10/08/2022 às 12h25min - Atualizada em 10/08/2022 às 12h05min

Séries e filmes inspirados em livros e que estão disponíveis na Netflix

Algumas histórias são boas demais para serem acompanhadas apenas pelo streaming.

Laura Amirati - Revisado por Vanessa Kelly
Montagem com logo da Netflix e cenas de filmes. (Foto/Reprodução: Unique News Online)

Adaptações de livros em filmes, já é comum há bastante tempo. Com o sucesso crescente das séries, no formato que os streamings como a Netflix apresenta, alguns livros se tornaram inspiração também para produções mais completas de suas histórias.
Confira algumas histórias que também existem em livros e estão disponíveis na Netflix.


Heartstopper


 

Queridinha de 2022, a série narra o romance entre dois adolescentes do ensino médio. Charlie e Nick começam uma amizade improvável durante as aulas e, com o tempo e a convivência, acabam se apaixonando. A série aborda o momento de descoberta da sexualidade dos jovens.

A história começou a existir como quadrinhos publicados na internet por sua autora, Alice Oseman (@aliceosaman), posteriormente foi transformada em uma HQ e, então, na série de sucesso da Netflix.
Da sequência, são cerca de quatro livros, mas Alice tem outras histórias publicadas que também valem a pena a leitura.


De volta aos 15

 

A série brasileira, estrelada por Maisa, é inspirada no livro "De volta aos 15", da autora Bruna Vieira. Narra o drama de Anita, uma jovem adulta infeliz com o rumo que sua vida tomou, e ao voltar para sua cidade natal descobre uma forma de voltar ao passado. Durante a primeira temporada, Anita tenta consertar diversas vezes o que ela julga como errado na sua vida e na vida das pessoas ao seu redor, mas as coisas nem sempre acabam como ela espera.

Bruna Vieira (@brunavieira) é uma escritora e blogueira nascida em Leopoldina, Minas Gerais, de 28 anos. Começou a ganhar notoriedade na internet com o seu blog Depois dos 15 onde, a princípio, usava como um diário pessoal e com o tempo, o blog cresceu e novos temas começaram a ser abordados. Bruna tem outros livros publicados que também merecem atenção, além da série que logo ganhará uma nova temporada.

Maid

 


 

Outra história que conquistou corações, Maid conta a trajetória de Alex, uma jovem que vivia um relacionamento abusivo e violento com o pai de sua filha, Sean. Depois de diversas situações difíceis dentro de casa, Alex resolve fugir com a filha e consegue se manter limpando casas e morando em um abrigo para jovens vítimas de abuso.

A minissérie é inspirada no livro autobiográfico Maid: Hard Work, Low Pay and a Mother's Will to Survive de Stephanie Land, publicado em 2019 e conta com mais detalhes essa fase da vida da autora. O livro foi indicado ao prêmio Goodreads Choice Awards de Melhor Memoir & Autobiografia antes de ganhar a adaptação da Netflix.

Valéria

 

A série roda por quatro amigas, com personalidades e vidas bastante diferentes: Valéria, Lola, Carmen e Nerea. O grupo lida com os dramas da vida adulta e descobertas pessoais e profissionais, enquanto Valéria escreve sobre suas experiências em seu livro.

Os livros citados na série, escritos por Valéria, são os que inspiraram a adaptação da Netflix. En los zapatos de Valéria é o primeiro livro de uma saga escrita por Elísabet Benavent ou Beta Coqueta, como se apresenta pelas redes sociais é uma escritora espanhola de 36 anos com mais de 20 obras em seu currículo. Antes da série ir ao ar, em 2020, a autora deu uma entrevista para o Tab Uol, onde falou mais sobre a série e sua perspectiva sobre os jovens adultos espanhóis retratados na história.

Bird Box


 

O filme estreou em 2018, mas foi na pandemia em que atingiu o seu pico de sucesso. Em um cenário pós apocalíptico, a distópica história cria um terror psicológico enquanto uma mulher e seus dois filhos pequenos tentam sobreviver a uma epidemia nada convencional.

As cidades foram invadidas por criaturas capazes de levar as pessoas ao suicidio, caso essas pessoas olhassem para elas.


O livro, escrito por Josh Malerman (@joshmalerman), foi publicado pela primeira vez em 2014 e tem uma sequência chamada Malorie, que se passa 12 anos após o fim do primeiro livro. Esse segundo também ganhará uma adaptação na Netflix.

 

O menino que descobriu o vento


 

O filme conta a história do menino William Kamkwamba, nascido em Malauí, na África, que transformou o futuro da sua família ao criar um moinho de vento, capaz de gerar energia para sua casa.

O livro, que carrega o mesmo nome, foi lançado em 2009 e cinco anos depois, em 2014, o jovem foi chamado para contar sua história no
Ted Global.

A biografia de William foi escrita por Bryan Mealer, jornalista americano, que passou parte da carreira como correspondente de guerra na República Democrática do Congo.



Bônus: Stranger Things

 

O atual grande sucesso internacional da Netflix não foi inspirado em livros, pelo contrário: inspirou livros.

Com um universo complexo e recheado de referências, a série conquistou corações de pré-adolescentes a jovens adultos. Conta as aventuras de um grupo de amigos ao encontrar uma garota dotada de poderes.

Com o tempo, eles descobrem um grande organização que trabalha para manter o estudo dos poderes da garota em segredo. Além disso, o ponto maior da série é um portal para o mundo invertido, onde vivem monstros terríveis como o Demogorgon.


Dos livros que nasceram da série,o primeiro volume oficial, Raízes do Mal é o único que passa em um tempo antes da primeira temporada, nele explica como Eleven chegou ao laboratório do Doutor Brenner.

O segundo livro, nomeado de
Cidade nas Trevas, explora o passado de Hopper, o xerife de Hawkins. Em Chamas, o terceiro livro oficial, conta sobre outras crianças que viveram no laboratório do Brenner e conseguiram escapar.

Já o quarto volume é para quem sempre ficou curioso em como foi a temporada no
Acampamento de Ciências de Dustin.
Mas, antes de entrar de cabeça no universo das coisas estranhas, é necessário entender O impacto cultural de Stranger Things para o mundo do streaming e da cultura pop.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »