05/09/2019 às 14h25min - Atualizada em 05/09/2019 às 14h25min

Internacional é finalista e fará a decisão no Beira-Rio

Guerrero brilha com dois gols, e os colorados vencem o Cruzeiro por 3 x 0

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
TWITTER/REPRODUÇÃO
O Internacional ganhou novamente do Cruzeiro, por 3 a 0, no Beira-Rio, nesta quarta-feira (04), pelo jogo de volta das semifinais de Copa do Brasil 2019. Guerrero marcou dois, e lateral Edenílson fechou o placar. Agora colorado enfrenta o Athletico-PR na final. As partidas decisivas serão nas duas proximas quartas feiras com dois jogos às 21h30. Finalíssima será em Porto Alegre. O campeão levará 64 milhões de reais em prêmios.

PRIMEIRO TEMPO
No inicio da partida, o primeiro lance real foi com o Internacional. Após a saída errada da raposa, o zagueiro Dedé travou o chute do atacante Guerrero, e Henrique afastou o rebote de Edenílson. O time do Cruzeiro respondeu com o Pedro Rocha. Ele recebeu pela direita e finalizou rasteiro para a grande defesa do goleiro Lomba. No rebote, David teve a chance, mas a bola foi para fora. A raposa continou atacando. Aos 3’, Marquinhos Gabriel cobrou a falta na entrada da área, Dedé subiu mais que a defesa, mas cabeceou mascado por cima do gol dos colorados. Aos 5’, Nico López aproveitou o corte de Jadson e finalizou de perna esquerda, mas desperdiçou. Aos 15’, Victor Cuesta, no campo de ataque, finalizou de canhota e a bola passou muito perto do gol de Fábio.

Aos 32’, Marquinhos Gabriel avançou pelo meio e foi travado pelo zagueiro Cuesta. A bola sobra para Thiago Neves, que finalizou de canhota e buscou o ângulo, entretanto errou o alvo. Aos 39’, Dedé erra passe na saída de bola. Nico López aproveitou e cruzou para D’Alessandro, que dominou sem ângulo e acionou Guerrero, que aproveitou, e de cabeça abriu o placar. Aos 42’, Marquinhos Gabriel ficou com a sobra no meio, finalizou no canto direito de Lomba, que espalmou. O primeiro tempo acabou com o Internacional vencendo no agregado por dois a zero. E o Cruzeiro obrigado a fazer dois gols para levar para as penalidades.

SEGUNDO TEMPO
Na volta da partida, aos 4', o time gaúcho quase ampliou o placar. Nico López entrou na área, mas o zagueiro Henrique desarmou o atacante uruguaio, que ficaria na cara de Fábio. Aos 8’, Patrick deu uma caneta em Fabrício Bruno, limpou para a direita e finalizou forte para fora da rede. Aos 9’, o time da raposa erra o passe mais uma vez na saída de bola, e Guerreiro toca para Nico na esquerda. O uruguaio desconcerta pra cima de Henrique, limpa para a esquerda e bate para a defesa do goleiro cruzeirense.

Aos 24’, Nico recebeu na área, dominou e lançou para o peruano Guerrero, que matou a bola no peito e finalizou no ângulo sem chances para o goleiro Fábio. Aos 45’, Victor Cuesta, lançou para Edenílson, que na entrada da área, tocou por cobertura  e sacramentou a classificação para a final da Copa do Brasil. Após dez anos, Internacional vai para a sua terceira final da competição e busca seu segundo título na competição. Seu adversário será o Athletico-PR, que eliminou o Grêmio. Torcida colorada vibrou com a eliminação do tricolor -- partida do furacão foi antes do jogo de Porto Alegre -- em pleno Beira-Rio,

PRÓXIMOS CONFRONTOS
No sábado, o Colorado recebe o São Paulo, às 19h (de Brasília), no Beira-Rio, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Cruzeiro fará o "jogo dos eliminados" contra  o Grêmio, às 11h, no Mineirão.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »