10/07/2019 às 18h40min - Atualizada em 10/07/2019 às 18h40min

Lewis Hamilton é o favorito para vencer em Silverstone

Confira panorama da temporada da fórmula 1 e fórmula 2

Lucas Neves - Editado por Paulo Octávio
Lewis Hamilton pilotando no circuito de Silverstone. Foto: Andrej Isakovic/AFP
Na temporada de 2019 da Fórmula 1, após o GP da Áustria, o britânico Lewis Hamilton é o líder com 197 pontos. A quinta posição na última corrida não foi capaz de tirar o atual campeão do comando do campeonato. O segundo colocado é o seu companheiro de equipe, Valtreri Bottas, com 166 pontos. Max Verstappen, que levantou o troféu no Red Bull Ring, ultrapassou Sebastian Vettel e está na terceira colocação, com 126 pontos. Na Fórmula 2, o brasileiro Sérgio Sette Câmara voltou a vencer e se encontra na terceira colocação do campeonato que leva à Fórmula 1.

FÓRMULA 1

O último GP da Áustria mostrou que a categoria mais importante do automobilismo mundial não perdeu os traços de competitividade. Max Verstappen,  piloto da Red Bull Racing, subiu no lugar mais alto no pódio na casa de sua equipe. Esse feito quebrou jejum do  motor Honda, que equipa os carros da RBR que não ganhava uma corrida desde 2006. O holandês largou na segunda posição, mas caiu para quinto na largada e fez uma corrida de recuperação, em que brigou pela vitória nas últimas voltas com Charles Leclerc, da Ferrari. Lewis Hamilton, após ficar parado um bom tempo nos boxes, terminou na quinta posição.

GP DA GRÃ-BRETANHA

A tão esperada corrida no circuito de Silverstone, que será realizada no domingo (14), às 11h (Horário de Brasília), promete fortes emoções. A Mercedes quer se recuperar da última corrida, em que teve problemas com o resfriamento dos carros devido ao ar quente e as altas temperaturas da pista. Silverstone é a "casa" do pentacampeão mundial e atual líder da competição, Lewis Hamilton, que teve a sequência de vitórias interrompida na Áustria. Lewis olha para esse grande prêmio como uma oportunidade voltar a vencer; o inglês já ganhou cinco vezes no circuito. Do grid atual, apenas Vettel (2009 e 2018) e Räikkönen (2007) ganharam lá.

Inglaterra também é a casa da  McLaren, que após anos sombrios,  volta a ser competitiva e atualmente é a quarta colocada no campeonato de construtores. No ano passado, a equipe terminou a temporada em sexto lugar; e em 2017, fechou o torneio na nona colcação. Carlos Sainz Junior, que é o piloto principal da equipe, disse: "Eu vou pilotar com as cores da McLaren aqui pela primeira vez. E como sempre, darei tudo de mim para obter o melhor resultado possível, e fazer um bom show para todos os fãs nas arquibancadas e em casa", disse em entrevista ao GrandPrix247.

A Ferrari vai tentar repetir o feito do ano passado com Sebastian Vettel, mas, se a escuderia tiver um bom ritmo, nada impede uma vitória de Leclerc em sua estreia na pista. O monegasco  já venceu no circuito na Fórmula 2 e na Fórmula 3 Europeia. Porém esse será um grande desafio. Isso porque apenas dois pilotos obtiveram a primeira vitória correndo pela F1 no circuito: Peter Revson, em 1973, e Johnny Herbert, em 1995.

FÓRMULA 2

Na Fórmula 2, Sérgio Sette Câmara triunfou na Áustria, pela Equipe DAMS. O brasileiro é o terceiro colocado do campeonato e não vencia uma corrida desde 2017. "Tinham quase dois anos que eu não ganhava. Estou muito feliz com esta vitória. Pelo segundo fim de semana seguido fomos muito competitivos. Fiz 27 pontos para o Campeonato e espero continuar nessa ascendente na próxima rodada, em Silverstone", comentou. O jovem de apenas 21 anos é especulado para estar na Fórmula 1 em 2020. Segundo o Portal UOL, Petrobras e Williams desejam fechar parceria. Mesmo sem a confirmação das duas empresas, fontes ligadas à negociação informam que a nova união visa a promoção de Sette Câmara a piloto da Williams no ano que vem.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »