16/04/2020 às 13h45min - Atualizada em 16/04/2020 às 13h45min

Federação Paulista e clubes optam pela conclusão do Paulistão em campo

Entidade vai aguardar aval dos órgãos de saúde para determinar uma data para volta do torneio

Brendo Romano - Editado por Paulo Octávio
Presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos. Foto: Carlos Velardi/EPTV
As 16 equipes participantes da Série A1 do Campeonato Paulista definiram que o campeonato será concluído em campo e que o regulamento seja cumprido sem alterações no modo de disputa. O que evita decisão sobre campeão e rebaixados não só da primeira divisão, mas também das séries A2 e A3, seja decidido nos tribunais. Caso a competição retorne dentro dessa previsão inicial, em meados de maio, os jogos poderão ser realizados com portões fechados para evitar aglomerações. A decisão foi tomada em uma videoconferência realizada na última quarta-feira (15). Anteriormente, a Ponte Preta era única agremiação contrária a volta do torneio. O Paulistão foi paralisado em março -- devido ao avanço do Coronavírus no Brasil -- quando ainda restavam duas rodadas da fase de grupos a serem disputadas e o  mata -mata (jogo único das quartas de final, dois das semifinais e dois das finais).

Também ficou acordado que todos o times voltarão aos treinos na mesma data, assim que for autorizado pelos órgãos de saúde do Estado
 de São PauloMedida foi tomada em conjunto para não haver um clima de concorrência e disputa entre os clubes.  Entretanto, não foi estipulada uma previsão do retorno. Um possível cenário discutido na reunião prevê que isso possa ocorrer na primeira quinzena de maio. Porém, tudo vai depender do avanço ou recuo da curva de contágio do Covid-19. Ainda durante a videoconferência, os dirigentes desses clubes deixaram acordado que o período de 15 dias de treinos seria o ideal para os atletas reestabelecerem suas condições físicas. Mas, esses cartolas estão cientes de que essa mini pré-temporada pode ser mais curta caso se prolongue a necessidade de isolamento social. Por fim, a Comissão Médica da FPF irá desenvolver um protocolo de segurança para a proteção de todos os envolvidos nos jogos, evitando assim qualquer risco de contaminação entre as partes.


Federação Paulista permite inscrição de novos atletas

O presidente da Federação Paulista, Reinaldo Carneiro Bastos, permitiu  inscrições de novos atletas. Pois muitos clubes do interior perderam alguns de seus jogadores nessa parada do campeonato devido ao encerramento do contrato, que estava previsto para fim de abril, quando se encerraria o torneio. Portanto, essa é a única alteração no regulamento. O presidente da Inter de Limeira, Lucas D’Andrea comentou a respeito dessa decisão da FPF.
“O prazo de registro vai ser alterado, as inscrições vão caminhar, mas dentro de um sentido de competividade. Não é justo que um time agora, sem precisar repor, venha e contrate Pelé, Messi para as rodadas finais. Quem perder atletas, vai poder fazer a substituição na lista, mas apenas se for necessário um clube inscrever. Por exemplo: eu tenho 26 jogadores inscritos, os 26 saíram, eu vou ter 26 vagas para preencher novamente”, disse D´Andrea.
O presidente do Guarani, Ricardo Moisés, também aprovou a medida. “Como prorrogou o campeonato, prorroga-se também o prazo de inscrição. Os detalhes ainda vão ser debatidos, mas clubes que perderam atletas e comprovarem essas perdas poderão substituir ou quem não tiver ocupado todas as vagas também vai poder inscrever”, afirmou. 
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »