19/09/2019 às 11h26min - Atualizada em 19/09/2019 às 11h26min

Athletico-PR vence o Internacional e fatura título inédito da Copa do Brasil

A equipe ainda garantiu vaga na Libertadores do ano que vem e um prêmio de R$ 52 milhões

Luiz Eduardo - Editado por Paulo Octávio
foto: BP Filmes
Depois de perder o título em 2013, o Athletico Paranaense conquistou na noite de quarta-feira (18) o troféu da Copa do Brasil diante da equipe do Internacional no Estádio Beira-Rio. Os visitantes inauguraram o marcador com Léo Cittadini, depois gaúchos empataram com Nico López, e nos acréscimos, Rony deu números finais a partida, garantiu  a vitória e o título para o furacão, que acabou se tornando o 12° time a vencer o torneio. Com o primeiro triunfo, o rubro-negro confirma presença na Taça Libertadores de 2020, na primeira edição da Supercopa do Brasil no ano que vem -- seu adversário será o campeão brasileiro da série A -- e uma premiação equivalente a R$ 52 milhões.
 
1° TEMPO
A primeira chance foi logo no primeiro minuto. Wellington Silva faz o cruzamento na área, Paolo Guerrero alinha de cabeça e Nico López fica na cara do gol, e manda um chute forte para a defesa de Santos. Aos 15’, Bruno tenta realizar uma troca de passe com Patrick, mas ele perde a bola. Quatro minutos depois, Wellington Silva faz ótima jogada individual e aciona Guerrero na pequena área. O camisa 9 manda para Nico, que cruza a jogada. Patrick chega a cabecear, mas lança para fora. O gol só saiu aos 23’ depois que Marco Ruben toca para  Léo Cittadini,  que recebe em posição legal e abre o placar a favor dos atleticanos. Passados sete minutos, os donos da casa empatam com Nico López. Após uma confusão na grande área, Rodrigo Lindoso cabeceia no travessão e no rebote o argentino manda para rede. Nos acréscimos, Patrick aparece pela esquerda, e quase balança as redes a favor do colorado.
 
2° TEMPO
Em busca de uma reviravolta, o Internacional começa aos oito minutos com uma cobrança de falta do Rafael Sóbis, que resulta na defesa do Santos. Aos 14’, Wellington Silva recebe de Uendel na esquerda, faz jogada individual, entretanto, não balança as redes. Após dez minutos, Sóbis bate falta na área e a defesa do furacão afasta. Na sobra, Silva chuta para o gol e manda por cima. No momento em que o cronômetro marcava 30’, Rony cruza pela esquerda e Cirino vem para tocar de cabeça. A bola passa raspando a trave. Aos 51’, Marcelo Cirino recebeu de Bruno Guimarães na ponta esquerda, logo depois, ele dribla Edenílson,  passa por Lindoso e  toca pro Rony dentro da área para determinar o título de campeão ao Athletico.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
Agora as atenções das duas esquadras se voltam ao Campeonato Brasileiro. Pela 20ª rodada, o Inter recebe a Chapecoense no domingo (22) às 11h em Porto Alegre. Enquanto o Athletico Paranaense viaja até o Rio de Janeiro e irá encarar o Vasco da Gama no mesmo dia, só que às 16h.
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »