14/01/2020 às 11h49min - Atualizada em 14/01/2020 às 11h49min

Um mergulho no submundo da travestilidade

Thaís Santos - Editado por Milena Iannantuoni
Revista Trip/ Reprodução
Como será o mundo das travestis? Como é viver com medo e opressão das pessoas, sendo esmagado por elas?. O documentário brasileiro "Quem tem medo de Cris Negão?" é um aprofundamento no universo das travestis, a partir da figura lendária de Cristiane Jordan, conhecida popularmente por ‘Cris Negão’, morta após ser baleada com dois tiros na cabeça no de centro de São Paulo.

Cris Negão era detestada e temida ao mesmo tempo por usar de métodos violentos para ter controle de suas parceiras cafetinas de trabalho. Durante o desenrolar do curta é possível ver a reconstituição da cena do tiro na rua da cidade e entender o submundo da travestilidade e a legião de fãs.

O diretor do filme, René Guerra usa elementos como: figurino, maquiagem e o gesto das personagens para mostrar nas cenas uma forma de contextualizar a teatralidade das travestis.

René construiu um documentário com duração de aproximadamente 25 minutos, e é possível observar que cada depoimento é mostrado uma gestualidade seja da maneira de retirar as luvas, mexendo no cabelo e dando uma certa liberdade para o entrevistado de contar sua versão.

Ainda vale destacar o trabalho que foi feito com o cenário, pensado para centralizar a oralidade de cada indivíduo, feito por meio do posicionamento e direcionamento entre a cadeira no centro e o conjunto de luzes escolhidos que coloca em destaque o ponto de vista da pessoa quando tenta se lembrar de Cris Negão.

O objetivo é passar a ideia de que o personagem esteja voltando ao passado e dentro desse contexto recuperando as lembranças que teve ligado a Cris. No curta-metragem outro ponto trabalhado foi o silêncio, como uma atitude de dramaticidade e da reconstituição do assassinato e o uso de planos mais abertos condizentes com a linguagem adotada por ser mais direta e coloquial.

Bem, mas o que isso tem a ver com "Quem tem medo de Cris Negão?". Eles provaram que uma coisa considerada ruim, alvo de humilhação, pode ser aceitável e admirável. Assim, pode-se concluir que, o público terá ao certo grande envolvimento com o enredo dessa história ao observar como foi pensado e produzido minuciosamente as etapas de: pré-produção, produção e pós-produção do filme e mostrando o mundo inferior vivido por essas travestis e apresentado por um diretor brasileiro, alagoano que é aclamado por produzir curtas.
    

Confira o trailer


Fonte: Preta Portês Filmes/ Reprodução: Youtube .

REFERÊNCIAS 

PRETA PORTÊS FILMES. ‘Quem tem medo de Cris Negão?’ Disponível em: <https://pretaportefilmes.com.br/quem-tem-medo-de-cris-negao/> Acesso em: 13 de janeiro de 2020
 
Quem tem medo de Cris Negão?.  Disponível em:  <https://www.youtube.com/watch?v=XoAwzW04fX0> Acesso em: 13 de janeiro de 2020

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »