O atleta estava dentro da área e isolou. Além disso, desperdiçou dois pênaltis no mesmo jogo. No primeiro tempo, mandou na trave. Já na decisão, quase mandou a bola para fora do estádio. 

A eliminação promete causar uma crise no Boca. Jornal Olé revelou que o conselheiro Riquelme não gostou do pedido do técnico Battaglia por reforços. Essa solicitação causou incômodo com a direção do clube. 

1° TEMPO

 
Pelo fato de jogar dentro do próprio estádio, o time do Boca tomou iniciativa. Aos cinco minutos, o atacante Villa recebeu na ponta esquerda e  “encheu o pé”, e o goleiro Cássio fez boa defesa. A equipe do Corinthians ficou bastante acuada durante a partida. Os  argentinos procuravam ter mais tempo com a bola no ataque, enquanto os visitantes apostavam no contra-ataque.

Aos dez, o lateral Fabra arriscou de fora da área e mandou para fora. No lance seguinte, em contra-ataque, Benedetto recebeu de Zeballos dentro da pequena área e desperdiçou uma grande oportunidade de abrir o placar. Aos 22, o zagueiro Marcos Rojo recebeu cruzamento e cabeceou nas mãos de Cássio.

 
Cinco minutos depois, após pedido do var para revisão de lance, o árbitro marcou pênalti a favor do Boca Juniors ao ver uma cotovelada do zagueiro Raúl Gustavo em cima do meia Hernandez. Na cobrança, Benedetto bateu e mandou na trave. No final do primeiro tempo, o zagueiro do Corinthians, João Victor, se machucou ao disputar a bola contra o meia Óscar Romero e teve que ser substituído pelo zagueiro Gil, que faria o corinthiano delirar no fim do jogo.

2° TEMPO 
 
Nos minutos iniciais do segundo tempo, o Corinthians teve mais um jogador lesionado: O lateral Mantuan foi disputar a bola e se machucou. O jogador da mesma posição, Giovani entrou no lugar dele. Aos 13, Benedetto recebeu pela esquerda, encobriu o goleiro Cássio e o gol também. No lance anterior, o Timão reclamou de uma falta não dada na entrada da área.

No geral, a etapa final foi pouco movimentada. O Boca Juniors mantinha a bola no campo de ataque, porém criava poucas oportunidades.

Do outro lado, a equipe do Corinthians não passava do meio-campo e não chutou ao gol durante toda a partida. O atacante Róger Guedes estava isolado no campo de ataque. Quando recebia a bola não sabia o que fazer com ela. Os argentinos mandavam a bola na área corinthiana, mas a defesa adversária afastava com muita facilidade.

Um dos destaques do Corinthians foi Gil, que substituiu João Victor ainda na etapa inicial. Ele tomou conta da defesa, tirou todas as bolas lançadas na área brasileira. Já no último lance, Óscar Romero arriscou de longe e mandou por cima da meta de Cássio.
 
DISPUTA DE PÊNALTIS 

A disputa de pênaltis foi muito emocionante. Gil acertou a sétima cobrança e classificou o Timão; o goleiro Rossi chegou a tocar na bola, mas ela entrou. Por sua vez, Cássio pegou cobranças de Villa e Ramirez; e Benedetto isolou sua batida. Já Raúl Gustavo e Bruno Melo perderam cobranças e pararam nas mãos de Rossi. 

Marcos Rojo, Romero, Varela,  Izquerdoz e Fernandez converteram as cobranças pelo lado do Boca. Pelo lado do Corinthians, Fábio Santos, Cantillo, Rony e Lucas Piton e Róger Guedes marcaram a favor do Timão

 

PRÓXIMOS JOGOS 

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h, na Neo Química Arena, partida válida pela 16ª do Campeonato Brasileiro, contra o Flamengo, que pode ser o adversário nas quartas de final da Libertadores. Já o Boca encara o San Lorenzo pela sétima rodada do Campeonato Argentino; Xeneizes estão na 11ª posição.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »