31/10/2019 às 16h47min - Atualizada em 06/11/2019 às 08h57min

Diretores criticaram o estúdio Disney

Bob Iger, CEO da empresa responde críticas de Martin Scorsese e Francis Coppola à Marvel Studios

Josué Ernandes - Editado por Milena Iannantuoni
Foto: Divulgação/ Marvel Studios
A discussão sobre os filmes da Marvel Studios ainda rende alguns posicionamentos. Os debates vêm após os renomados cineastas Martin Scorsese comentar publicamente que o MCU não era cinema e Francis Ford Coppola dizer que as produções são "desprezíveis", ainda rende debates e posicionamentos.

Desta vez, o presidente e CEO da Walt Disney Company, Bob Iger, comentou sobre as críticas que os filmes do universo cinematográfico da Marvel vêm recebendo. Para ele, os comentários dos cineastas são insensíveis visto que muitas pessoas trabalham nesses filmes.

"Não me incomoda, exceto quando eu me aborreço pelas pessoas que trabalham nestes filmes. Francis Ford Coppola e Martin Scorsese são duas pessoas por quem tenho o máximo respeito em termos dos filmes que eles fazem, os filmes que eu gosto, os filmes que todos nós já vimos. Mas quando Francis usa a palavra 'desprezível'... Eu guardo a palavra 'desprezível' para alguém que cometeu assassinato em massa. Estes são filmes! Para quem ele está falando? Ele está falando para Kevin Feige, que gerencia a Marvel? Taika Waititi e Ryan Coogler que dirige para nós? Ou Scarlett Johansson ou Chad Boseman? Eu poderia falar várias pessoas", disse ele para o Wall Street Journal.
 
Foto: Divulgação/ Marvel Studios

O CEO ficou meio intrigado quando percebeu que houve uma comparação entre os filmes dos grandes cineastas que criticaram a Marvel, e os cineastas que produzem para o estúdio. "Você está me dizendo que Ryan Coogler fazer Pantera Negra é algo que de algum jeito é menor do que Martin Scorsese ou Francis Ford Coppola terem feito em qualquer um de seus filmes? Sim, foi o que eles falaram", continuou ele. O Presidente ainda deixou claro que o seu comentário de defesa é por considerar que as críticas dos cineasta fere os artistas, diretores e os outros funcionários que trabalham para a Marvel Studios.

"Acho que estou parecendo um pouco mais na defensiva do que eu gostaria de estar, porque não sinto que tenho a necessidade de defender o que estamos fazendo. Estamos no negócio de – antes de tudo, estamos no negócio de fazer dinheiro, somos um negócio rentável. Ao mesmo tempo na Disney, nós tentamos balancear isso com a narrativa de histórias para o mundo, colocando nelas grandes valores e dando apoio a uma base de funcionários de mais de 200 mil pessoas ao redor do globo, com muito cuidado e, de verdade, respeito. Então eu fico intrigado com isso. Se eles quiserem reclamar de filmes, é direito deles", finalizou ele.
 
REFERÊNCIAS 

 
CANHISARES, Mariana. Bob Iger, CEO da Disney, responde críticas de Scorsese e Coppola à Marvel. Disponível em < https://www.omelete.com.br/marvel-cinema/bob-iger-responde-criticas-scorsese-coppola > Acesso em: 27 de outubro 2019.
 
ZANETTI, Laysa. Após comentários de Scorsese e Coppola, Bob Iger defende a Marvel. Disponível em < https://www.google.com/amp/www.adorocinema.com/amp/noticias/filmes/noticia-151396/ > Acesso em: 27 de outubro 2019.
 
CINEMA COM RAPADURA. Bob Iger, CEO da Disney, pronuncia-se sobre críticas de Martin Scorsese e Francis Ford Coppola à Marvel. Disponível em < https://cinemacomrapadura.com.br/noticias/563028/bob-iger-ceo-da-disney-pronuncia-se-sobre-criticas-de-martin-scorsese-e-francis-ford-coppola-a-marvel/ > Acesso em: 27 de outubro 2019.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »