13/11/2022 às 23h22min - Atualizada em 13/11/2022 às 23h14min

George Russell ganha sua primeira corrida no GP do Brasil

Ingleses conseguem dobradinha para Mercedes; disputa pelo vice-campeonato será decidida na última corrida da temporada

Ana Carolina Gomez - labdicasjornalismo.com
Lewis Hamilton e George Russell no pódio do GP de São Paulo — Foto: Peter Fox/Getty Images
George Russell venceu o GP de Interlagos, que ocorreu neste domingo (13). O inglês teve uma excelente largada e ganhou pela primeira vez em sua carreira. Seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, ficou na segunda colocação e deu a Mercedes sua primeira dobradinha esse ano e a primeira dobradinha inglesa depois de muitos anos. E para completar o pódio, Carlos Sainz ficou com o terceiro lugar.


A disputa para o segundo lugar do campeonato ainda é disputada entre os pilotos Sergio Pérez (Red Bull) e Charles Leclerc (Ferrari), ambos possuem a mesma pontuação e irão para a última corrida com chances de conquistar o vice. No GP do Brasil o mexicano terminou em sétimo e o monegasco, em quarto.

 

O campeão da temporada já tem dono e seu nome é Max Verstappen, que possui 429 pontos. Em seguida vem Charles Leclerc e Sergio Pérez ambos com 290 pontos, George Russell está em terceiro lugar com 265, Lewis Hamilton com 240 e Carlos Sainz com 234.

 

A Red Bull já possui o título de campeã do mundial dos construtores e tem 710 pontos; Ferrari está com 514 e a Mercedes, com 491.

 

A CORRIDA
 

George Russel fez uma largada perfeita e conseguiu manter a liderança com tranquilidade e até abriu vantagem em relação ao seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton. Russell estava concentrado em garantir sua primeira vitória na carreira. 

 

Durante a primeira volta, Daniel Ricciardo tentou ultrapassar Kevin Magnussen e tocou na traseira do dinamarquês e ambos abandonaram a corrida, o que provocou a entrada do safety car no circuito.

 

Na volta sete, Max Verstappen tentou ultrapassar e tomar a segunda posição de Lewis Hamilton, ao passar por onde não existia espaço. Os dois pilotos se tocaram, Hamilton caiu para o oitavo lugar, enquanto Verstappen perdeu alguns segundos nos boxes trocando o que foi prejudicado durante a batida. Depois, os fiscais da prova decidiram punir o piloto holandês com cinco segundos por causa da manobra.

 

Ainda na sétima volta, Lando Norris tocou no piloto da Ferrari, Charles Leclerc, e também recebeu a punição de cinco segundos.

 

Hamilton conseguiu sair da oitava colocação e chegou a liderar a corrida. Logo depois, sua equipe o chamou para ir para os boxes e voltou em quarto, atrás de Russell, Pérez e Sainz. Mais uma vez, o britânico foi ganhando posições até recuperar a vice-liderança.

 

A corrida seguiu sem emoções até o Norris parar o carro na pista e provocar a entrada do safety car. Assim, os pilotos aproveitaram para trocar os pneus. Hamilton foi para os boxes e voltou para o segundo lugar e não saiu mais dali.

 

Pérez parecia tranquilo na terceira posição, porém foi ultrapassado pelos dois pilotos da Ferrari e pela Alpine de Alonso. O mexicano caiu para a sexta colocação. A Red Bull até tentou, porém Max não concordou em permanecer em sétimo para que seu companheiro de equipe garantisse mais pontos, e no final o ultrapassou.

 

No final da corrida, Leclerc perguntou para a sua equipe se tinha alguma chance dele conseguir trocar de posição com Carlos Sainz. Porém a Ferrari respondeu que era melhor deixar do jeito que estava.

 

Após o final da corrida, Pérez, que em vários momentos ajudou Verstappen nas corridas, ironizou pelo rádio: “Obrigado por isso, rapazes, obrigado. Isso mostrou quem ele realmente é”

 

A classificação final foi George Russell em 1°, Lewis Hamilton em 2°, Carlos Sainz em 3°, Charles Leclerc em 4°, Fernando Alonso em 5°, Max Verstappen em 6°, Sergio Pérez em 7°, Esteban Ocon em 8°, Valtteri Bottas em 9°,  Lance Stroll em 10°, Sebastian Vettel 11°, Guanyu Zhou em 12°, Mick Schumacher em 13°, Pierre Gasly em 14°, Alexander Albon em 15°, Nicholas Latifi em 16°, Yuki Tsunoda em 17°. Lando Norris, Kevin Magnussen e Daniel Ricciardo não completaram a corrida.

 

PRÓXIMA CORRIDA
 

A última corrida da temporada acontecerá no domingo, dia 20, no circuito de Yas Marina, que está localizado em Abu Dhabi.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »