24/01/2020 às 20h21min - Atualizada em 24/01/2020 às 20h21min

Após lesão, Lucas Paquetá não vive bom momento no Milan

Meio-campista não conseguiu atingir as expectativas no velho continente

Tomé de Sousa - Editado por Paulo Octávio
Lucas Paquetá defendendo o Milan (Foto: Miguel Medina/AFP)
Lucas Paquetá chegou ao Milan em 2019 sendo tratado como o atleta que encabeçaria a volta da equipe Rossonera aos holofotes europeus. O clube deu todo o suporte para o meio-campista atingir o máximo de sua capacidade física e técnica, algo semelhante com o que aconteceu com Kaká em 2003. Mas Paquetá não atingiu as expectativa. Em sua primeira temporada, ele entrou em campo 17 vezes, fez apenas um gol e deu uma assistência. Mas, mesmo com um rendimento abaixo do esperado, o jogador ganhava elogios do até então treinador da equipe e ídolo do clube, Gennaro Gattuso, por conta da função que o meia estava desempenhando na equipe, ajudando na parte criativa e dando mais dinâmica ao time.

O rendimento do jogador mudou completamente após uma lesão no tornozelo direito em abril de 2019. De lá para cá o jogador não conseguiu encantar os torcedores Rossoneros. Com a saída de Gattuso e a chegada de Marco Giampaolo, o brasileiro acabou sendo esquecido na equipe e perdeu muito espaço no time titular. Na temporada 2019-20, Paquetá não balançou as redes nenhuma vez e deu apenas um passe para gol, além de não conseguir muito espaço com o atual treinador do time, Stefano Pioli. O atleta já vem sendo tratado como um “fracasso” pela imprensa italiana e uma possível saída da equipe vem sendo tratada como realidade.


Foto:.
Miguel Medina/AFP

Além da baixa com os técnicos, Paquetá recentemente sentiu um leve taquicardia, mas após exames realizados em uma clínica após a partida contra a Udinese, no domingo, 19. Porém nada de grave foi identificado e o jogador estava liberado para voltar aos treinamentos. No último jogo do Milan nessa sexta-feira (24) contra o Brescia, o jogador não foi relacionado por um pedido do meia brasileiro para Pioli. Essa atitude deixa dúvida sobre a permanência do brasileiro na equipe. O atleta ainda é novo e tem futebol para poder voltar dar a volta por cima. Campeonato Italiano ainda está na sua 21ª rodada. O próximo jogo do Milan será no domingo, dia 2 de fevereiro frente ao Torino pela Coppa Italia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »