28/10/2022 às 01h31min - Atualizada em 28/10/2022 às 01h31min

Sampaio Corrêa cala São Januário e estende drama do Vasco

Time maranhense perde chance de acesso após empate do Bahia com Guarani; time carioca precisa vencer o Ituano na última rodada para subir

Paulo Octávio - labdicasjornalismo.com
Coração e calculadora na mão: Sampaio celebra virada em São Januário e deixa o Vasco numa situação difícil Ronald Felipe / SCFC)

O Vasco deixou uma chance de ouro escapar pelas suas mãos. Cruzmaltino precisava de uma vitória simples em casa, na penúltima rodada da série B, para confirmar o acesso a série A nesta quinta (27). Porém, o clube levou a virada no jogo com Sampaio Corrêa com gol no último lance e perdeu por 3 a 2. O placar, além de quebrar a invencibilidade do time em São Januário, faz com que a equipe faça um jogo de vida ou morte com Ituano na última rodada. 

Cariocas param nos 59 pontos na quarta posição a dois do time de Itu, que venceu o Londrina nesta sexta. Clube do Rio depende de um empate para subir; se perder, o rubro-negro paulista conquista o acesso e aí o Cruzmaltino precisa que Sport não goleie o Vila Nova por cinco gols e de uma derrota do Bahia por três tentos ou mais de diferença. O time pernambucano ainda tem uma chance matemática, mas precisa tirar de diferença de ao menos cinco gols do quarto colocado.

O resultado até animou o Sampaio, que manteve viva chance do acesso, Mas como o Bahia empatou com Guarani, nesta sexta, a Bolívia querida não tem mais chances de conseguir uma vaga na série A. Maranhenses estão na sétima posição com 55 pontos , enquanto o tricolor, que ainda não confirmou o acesso, é o terceiro com 59. Bahia só perde a vaga se Ituano vencer e o Sport golear.

Ou seja, Ituano, Vasco, Bahia e Sport brigam por duas vagas na elite do futebol nacional. Jogos estão marcados para às 18h30 do domingo (06), mas a Rede Globo pode mudar os horários

1º TEMPO 

Jogo começou da melhor maneira possível para o Vasco. Aos três, no primeiro escanteio, Anderson Conceição subiu mais que todo mundo e abriu o placar. Parecia indício de uma noite sossegada. E logo depois, Nenê deixou Figueiredo na cara do gol, e o goleiro buscou. Tudo dava certo. Só que aos 17 minutos, Pará fez valer a lei do ex. Arrancou pela esquerda, teve espaço e bateu forte no canto direito do arqueiro Thiago.  

Com o empate, Vasco foi para cima. Nenê perdeu boa chance, mas estava impedido. A resposta foi rápida, logo na sequência, Thiago defendeu novo chute do Pará. 

Jogo ficou equilibrado e com menos chances para os dois lados. Visitantes trabalharam mais a bola, e os mandantes foram mais incisivos nos ataques. 

2º TEMPO  

Pela necessidade do resultado, o Vasco arriscou mais, só que as criações das jogadas foram atrapalhadas pela ansiedade.  Várias construções foram feitas na base do improviso e da afobação.  

Aos 15, time carioca perdeu uma chance clara. Nenê cruzou e Egnaldo sozinho errou o alvo. Até que o Sampaio aproveitou sua chance. Aos 21, virou o jogo. Poveda serviu Catatau, que tentou a finalização. Thiago defendeu com pé e no rebote, Poveda  bateu forte para o fundo da rede. 2 a 1.

Gol abalou o astral do torcedor vascaíno, e time seguiu ansioso. Aos 30, Alex Teixeira, afobado, dividiu com Matheus Inácio, que fez a defesa.  

Na sequência, os dois times sofreram com falta de  criatividade e qualidade. Ambos rondaram a área adversária e não levaram perigo. Dessa forma, o  jeito foi tentar de fora da área, o que Alex Teixeira fez aos 39. Ele deu um chute forte e colocado que passou por cima do gol.  

Após esse arremate, o goleiro demorou para ser substituído e o Sampaio valorizou. Quando tudo parecia que iria terminar mal, teve um alento. Aos 51, Andrey Santos escora cruzamento de Edimar e empata o jogo. O resultado ajudava o time, mas veio a maior ducha de água fria de 2022.  

No último lance, Joécio subiu mais que Edimar e cabeceou; a bola ainda tocou na zaga antes de entrar. O território, que prometia ser hostil para o adversário, tornou-se péssimo contra o mandante. Vários torcedores choraram, outros xingaram o técnico Jorginho e o goleiro Thiago, que para muitos falhou nos três gols. 

Foi um triste fim para uma noite que parecia especial. 

PRÓXIMOS JOGOS 

Na última rodada da série B, o Vasco pega o Ituano, no domingo (6), às 18h30, no Novelli Júnior. No mesmo dia e horário, o Sampaio encara o Londrina, no Castelão, em São Luís. O horário dos jogos pode mudar caso a Rede Globo queira transmitir as partidas na TV aberta.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »