02/11/2019 às 15h25min - Atualizada em 02/11/2019 às 15h25min

SESI AE Carvalho apresenta o espetáculo Co-Mover ou Das Tentativas de se Enxergar um Jardim

O espetáculo é inspirado no conto Nananu na Leia e está dentro da programação do Cena Livre

Jéssica Natacha - Editado por Mário Cypriano
Espetáculo segue em cartaz até 13 de novembro. (Foto: Reprodução / Karen Griz)

O espetáculo Co-Mover ou Das Tentativas de se Enxergar um Jardim estreou no dia 21 de outubro e seguirá em cartaz até o dia 13 de novembro no teatro SESI AE Carvalho, com exibições na segunda e quarta-feira, às 20h. 

A peça retrata a imigração, processos de exclusão social, identidade e não pertencimento. São assuntos não tão abordados nas mídias, mas que precisam ter um lugar de fala. O projeto é resultado de um processo de criação desenvolvida pela turma do Módulo Múltiplas Linguagens do Núcleo de Artes Cênicas, do SESI-SP. Sob direção de Tânia Granussi, orientadora de Artes Cênicas do SESI-SP, o espetáculo está dentro da programação do Cena Livre, que este ano tem como tema os Movimentos Migratórios. 


A velha cega bonequeira (Foto: Reprodução / Giovanna Quintino)

Inspirado no conto Nananu na Leia, de Glória W. de Oliveira Souza, a montagem inédita apresenta a trajetória comportamental das gerações, consideradas representações, e conceitos formados pela mente de cada indivíduo. No espetáculo, as relações são ligadas aos movimentos migratórios e às sensações de pertencimento, exílio e refúgio descritas por cada personagem, sendo eles a pedra, sem lugar fixo e constantemente chutada, o pássaro, que se debate contra muros e grades, além da flor em busca de liberdade e conforto, sem local para fincar as raízes. 

A velha cega bonequeira reflete sobre a vida. Em contrapartida, cria uma boneca de seus tecidos, nomeada Abayomi, e aborda discussões de contexto social e temas vivenciados ao redor do país por meio de suas lembranças. As pedras presentes no espetáculo reforçam o mundo capitalista, ao qual todos estão inclusos, e a forma como o povo é descartável quando não é declarado de valor. 

Por fim, apresenta conflitos em relação a categorização de grupos: brancos de um lado, negros do outro, orientação sexual e violência doméstica. Pontos que já deveriam estar extintos no mundo moderno! Movimentos como esse servem para mostrar a relevância desses temas, os quais precisam ser notados pela sociedade, buscando melhorias na educação, meio ambiente, saúde e qualidade de vida. 

 

SERVIÇO 

Co-Mover ou Das Tentativas de se Enxergar um Jardim 

Teatro SESI AE Carvalho 

Endereço: Rua Deodato Saraiva da Silva, 110 – Jardim das Paineiras/SP, 03694-090

Datas: 21,23, 28 e 30 de outubro e 4, 6, 11 e 13 de novembro

Horário: 20h nas segundas e quartas

Entrada gratuita. Os ingressos são reservados pelo sistema Meu SESI https://www.sesisp.org.br/meu-sesi 

Capacidade: 125 lugares e 2 para cadeirantes

Classificação indicativa: 14 anos

Informações: (11) 2026-6021 ou 2016-6034 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »