27/09/2019 às 20h53min - Atualizada em 27/09/2019 às 20h53min

Náutico e Sampaio Corrêa duelam nos Aflitos em busca do título da Série C

Jogo de volta será no Castelão no domingo que vem

Gabriel Amorim - Editado por Paulo Octávio
Os alvirrubros venceram por 2x1 o último confronto com a Bolívia Querida. Foto: Bobby Fabisaki/JC Imagem
Náutico e Sampaio Corrêa iniciam a disputa pelo título da Série C neste domingo (29), nos Aflitos, às 16h. O jogo da volta acontece no Castelão, no próximo dia 06, também às 16h. Com a final entre nordestinos garantida, este será o 16º troféu nacional de equipes da região. Embalados pela sua torcida e com promessa de casa cheia, os jogadores alvirrubros terão mais uma vez o o fator casa ao seu favor. Cerca de onze mil ingressos foram vendidos até o momento para a primeira partida da final.  O timbu vai em busca de seu primeiro título em âmbito nacional. Já o Tubarão tem a oportunidade de conquistar sua quarta taça. Time maranhense conquistou as três divisões inferiores do Brasileirão: foi campeão da série B em 1972, da série C em 1997, e da série D em 2012
 
Na última quarta-feira (25), o setor jurídico do Sampaio Corrêa em conjunto com a Federação Maranhense de Futebol (FMF-MA) entrou com um pedido de liminar para a interdição do estádio dos Aflitos no Superior Tribunal de Justiça (STJD). Alegação era a de falta de segurança no local tendo em vista a invasão de campo após a classificação do Náutico para a Série B, no jogo contra o Paysandu. As partes lançaram um documento com fotos da invasão junto à súmula do árbitro Leandro Pedro Vuaden. Mas a solicitação foi indeferida. Segundo o tribunal, os fatos expostos pelo clube serão apurados e posteriormente julgados pelo STJD.


NÁUTICO 

O alvirrubro de Rosa e Silva conta com reforços para o jogo de domingo. Técnico Gilmar Dal Pozzo tem o retorno do atacante Paulinho, que voltou a treinar com bola após duas contusões. Outro que volta a equipe é o zagueiro Camutanga, que não pôde atuar na última partida por ter tomado o terceiro amarelo. Em contrapartida, o Náutico não terá a presença do atacante Matheus Carvalho, que está suspenso por ter tomado o terceiro cartão amarelo após provocar o goleiro Marcelo Carné ao final das disputas de pênaltis contra o Juventude. O meio campista Jean Carlos e o atacante Thiago são dúvidas para a primeira partida da final. Carlos foi substituído ainda no intervalo do jogo de volta das semifinais após sentir a coxa direita, mas iniciou a transição e Dal Pozzo não o descarta. Já o problema que Thiago atravessa é mais sério. Com dores no tornozelo direito, o atacante não figura entre os onze titulares há duas partidas e segue vetado para o duelo. O atacante Rafael Oliveira também é dúvida, pois o atleta tem uma lesão na panturrilha direita.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Jefferson, Hereda, Camutanga e Willian Simões; Josa, Jhonnatan e Maylson (Jean Carlos); Jefferson Nem (Neto Pessoa), Álvaro e Wallace Pernambucano.


SAMPAIO CORRÊA
A Bolívia Querida vai para Recife sem seu capitão. O zagueiro Paulo Sérgio, que vem se recuperando de uma contusão grau um na coxa, é desfalque e será substituído por Vítor Bafana --  autor do tento que deu a vitória ao Tubarão no último jogo. A equipe comandada por João Brigatti terá as voltas do lateral-esquerdo Romano, que retorna após tomar o terceiro cartão amarelo. E do volante Lucas Hulk, recuperado de uma entorse no joelho. Clube vai
 decidir o título em seu estádio por ter feito a melhor campanha na classificação geral da Série C. Os maranhenses se classificaram para à final após vencer o Confiança-SE nas duas partidas das semifinais.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Andrey, Everton, Odair, Vítor Bafana e João Victor; Ferreira, Eloir e Rodrigo Andrade; Esquerdinha, Roney e Salatiel Junior.


HISTÓRICO DE CONFRONTOS
Pernambucanos e maranhenses já se enfrentaram por 20 vezes na história. Foram dez vitórias do Náutico, seis triunfos do Sampaio Corrêa e quatro empates. Nas últimas três partidas disputadas, a equipe alvirrubra saiu vitoriosa em todas – foram dois jogos pela série C e um pela Copa do Nordeste. A última partida disputada entre Náutico e Sampaio Corrêa foi ainda na primeira fase da Série C, quando os pernambucanos ganharam pelo placar de 2x1 nos Aflitos.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »