09/04/2020 às 15h17min - Atualizada em 09/04/2020 às 15h17min

São Paulo lança aplicativo para ministrar aulas a distância para alunos da rede estadual

As aulas estão suspensas em todo o Estado desde o dia 23 de março por conta da quarentena

Por Isabela Tavares - Editado por Luana Gama
Governo do Estado de São Paulo / Revista Crescer
Reprodução / G1

O Governo do Estado de São Paulo disponibilizou na última segunda-feira (6) o aplicativo “Centro de Mídias de SP”, que permite que estudantes da rede pública estadual de ensino possam ter aulas online sem nenhum custo, enquanto durar a suspensão das aulas escolares por conta da pandemia do novo coronavírus. A ferramenta foi desenvolvida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) em parceria com as operadoras de telefonia Vivo, Tim, Claro e Oi. 

 

O aplicativo terá transmissões ao vivo das aulas de várias disciplinas, que serão ministradas por professores da rede e também vai possibilitar que o estudante tire dúvidas com o professor no decorrer das aulas. A plataforma já está disponível para Android e iOS, no entanto, apenas para aulas de reforço e testes. A partir de 22 de abril às atividades oficiais do calendário escolar, como as aulas ao vivo, devem começar. Para fazer o cadastro é necessário um login com informações usadas na Secretaria Escolar Digital. O Governo espera que o novo recurso seja utilizado pelos 3,5 milhões de estudantes da rede estadual, do 6° ano do ensino fundamental até o 3° ano do ensino médio. 

 

Além do aplicativo, o Estado também fechou parceria com a Tv Cultura que vai transmitir as aulas no canal 2.3. Também na segunda-feira (6)  houve uma aula inaugural sobre robótica com a professora Débora Garofalo. A grade de horários será disponibilizada gradualmente e as disciplinas de matemática e língua portuguesa serão fixas todas as semanas. Os alunos dos primeiros anos terão um conteúdo específico e material que pode ser impresso no site da Seduc.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »