25/09/2019 às 03h33min - Atualizada em 30/09/2019 às 09h20min

Remakes no Cinema

As refilmagens servem para dar um rosto novo a clássicos do cinema que são aclamados, mas esquecidos pelo público por serem muito antigos

Jonathan Rosa - Editado por Milena Iannantuoni

Muitas vezes, é difícil para os diretores de cinema criar algo que tenha o impacto e o padrão de qualidade dos clássicos de cada gênero e época. Filmes que ficaram para sempre na história do audiovisual são vistos posteriormente como um padrão mínimo de qualidade na elaboração de novos títulos, segundo cineastas do mundo todo.

Satisfazer estes requerimentos ou superá-los é uma tarefa árdua, por isso pode ser mais vantajoso para algumas produçõestrabalhar diretamente em cima deste padrão de qualidade, melhorando aspectos específicos, ao atualizar alguns detalhes enquanto outros são mantidos.

Este processo de “reciclagem” de ideias  que são apenas adaptadas para uma nova época ou audiência é o que se popularizou como remake. Isso funciona ainda como uma forma de chamar o bom e velho público nostálgico novamente ao cinema, e, é claro, aumentar a renda arrecadada em bilheteria.

Contudo a cada ano que se passa o número de remakes aumentam bruscamente nas telonas. De acordo com um levantamento feito pelo site Esquina da Cultura, aproximadamente 18% dos filmes que chegaram aos cinemas em 2017 foram rebootsremakes ou sequências de grandes franquias 3% a mais do que em 2013. O que significa que 82 filmes dos 450 lançamentos naquele ano não foram obras originais.

Existem tantos longas regravados que grande parte do público médio os vê como totalmente originais. Na premiação do Oscar estes filmes entram na categoria de Roteiro adaptado junto com livros, contos, memórias e até bastidores de Hollywood que serviram de inspiração para muitos dos filmes aclamados pelos espectadores.
 
 ALGUNS FILMES QUE POUCA GENTE SABE QUE SÃO REMAKES:
 


FONTE: Imagem 1: Divulgação Warner Bros; Imagem 2: Divulgação Warner Bros; IMAGEM 3: Divulgação Warner Bros/ Montagem: Jonathan Rosa

A casa de Cera” (2015) – É uma regravação do filme “Museu de Cera” (1953) que em si já é um remake do longa “O mistério do museu de Cera” (1933).
A melhor avaliação no Rotten Tomatoes fica com a produção de 53, que alcança 95% de aprovação dos críticos, porém com datas tão distantes e número de público muito distante, a comparação
é um tanto quanto desigual. O filme prodzido em 2015 ficou com apenas 26% no Rotten e  foi o mais mal avaliado das três versões.


 


FONTE: IMAGEM 1: Herbert Richers distribuição; IMAGEM 2: Divulgação Universal Pictures/  Montagem:Jonathan Rosa.


O Professor Aloprado” (1996) – Esse clássico dos anos 90 é um remake do filme de homônimo de 1963, pelo conhecido Jerry Lewis, tido por muitos como o “Rei da Comédia”. O ator Eddie Murphy reviveu o personagem de Jerry na tela grande, porem esse é outro exemplo de um filme que não fez tanto sucesso quanto a obra original. No Rotten a nota da refilmagem é de 64%, contra 85% do longa de 63. Eddie também adaptou o “Dr. Dolittle” (1998) da obra de mesmo nome produzida originalmente em 1967. Segundo a crítica, neste caso nem uma das duas versões agradou muita gente, 


 


Fonte: Montagem BOL / produção

Golpe Baixo” (2005) – O longa com Adam Sandler no papel principal é refilmagem do filme de 1974. A comédia de 2005 agradou razoavelmente o público, porém desagradou a crítica. Já a obra original caiu nas graças de ambos e mantém uma média de 81% no Rotten Tomatoes.  


Fonte: Montagem/ Porra, Man!

Madrugada dos Mortos” (2004) – Um clássico do terror sanguinolenta, reproduzido pelo diretor de “Mulher Maravilha”, Zack Snyder no começo dos anos 2000, é uma obra-prima, segundo a crítica especializada. Mas ainda assim não é tão bem avaliado quanto o original de mesmo título desenvolvido em 1978, a obra dirigida e escrita por George A. Romero, conhecido por seus filmes com temática de horror, conta com nada menos que 93% de aprovação no Rotten.

 

 


FONTE: IMAGEM 1: Divulgação warner bros; IMAGEM 2: Divulgação Road Movies/ Montagem: Jonathan Rosa.

Cidade dos Anjos” (1989) – Esse aclamado romance com Nicolas Cage no papel principal, arrecadou quase 200 milhões de dólares em bilheteria no final dos anos 80. A inspiração é de um longa alemão “Asas do Desejo” (1987). O filme original está com 98% da crítica e conta com 94% do público ao favor, enquanto a adaptação conseguiu 58% e 82% respectivamente no Rotten, mas nenhuma das obras é insuficiente.


FONTE: IMAGEM 1: Divulgação Sony Pictures; IMAGEM 2: Divulgação Fox Filmes/ Montagem: Jonathan Rosa.

Carrie, A estranha” (2013) – O filme do cineasta Kimberly Peirce é um remake da obra clássica baseada em um romance de Stephen King. “Carrie” de 1976 do diretor Brian De Palma. Ao contrário do original a refilmagem nem de longe agradou os fãs do gênero, e segundo críticos do cinema por vezes lembra uma comédia. O longa com 50% de aprovação da critica e 44% do público, já o longa de 76 tem 94% de aprovação.
 
 
REFILMAGENS MAIS FAMOSAS QUE AS OBRAS ORIGINAIS:

 

FONTE: Imagem 1: Cena de Onze homens e um segredo, de Lewis Milestone; Im\gem 2: Cena de Onze homens e um segredo, Steven Soderbergh/ Montagem: Jonathan Rosa. 

Onze Homens e um Segredo” (2001) – É um remake do longa de mesmo título exibido em 1960 e protagonizado por Frank Sinatra. O filme de 2001 é mais bem avaliado pelos especialistas por ter uma trama mais complexa, enquanto a obra de 60, tem mais profundidade nas personagens. Contudo a regravação sustenta uma média 81% no Rotten Tomatoes contra 67% da versão original. As outras três sequências do longa não foram tão bem aceitas quanto a de 2001.
 

Fonte: 
Montagem BOL/ produção

Os Infiltrados” (2006) – Do diretor Martin Scorcesse, foi lançado em 2006 e é uma refilmagem do filme "Conflitos Internos” lançado em Hong Kong no ano de 2002. Segundo a crítica ambos os longas são de excelente qualidade, mais é inegável que a versão americana (por vezes mais violenta) agradou mais o público. Apesar deste reconhecimento interno os dois filmes ultrapassam a marca dos 90% no Rotten.


FONTE: Imagem 1:Cena de Scarface,Howard Hawks; Imagem 2: Cena de Scarface, de Brian De Palma/ Montagem: Jonathan Rosa. 

Scarface” (1989) – Este já clássico longa, onde Al Pacino interpreta o criminoso Tony Montana é muito querido por fãs do mundo todo e muito mais conhecido do que sua versão original, o filme “Scarface – A vergonha de uma nação” de 1932, que também é muito bem feito e carrega uma nota máxima no Rotten, entrando em um seleto grupo de filmes com 100% de aprovação. Enquanto sua remake de 89 tem 81% de aprovação da critica e 94% dos fãs.


Fonte: Montagem: site/ Proibido ler

Os Homens que Não Amavam as Mulheres” (2011) – O filme que é o primeiro remake da aclamada trilogia “Millennium” de 2009, traz a tela uma bela homenagem a obra original e consegue alcançar padrões de qualidade muito próximos segundo a crítica. No Rotten as porcentagens também são extremante parecidas com 85% para obra original e 86% para refilmagem. Mas é o único filme da nova trilogia que deu certo, a refilmagem do segundo filme da sequência mal alcançou os 40% no Rotten, enquanto os originais nunca ficaram com menos de 50%.


Fonte: Montagem G1

Nasce Uma Estrela” (2018) – O filme que rendeu o Oscar de Melhor Canção Original para Lady Gaga por Shallow, é um remake de outras três versões homônimas. A obra original é de 1937, passando pela refilmagem de 1954 e posteriormente pela versão de 76, até chegar na adaptação de Bradley Cooper em 2018. Todas as versões foram razoavelmente parecidas, e bem aceitas pela crítica, exceto a versão de 1976 que conta com apenas 35% de aprovação no Rotten. Mas sem dúvidas depois do original o longa que mais agradou foi o último
– com a participação de Gaga  que está com 90% de aprovação.
 
O grau de aceitação de uma refilmagem é variável, e depende muito da maneira com que o material antigo é reutilizado. No cinema, os remakes raramente são bem vistos, pois mexe com a profunda sensibilidade do público, envolvem aspectos culturais da audiência à qual eram destinadas as obras. Por isso, grande parte deles são de longas mais antigos.  
 
Além dos filmes citados, é logico que existes milhares de outros, como, inúmeras adaptações do clássico “Bem-Hur” e “Lagoa Azul”, “O Enigma do Outro Mundo”, “A mosca” e vários outros clássicos inesquecíveis que não couberam nestas linhas.
 
REFERÊNCIAS:
 
Esquina da Cultura: Disponível em: <https://www.esquinadacultura.com.br/single-post/Em-2017-18-dos-filmes-foram-remakes-reboots-ou-sequecias> Acesso em:  23 de setembro de 2019

Porque Hollywood faz tantos remakes. Esquina da Cultura: Disponível em: <http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2019/08/12/hollywood-remakes-filmes-por-que/> Acesso em:  23 de setembro de 2019

Roteiro adaptado no Oscar. Disponível em: <https://gq.globo.com/Cultura/Cinema/noticia/2019/02/historias-reais-e-ficcionais-que-basearam-os-indicados-roteiro-adaptado-no-oscar.html> Acesso em:  23 de setembro de 2019

O que é Remake. Disponível em: <https://www.tecmundo.com.br/video-game-e-jogos/936-o-que-e-remake-.htm> Acesso em:  23 de setembro de 2019

30 filmes Remake. Disponível em: <https://www.bol.uol.com.br/fotos/2016/03/30/30-filmes-que-sao-remakes-e-talvez-voce-nao-soubesse.htm?mode=list&foto=19> Acesso em:  24 de setembro de 2019

Nota dos Filmes. Disponível em: <https://www.rottentomatoes.com> Acesso em:  23 de setembro de 2019

20 filmes melhores que os originais. Disponível em: <http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-110152/?page=10> Acesso em:  24 de setembro de 2019

7 filmes Remakes. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=MhHUef77MSE> Acesso em:  23 de setembro de 2019

Os melhores Remakes do Cinema. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=vfhd_L8lB6I> Acesso em:  23 de setembro de 2019

10 piores remakes. Disponível em: <https://cinepop.com.br/os-10-piores-remakes-do-cinema-87179> Acesso em:  23 de setembro de 2019


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »