22/07/2019 às 08h44min - Atualizada em 22/07/2019 às 08h44min

Doação de cabelos: solidariedade e autoestima

Ação pode restaurar a felicidade de centenas de pessoas com câncer

Tatiane Sampaio
Por todo o Brasil, Instituições fazem campanhas de incentivo à doação de cabelos.(Foto: reprodução / internet)
Às vezes a vida nos prega cada peça que fica difícil escolher se entra em cena ou deixa a plateia sem ver o espetáculo. Mas, quando estamos rodeados de pessoas que nos amam e que acompanham todos os ensaios, é mais fácil, pois sempre vão estar na primeira fila para ver nossa entrada triunfal e aplaudir cada conquista.

O câncer, seja qual for a região afetada, desencadeia sensações variadas, assim como nos artistas que precisam entrar em cena, porém, cada indivíduo reage de uma maneira diferente, isto é, alguns frequentam os ensaios (etapas) tranquilamente, já outros, não tem tanta coragem assim e, por isso, o companheirismo da família e dos amigos nessas horas é extremamente fundamental, já que encoraja e dá segurança para subir ao palco da vida e concluir com êxito toda apresentação.

No entanto, é lembrado que o tratamento para erradicar a doença é bastante sacrificante na maioria dos casos, porque é necessário ingerir remédios fortes, fazer quimioterapias, radioterapias, entre outros processos. Inclusive, um dos sinais que é inevitável acontecer é a perda dos cabelos.

Devido a isso, segundo pesquisa mencionada em um artigo acadêmico na Revista de Psicanálise (2007), os sentimentos que podem ser desenvolvidos são que “os cabelos são da maior importância para os mais diferentes povos, em diferentes regiões e nas diferentes épocas. Para as pessoas submetidas à quimioterapia, a perda dos cabelos é muito difícil de ser aceita; à conscientização da perda da vitalidade soma-se a sensação de humilhação e exposição”.

SOLIDARIEDADE

Doação de cabelo ajuda a elevar a autoestima de pacientes com câncer. (Foto: Reprodução / Internet).

Entretanto, para amenizar a tristeza e elevar a autoestima, seja de crianças, adolescentes ou adultos que perderam os cabelos por causa do câncer, há instituições por todo país que fazem campanhas de incentivo para arrecadar cabelos para confeccionar perucas para serem doadas.

Em São Paulo, é realizado desde 2011 o projeto Solidariedade em Fios, em uma união com o Fundo Social do Governo do Estado (FUSSESP) e Instituto do Câncer (ICESP), cujo é ministrado na Escola de Beleza o curso Prótese Capilar e Megahair. As perucas são fabricadas com cabelos a apartir de 15 centímetros e podem conter químicas ou não.

À vista disso, de acordo com os organizadores, os interessados em fazer a doação podem comparecer pessoalmente com as mechas já cortadas na Rua Ministro Godoi, 180, bairro Perdizes ou cortá-los na hora. Ainda, se preferir, enviar por meio do Correio, acrescentando o código postal: 05015-000.

Já para os interessados em fazer o curso, é necessário ter idade acima dos 16 anos, formação em cabeleireiro e alguma noção de costura. Além da cidade paulista, é possível pessoas de todos os estados contribuirem com doação de cabelos, proporcionando mais felicidade e beleza renovada aos milhares de pacientes.

“Embora eu sempre fui sensível a essas causas, decidir doar porque minha avó já havia morrido há uns dois anos e sentia a necessidade de fazer algo pelo próximo, como maneira de lembrar da bondade dela”, relata a estudante Jaciane Lira, de 22 anos, do estado do Pernambuco.

Na época, Jaciane conta que tinha 17 anos e seu cabelo sempre foi comprido, mas não sabia como doar na sua cidade. Então, a decisão veio logo após assistir um programa de TV que falava de uma ONG na cidade de São Paulo que arrecadava cabelos para crianças com câncer.

Apesar de ainda existir um número elevado de casos no território nacional e internacional, Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), o Brasil tem uma consolidação significativa na vigilância e informação sobre o câncer, sendo bastante satisfatória em relação ao cenário mundial.

Seja solidário, ajude a causa:
Proncipais Instituições para doar cabelo:
- Hospital do Cancer de Pernambuco: (81) 3217-8236
- GAC Pernambuco: (81) 99879-2801 (81) 98517-2498 (81) 3423-7633
- Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer da Paraíba: (83) 3241-5373
- Hospital Felicio Rocho de Minas Gerais: Rua Aimorés, 3580 – bairro: Barro Preto, das 8h às 17h30.
- Hospital do Câncer de Mato Grosso: (65) 3648-7567 | 3648-7544 ou di@hcancer.com.br
 - Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília: (61) 3315-1278 e 3364-5467, ou pelo e-mail: rede@redefemininabrasilia.org.br
- NASPEC – Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer da Bahia: (71) 3261-0643/3261-6415. Rua Padre Luiz Figueira, 50 - Fim da Linha do Engenho Velho de Brotas – CEP40243-055
- Hospital da Criança Santo Antônio de Porto Alegre (Av. Independência, 155, Centro Histórico
- ONG Força na Peruca de Rondônia: (69) 3322-3224/3321-7175
- Instituto do Câncer do Ceará: (85) 3288-4466

Editado por Alinne Morais

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »