14/09/2019 às 22h29min - Atualizada em 14/09/2019 às 22h29min

Samuel Eto’o anuncia aposentadoria aos 38 anos

Velocidade e grande faro de gol eram as características do atacante

Carlos Augusto dos Santos - Editado por Paulo Octávio
Imagem: Getty Images
Após 22 anos de carreira, Samuel Eto’o, 38, anunciou que vai pendurar as chuteiras. O comunicado foi feito através de um post no Instagram do agora ex-jogador. “O final. Rumo a um novo desafio. Obrigado a todos vocês. Grande amor. Adrenalina” escreveu. O atacante brilhou com as camisas de Barcelona, Inter de Milão e foi o maior artilheiro da história da Seleção de Camarões.  Para muitos, Samuel é considerado um os melhores jogadores africanos de todos os tempos.

Nascido em Duola, Camaroes, Samuel Eto’o Fils, começou sua jornada no futebol em 1997 no Real Madrid Castilla. Por ser menor de idade ele não pôde atuar pela equipe principal dos merengues. Devido a esse empecilho, foi emprestado ao Leganes em 1997/1998 e depois para o Espanyol, em 1999. A carreira do camaronês decolou rumo ao estrelato quando foi contratado pelo Mallorca  por 4,4 milhões de Libras. Nesse clube, o atacante mostrou ao mundo o seu talento com a bola: em quatro anos, ele atuou em  176 partidas, fez 70 gols e se tornou o maior goleador da história dos Ensaimadas Mecânica.  Em 2002, foi campeão da Copa do Rei e fez dois gols na final. Posteriormente foi negociado com o Barcelona por 24 milhões de euros.

Na Catalunha, Eto’o viveu os melhores anos de sua carreira. Ao lado de estrelas como Ronaldinho Gaúcho, Henry,  Deco e Messi, conquistou três La Liga, duas Supercopas da Espanha, uma Copa do Rei e duas Liga dos Campeões. Na final Europeia da temporada 2005/2006, o atacante foi eleito melhor jogador da final contra o Arsenal. Já na decisão da UCL de 2008/2009 marcou um dos gols da vitória por 2 a 0 diante do Manchester United. As grandes exibições com a camisa do Barcelona fizeram com que Eto’o fosse indicação ao premio de melhor jogador do mundo pela FIFA em 2005, mas ele acabou na terceira colocação. No ano de 2009, o Barcelona concretizou uma negociação com a Inter de Milão, em que os catalães dariam 46 milhões de euros mais Eto’o e em troca receberia Ibrahimovic.


Ronaldinho Gaucho, Messi e Eto'o juntos no Barcelona  -  Foto: Getty Images

Na Itália, sob o comando do treinador José Mourinho, o atacante se reinventou e atuou até de meia esquerda. O atleta fez uma exuberante temporada com as conquistas da tríplice coroa com Taça da Itália, Campeonato Italiano e Liga dos Campeões após um jejum de 45 anos do time. Em 2010/2011, ele  ainda seria campão da Supercopa da Italia e faria os dois gols na decisão contra a Roma. Depois da Internazionale, o atacante não obteve mais grande destaque e perambulou por diversos clubes ao redor do mundo como Anzhi (Russia), Chelsea e Everton  (Inglaterra), Sampdoria  (Itália), Antalyaspor e Konyaspor (Turquia) e o Qatar SC, este foi o seu ultimo clube antes da aposentadoria.

Pela Seleção de Camarões, Samuel Eto’o jogou por 17 anos. Nesse período, ele se tornou o maior artilheiro da história dos Leões Indomáveis, com 56 gols. E ainda disputou as Copas de 2010 e 2014. Mas seus grandes títulos com a camisa camaronesa foram às conquistas das duas Copas das Nações Africana (2000 e 2002) e a medalha de ouro no futebol nos Jogos Olímpicos de 2000 na Austrália.

 

Titulos por Clubes

Mallorca

Copa do Rei - 2002/2003

Barcelona
La Liga - 2004/2005, 2005/2006 e 200/2009
Liga dos Campeões - 2005/2006 e 2008/2009
Supercopa da Espanha - 2005 e 2006
Copa do Rei - 2008/2009

 
Internazionale de Milão
Campeonato Italiano - 2009/2010
Liga dos Campeões - 2009/20010
Supercopa da Itália - 2010
Copa da Itália - 2009/20010 e 2010/2011
Mundial de Clubes - 2010


Seleção de Camarões
Olimpíadas - 2000
Copa das Nações Africanas - 2000 e 2002


Prêmios individuais
Jogador Jovem Africano do Ano - 2000
Futebolista Africano do ano - 2003, 2004, 2005, 2010
ESM Equipa do Ano - 2004-05, 2005-06, 2008-09, 2010-11
Time da UEFA - 2005, 2006
Terceiro melhor jogador do mundo FIFA - 2005 
Melhor atacnte da Liga dos Campeões - 2005/2006 
Liga dos Campeões da UEFA - Final Homem do jogo - 2006
Bola de Ouro Mundial de Clubes - 2010 
Premio Golden Foot - 2015 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »