07/07/2019 às 10h35min - Atualizada em 07/07/2019 às 10h35min

Com Messi expulso, Argentina conquista 3º lugar

Na despedida do torneio continental, os hermanos levaram a melhor contra a seleção do Chile

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
Momento em que o árbitro paraguaio Mario Diaz expulsou Messi e Medel. VICTOR R. CAIVANO (AP)
A seleção argentina fatura o terceiro lugar da Copa América 2019. O triunfo ajuda Argentina a esquecer a eliminação na semi, no jogo contra o Brasil. Os hermanos dominaram o Chile a partida inteira e ganharam de 2 x 1, apesar da expulsão do craque Messi.  Aguero e Dybala fizeram os gols da albiceleste; Vidal marcou para a Roja de pênalti. Partida foi realizada neste sábado (06), na Arena Corinthians
 
1° TEMPO

Com o inicio da partida, os hermanos começaram a dominar o jogo. E aos seis minutos, Aguero chuta forte de fora da área, com perigo, e acerta a trave. A seleção argentina abriu o placar aos 11'. Messi cobra a falta rapidamente e deixa  Aguero na frente do goleiro. O atacante dribla Arias e abre o placar. Aos 19', o camisa 10 argentino chuta forte de esquerda, a bola desvia, e Arias faz defesa. O segundo gol, saiu aos 21'. Lo Celso aciona Dybala em profundidade, ele toca por cima do goleiro e amplia. Chile não consegue passar pela defesa dos argentinos. Aos 36' após confusão de Messi com Medel ambos são expulsos. Algo raro de se ver, pois esta foi a segunda vez que o craque argentino levou cartão vermelho. A primeira -- e até então única -- expulsão do Pibe foi em 2005, na sua estreia pela albiceleste contra Hungria. E assim, acaba o primeiro tempo com a Argentina na frente do Chile.

2° TEMPO

Na volta do intervalo, aos 11', o árbitro marca pênalti para os chilenos depois de uma falta de Lo Celso em cima de Vidal. O próprio meio campista converte e faz 2 x 1. A roja vai para o ataque em busca do empate. Aos 14' , Junior Fernandes recebe a bola na entrada da área, chuta de direita e Armani faz defesa. Mas a tarde não era pro Chile. Aos 26', Aránguiz lança na grande área, Vargas chega batendo de direita, e o goleiro novamente defende. A Argentina tenta ampliar o marcador. Aos 34', Aguero recebe a bola de Di María e chuta de esquerda para fora. A partida acaba em 2 x 1. 
Depois de perder duas finais seguidas para o Chile, nas edições de 2015 e 2016, os hermanos conseguem dar a volta por cima com uma boa vitória em cima da roja. A Argentina fica em terceiro lugar, e o Chile em quarto. Após uma campanha difícil, a previsão é de bom futuro para os argentinos nesse ciclo até a próxima Copa do mundo, mas de preocupação para os chilenos.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Argentina e Chile voltam a se enfrentar, desa vez em  amistoso, no dia 4 de Setembro, em Los Angeles, nos EUA. Partida visa às
 Eliminatórias para a Copa de 2022, que começam em 2020. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »