Lab Dicas Jornalismo Publicidade 728x90
04/06/2024 às 02h42min - Atualizada em 04/06/2024 às 02h42min

Real conquista Champions, e Vini Junior encosta no título de melhor do mundo

Time espanhol vê Borussia ter melhores chances no primeiro tempo, mas, com paciência, supera adversidades e com brilho brasileiro para celebrar seu 15º título europeu

Paulo Octavio
Vini Jr se torna primeiro brasileiro a marcar dois gols em duas finais de Champions. Foto: Carl Recine/Reuters
O Real Madrid sofreu, mas venceu o Borussia Dortmund e conquistou sua 15ª taça da Champions League. Carvajal e Vinicius Junior fizeram os gols da vitória no estádio Wembley, em Londres. Título consolida ainda mais a hegemonia do Merengues. Eles têm mais que o dobro de taças do segundo colocado, o Milan , com sete.

O triunfo garante ao time espanhol uma premiação total de  € 78,6 milhões (R$ 442 milhões na cotação atual). Já o vice-campeão fica com € 15,5 milhões (R$ 87 milhões).

Foi uma temporada de provações para o time espanhol, Equipe flertou com eliminação contra o Manchester City (quando passou nos pênaltis), Bayern de Munique (confronto com polêmicas de arbitragem) e correu sério risco contra o Dortmund. Adversário da final chegou a ter duas excelentes oportunidades para abrir o placar, só que desperdiçou e tomou castigo. Devido a todas essas dificuldades, o técnico Carlo Ancelotti deixou modéstia de lado e elogiou o seu trabalho. "Muitas vezes vocês (imprensa) me pedem uma nota para o trabalho. Eu ganho um 10 desta vez. Esta temporada é uma temporada de nota 10, porque lidamos muito bem com ela e meus jogadores têm sido fantásticos", reiterou na coletiva.

Já  Edin Terzić, técnico alemão, elogiou o rival. "Hoje descobrimos porque o Real Madrid é 15 vezes campeão. Eficiência, que era o que nos faltava. Parabéns a eles, são os verdadeiros campeões" disse, em entrevista pós-jogo da decisão da Liga dos Campeões.

Com a conquista e o gol da decisão, Vini Junior está perto de ficar com a bola de ouro e o título de melhor jogador do mundo. Última vez que um brasileiro almejou essa marca foi o Kaká em 2007. 

Título consolida a importância dos jogadores do Brasil para equipes europeias. Borussia poderia ser o primeiro campeão da Champions sem um atleta nascido em solo brasileiro desde 2005, mas não conseguiu.

Agora, Real conquista vagas na Recopa Europeia contra o Atalanta e na final do Mundial de 2024, que terá novo formato. O campeão da Libertadores pega o Pachuca  (campeão da Concacaf) -- confronto no México ou no país do vencedor da América do Sul. O vencedor desse embate encara o vencedor dos embates entre Al Ain (campeão da Àsia), Al Ahly  (campeão da África)  e Auckland City (campeão da Oceania). Desses confrontos sai o rival do Madrid na decisão do novo Intercontinental, que será no dia 18 de dezembro em local a ser definido. Esse torneio será disputado nos intervalos do Supermundial.

1º TEMPO

Borussia surpreendeu quem esperava um time defensivo e que só iria apostar em contra-ataques. Os alemães tiveram o controle do jogo, conseguiram oito finalizações e por muito pouco não abriram o placar. Aos 20 minutos, Adeyemi recebeu  de Schlotterbeck, passou por Courtois, mas perdeu o tempo da bola. Três minutos depois, Füllkrug acertou a trave do goleiro belga. E aos 27,  Adeyemi testou Courtois, que fez uma boa defesa. Ao todo, foram oito finalizações do Borussia contra apenas duas do Real Madrid. Merengues foram ao intervalo ciente que deveria ter uma outra postura se quisesse ser campeão

2º TEMPO

Real começou a equilibrar as ações e ter mais a posse de bola. Com paciência, começou a construir suas jogadas efetivas até o lance capital. Aos 28, Kroos, que se despediu do clube, bateu escanteio na cabeça do Carvajal. O lateral venceu a barreira alemã e abriu o placar. Mais à vontade, Madrid matou o jogo nove minutos depois. Em uma saída errada, Bellingham recuperou e acionou Vini Junior. O brasileiro bateu na saída do goleiro para marcar seu segundo gol em decisões continentais -- ele deixara sua marca em Paris na decisão de 2022 contra o Liverpool..

Borussia  descontou com Füllkrug, problema é que Haller, autor do cruzamento, estava impedido.

PRÓXIMOS JOGOS

Equipes voltam a campo para amistosos de pré-temporada. Borussia pega o Alemannia Aachen no dia 12 de julho. Já o Real encara o Milan, no dia 31 de julho, em Chicago (EUA) Haverá expectativa para saber se Mbappé e Endrick podem ser testados no time titular e como será o novo ataque dos Merengues.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »