22/11/2019 às 15h54min - Atualizada em 22/11/2019 às 15h54min

Idosos sofrem com mau atendimento em serviços

João Marques - Edição: Giovane Mangueira
Imagem: Guito Moreto / Agencia O Globo / Dedoc
No Brasil são milhões de homens e mulheres com mais de 60 anos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( BGE). Em atendimentos que deveriam ser prioritários, idosos se queixam de mau atendimento e descaso. O país tem crescido nos últimos anos com o envelhecimento da população. O número de filhos diminuiu e a expectativa de vida aumentou. Como consequência, há uma preocupação das autoridades em relação a serviços como saúde pública, renda após aposentadoria e cuidados com esse público.

A advogada, Paula Freitas, conta que para que os idosos tenham seus direitos assegurados e respeitados é preciso se fazer jus às leis que os protegem. “Isso deve ocorrer através de ações previstas ordenamento jurídico, através do Poder Público e também o seio familiar, na comunidade e na sociedade”, explica. Em casos de desrespeitos, Paula Freitas comenta que o Poder Judiciário e o Ministério Público são os órgãos responsáveis caso haja violação ou ameaça ao descumprimento da Lei.

Por estarem mais vulneráveis, esse é o público que mais sofre principalmente no mau atendimento. Para valerem seus direitos, as leis precisam ser de conhecimento de todos. A advogada conta que grande parte da população e a maioria dos próprios idosos não conhecem a fundo os direitos assegurados por lei. E por isso, há a questão da má qualidade no atendimento.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »