03/10/2019 às 01h19min - Atualizada em 03/10/2019 às 01h19min

Grêmio empata com Flamengo em casa na primeira partida das semifinais

Equipes voltam a campo na quarta-feira (23), no Maracanã

Gabriel Amorim - Editado por Paulo Octávio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Grêmio e Flamengo se enfrentaram pela primeira partida das semifinais da Libertadores e ficaram no 1x1. Os tricolores contaram com a estrela do atacante Pepê, jogador que entrou no segundo tempo e empatou a partida para o Grêmio aos 42 do segundo tempo. Já pelo lado rubro-negro, o atacante Bruno Henrique  abriu o placar na marca dos 23’ da primeira etapa. Na final, o adversário do clube brasileiro que avançar será um dos grandes do futebol argentino: River Plate ou Boca Juniors. Na primeira partida das semifinais a equipe do River venceu pelo placar de 2x0.

1° TEMPO
Com maior posse de bola e apostando nas jogadas pelas laterais do campo, o Flamengo aproveitou as fragilidades dos mandantes e dominou às ações da primeira etapa. Aos 8’ o meio campista Arrascaeta recebeu bola do atacante Bruno Henrique na ponta esquerda, chuta cruzado mas não aproveita a chance. Aos 9’ Bruno Henrique bate forte e o goleiro Paulo Victor coloca a bola para escanteio. Logo após a jogada feita por Bruno, o time gaúcho responde na mesma moeda. O meia Alisson dispara de longe, mas a bola vai por cima do gol. Na marca dos 14’ jogados, Gerson aproveita a falha de Paulo Victor, toca para Gabriel, que manda para fora. Aos 19’ após cruzamento de Filipe Luís, o atacante Gabriel, Victor sai errado, joga a bola nos pés do meia Everton Ribeiro que faz o gol. Mas o tento acabou sendo anulado após a consulta do VAR, que pegou falta de Gabigol em cima do zagueiro Kannemann. Quando o cronometro marcava os 23’ Gabigol cruzou e colocou a bola para o fundo das redes, mas o atleta estava impedido. Aos 36’ Diego Tardelli rouba a bola, toca para Everton, que tenta jogo com Luan, mas o atacante não dominou a bola por achar que estava impedido. Na última jogada do primeiro tempo, aos 49’, após toque de Bruno Henrique na ponta direita para Gabriel, o atacante leu o jogo de forma diferente e deixou a bola passar e perdeu boa chance.


2° TEMPO
Na segunda etapa as equipes voltaram sem modificações, mas a maior mudança do Grêmio feita no intervalo foi a de postura. Jogando de forma aguerrida e buscando alternativas para abrir o placar. Aos 9’, após cobrança de falta do lateral-direito Rafael Galhardo, a bola sobrou para o atacante Luan, que chutou a bola na pequena área, mas não obteve sucesso. Na marca dos 10’, em dobradinha entre Alisson e Tardelli, Diego tocou para o meia, que bateu mascado. Já se passavam 15’ quando Bruno Henrique tocou para Gabriel, que  tirou tinta da trave. Aos 17’ o Grêmio teve sua maior chance na partida, quando Luan enfiou bola para Everton, que carregou a bola até a área e chutou para a defesa do goleiro Diego Alves. Mas quem abriu o placar foi o Flamengo. Aos 23’, após cruzamento de Arrascaeta na direita, Bruno Henrique cabeceou a bola para o fundo das redes e fez o seu quarto gol na Libertadores. Posteriormente, Bruno Henrique puxa contra ataque, encontra Gabriel na ponta, mas o atacante erra. O jogo se encaminhava para o fim, quando aos 42’, Everton recebe toque do volante Maicon, cruza para o meio da pequena área e acha Pepê, que empata a partida para o Grêmio.




PRÓXIMOS CONFRONTOS
Tricolores e Rubro-negros voltam a se enfrentar na quarta-feira (23) pela segunda partida das semifinais. O Grêmio se classifica à final em caso de qualquer vitória ou empate a partir de em 2x2. Já o Flamengo tem a vantagem de ter marcado gol fora de casa e precisa  de um empate em 0x0 ou qualquer vitória para ir a decisão. Na 23ª rodada da Série A, o clube gaúcho encara o Corinthians no sábado, às 19h na Arena do Grêmio. E o mengão pega a Chapecoense, no domingo, às 11h, na Arena Condá.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »