14/01/2020 às 13h49min - Atualizada em 14/01/2020 às 13h49min

Finais de conferência da NFL estão definidas após confrontos eletrizantes

49ers e Packers venceram Vikings e Seahawks respectivamente e se enfrentam no próximo domingo na final da NFC

Matheus Aquino - Editado por Paulo Octávio
Foto: Peter Aiken/Getty Images
Quatro jogos marcaram o último final de semana da bola oval. Os duelos nas semifinais das divisões da NFC e AFC garantiram os times que estarão nos jogos do próximo domingo nas finais de conferência. Assim, os vencedores garantem vaga no Super Bowl LIV em Miami no dia 2 de fevereiro. San Francisco 49ers e Minnesota Vikings abriram os 'divisional rounds' da NFL. O time da Califórnia tinha três fatores pesando ao seu favor no duelo: o jogo era em casa, o time vinha de semanas de descanso e jogava justamente contra uma equipe que precisou de muito esforço técnico e principalmente físico para vencer de forma surpreendente o New Orleans Saints na semana anterior. O jogo terrestre e a excelente defesa liderada por Nick Bosa foram extremamente essenciais para a vitória da equipe de Kyle Shanahan. A equipe correu 47 vezes para 186 jardas, dominando as trincheiras. Tevin Coleman Raheem Mostert correram juntos para 163 jardas e 2 touchdowns para o camisa 26. O jogo terrestre de Stefanski na equipe de Minnesota foi extremamente anulado a ponto de Dalvin Cook, um dos melhores RB da última temporada, ter 9 tentativas de carregada para apenas 18 jardas. Logo, o jogo aéreo tornava-se a única opção lógica para a equipe e é aí que apareceu a defesa, Richard Sherman com uma interceptação no passe de Kirk Cousins para Adam Thielen. 49ers não desperdiçou o turnover e 8 corridas depois, mais um TD. 
 
 
A defesa do 49ers estava imparável, Robert Saleh fez chamadas defensivas incríveis, usou Nick Bosa de diversas formas, terminando o jogo com 6 Tackles e 2 Sacks.  O LineBacker Fred Warner, teve grande partida, assim como Dee Ford, voltando de lesão, contribuindo muito bem na ponta da linha. A dúvida que fica é, teria sido um jogo melhor se o New Orleans Saints tivesse vencido o Minnesota Vikings? Interessante pensar, mas o fato é que a equipe de São Francisco fez mais uma grande partida, venceu por 27 a 10 e está na final da NFC. Assim como o Green Bay Packers, que venceu a equipe do Seattle Seahawks no Lambeau Field por 28 a 23. O quinteto Aaron Rodgers, Aaron Jones, Davante Adams e os ‘Smiths’ – Preston e Zadarius tiveram noite inspirada. O QB pode não ter tido números expressivos, isso é fato, mas converteu jogadas cruciais em terceiras decidas, oito no total, principalmente para o TE Jimmy Graham. O WR teve noite histórica com 160 jardas recebidas em 8 recepções, uma média de 20 jardas por passe e 2 TD.

Foto: STEVE APPS, STATE JOURNAL 

 
Zadarius teve grande primeiro tempo, porém, chegou a demonstrar claro desgaste físico, mesmo assim, Packers tinham grande vantagem, até no 3º e 4º período, Russell Wilson aparecer. Marshawn Lynch apareceu com 2 TD e os irmãos Griffin com sack, mas, nas horas cruciais, Rodgers e Preston Smith apareceram. Grande vitória e confronto interessante já que Matt Lafleur Kyle Shanahan, ambos treinadores principais de seus respectivos times, trabalharam juntos anos atrás no Atlanta Falcons. O duelo será extremamente interessante, a equipe de Green Bay teve grande oscilação na temporada, chegando a perder jogos nos minutos finais para equipes fracas. Com essa vitória contra o Seahawks, o time chega em outro nível para enfrentar o 49ers, que detém a melhor campanha da NFC na atual temporada. Esse será o segundo jogo de playoffs no Levi’s Stadium. Aaron Rodgers tem larga vantagem sobre Garoppolo, apesar que o camisa 10 foi decisivo em muitas terceiras descidas na temporada. As defesas jogam em alto nível. Porém, acredito em uma vitória do San Francisco 49ers.

Já na AFC teve zebra. O Tennessee Titans venceu o Baltimore Ravens, melhor time até então da NFL, em Baltimore, por 28 a 12 com mais uma partida magistral do RB Derrick Henry. O camisa 22 vem quebrando recordes na liga, mantendo uma média de 175 jardas corridas por jogo nesses playoffs, maior marca da história, contra o Ravens, 195 jardas terrestres e um passe para TD, incrível.

Foto: Henry McKenna - USA TODAY Sports
 
A equipe de Mike Vrabel vem surpreendendo a todos da liga, depois de vencer o New England Patriots de Tom Brady em Foxborough, venceram agora o Ravens de Lamar Jackson. O QB até que tentou, mas, o plano de jogo não funcionou. A filosofia da equipe de John Harbaugh é justamente o jogo terrestre, inexistente durante toda a partida. O RB Mark Ingram que teve grande temporada, esteve lesionado e carregou a bola apenas 6 vezes. Isso fez com que Lamar corresse 143 jardas e para lançar a bola 59 vezes. Porém, a secundária do Titans anulou Marquise Brown e cia. Mark Andrews. TE da equipe e destaque do time, teve apenas 4 recepções, que Logan Ryan e Adoree Jackson anularam. O ataque não funcionou, e Derrick Henry amassava a defesa. O Titans impôs o jogo terrestre e quando precisou do aéreo, Ryan Tannehill apareceu com 2 TD. Grande vitória por 28 a 12 e chegam à final da AFC para enfrentar o Kansas City Chiefs.

O Arrowhead Stadium precisou informar aos torcedores no meio do jogo que os fogos de artifício do estádio tinham acabado nas comemorações depois de vários TD’s da equipe da casa. Não é para menos, a equipe enfrentou o Houston Texans e venceu pelo placar de 51 a 31. O atual MVP da liga, Patrick Mahomes bateu mais um recorde e passou para 321 jardas e 5 TD.

Foto: Peter Aiken/Getty Images
 
O placar parece demonstrar amplo e total domínio da equipe de Andy Reid, mas não é bem assim. A equipe do Texas chegou a abrir 24 a 0 com grande ajuda da equipe de especialistas. Deshaun Watson vinha fazendo grande partida e contava com a volta de Will Fuller, seu WR preferido para passes em profundidade. Porém, ainda no segundo quarto, apareceu a estrela do camisa 15 de Kansas. A melhor dupla QB/TE aparecia e Travis Kelce foi acionado 10 vezes e marcou 3 TD. Não satisfeitos, o jogo terrestre funcionava e Damien Williams fez também 3 TD. Em 8 posses de bola seguidos, o Kansas City Chiefs anotou TD.

Esse foi mais um grande duelo de final de conferência. Titans vem fazendo grande playoffs, eliminou Patriots e Ravens fora de casa com uma defesa dominante e boa atuação de Derrick Henry. O time já venceu o Chiefs esse ano na temporada por 35 a 32 com grande partida de Henry e Tannehill. Mas, Patrick Mahomes segue imparável. Difícil apontar um vencedor, o Chiefs tem dificuldade no jogo terrestre e Chris Jones pode não jogar. Isso facilitaria bastante a vida do RB de Tennessee, mas se Pat e Kelce continuarem assim pode ficar difícil para o time de Vrabel

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »