05/09/2019 às 17h28min - Atualizada em 05/09/2019 às 17h28min

Filmes para você assistir no feriado da Independência do Brasil

Filmes para curtir no final de semana

Pedro Dias - Editado por Igor Cartiê
Arte/site: Soda Pop
O feriado da Independência do Brasil é considerado um dos respeitáveis e mais aguardados feriados por muitos brasileiros. Afinal, é o dia que podemos chamar de “O Dia do Patriota”. Independente do posicionamento político, precisamos ter o orgulho do nosso país. Os governos mudam, mas o que realmente muda é a sua atitude em relação ao próximo. Somos o maior país da América do Sul e temos uma diversidade enorme de culturas, religiões, comidas típicas. Afinal, não é vergonhoso você ser patriota e ter orgulho do seu país. Não confunda patriotismo com nacionalismo, são termos diferentes e com significados totalmente diferentes.
 
Fonte: BBC

E como todo bom feriado que surge, é preciso aproveitar ou descansar o suficiente para recompor novas energias para uma nova semana que está vindo pela frente. E para quem opta por ficar em casa assistindo um bom filme, vamos sugerir alguns filmes relacionados ao feriado do dia 7 de setembro. Vamos conferir?
 

Polícia Federal – A Lei é para todos (2017)

Fonte: Telecine Play
 
O início de uma longa investigação ao combate à corrupção estava prestes a surgir. Aclamado pela crítica e odiado por muitos, principalmente por pessoas ligadas diretamente com alguns partidos políticos brasileiros, o longa-metragem mostra sobre as primeiras fases da Operação Lava Jato.
 
Produzido em 2017, o filme “Polícia Federal – A Lei é para todos” foi considerado o filme com maior número de ingressos vendidos no Brasil em 2017. De acordo com O Globo, o filme vendeu 1,2 milhão de ingressos nos cinemas brasileiros. O orçamento da produção foi estimado em R$ 16 milhões e sendo superado com a renda acumulado em R$ 19 milhões.
 

Em Nome da Lei (2016)

Fonte: Gaúcha ZH 

Baseado em uma história real, o longa-metragem conta trechos resumidos da vida do Juiz Federal, Odilon Oliveira, responsável pela condenação de 200 traficantes e por confiscar cerca de R$ 2 bilhões em dinheiro sujo. Além disso, serviu como consultor durante a produção do filme e também inspirou a criação do personagem Vitor, personagem interpretado por Mateus Solano.
 
No filme, o Juiz Federal Vitor chega em uma cidade da fronteira com o Paraguai e está disposto a combater o contrabando e o tráfico de drogas sob o comando de traficante Gomez. O Juiz Vitor precisa ter cautela para essa investigação, já que o seu oponente Gomez tem aliados poderosos, incluindo Desembargadores que são contra o Juiz.
 

Operações Especiais (2015)

Fonte: Adoro Cinema

A honestidade e a confiança são os requisitos principais para o trabalho em equipe. No filme, um grupo de policiais precisa combater o aumento da criminalidade em uma cidade no interior do Rio de Janeiro. O governo convoca uma equipe especial e íntegra, entre os agentes selecionados, Francis é uma investigadora novata que precisa provar que ela é capaz de realizar o seu trabalho. Conforme a equipe soluciona os casos, o grupo de policiais sofrem boicotes e pressões por parte da população, do governo e da imprensa local.
 

Real – O plano por trás da história (2017)

Fonte: Exame 

Em meio ao caos econômico que não surtiram efeitos positivos para o Brasil em 1993, o país é levado à hiperinflação. Uma equipe específica de economistas é chamada para refazer o Estado. Visando em reformar as mediadas econômicas e estabilização da economia brasileira. Gustavo Franco é crítico da política econômica adotada pelo governo brasileiro dos últimos anos e que resultaram na hiperinflação. Contra medidas com cunho social, Gustavo tem como objetivo criar uma moeda que traz a dignidade dos brasileiros.
 
 

Independência ou Morte (1972)

 
Com o lançamento em 2 de setembro de 1972, o longa-metragem começa no dia da abdicação de D. Pedro I. Porém, o filme volta no tempo para fazer uma linhagem do perfil do monarca desde da sua chegada da Europa. Enquanto D. Pedro I era criança e a sua família escapava das tropas de Napoleão Bonaparte.
 
 

O Processo (2018)

Fonte: Observatório da Imprensa 
 
Produzido pela cineasta Maria Ramos, o documentário “O Processo” acompanha a crise política em Brasília que foi instaurada desde 2013. Sem nenhuma abordagem direta por parte da documentarista, Maria Ramos ficou meses no Planalto e no Congresso Nacional registrando cenas das votações e das discussões que resultaram na cassação do mandato da ex-presidente Dilma Rousseff. O longa-metragem foi premiado como o melhor documentário de 2018 no Festival Internacional de Cinema de Berlim.   
 
Entre outras produções brasileiras, acreditamos que estes filmes são essenciais para garantir que você tenha uma boa experiência de vivenciar e aproveitar o seu feriado ao máximo.
E aí? Ficou faltando algum filme ou documentário que você gostaria que fosse dito na matéria? Pretende assistir algum filme no feriado do dia 7 de setembro? Conte-nos!
 
 
 
 
Referências:

Polícia Federal se torna a maior bilheteria nacional de 2017. 2017. Acessado em 05, setembro, 2019. Disponível em <https://oglobo.globo.com/cultura/filmes/policia-federal-se-torna-maior-bilheteria-nacional-de-2017-21903444>

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »