24/04/2020 às 23h41min - Atualizada em 24/04/2020 às 23h41min

Palmeiras de 1996: A Máquina Alviverde dos 102 gols

A equipe quebrou recordes e feitos em curto tempo

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
elloso, Júnior, Sandro, Galeano, Cafu e Cleber; Luizão, Amaral, Rivaldo, Djalminha e Müller (Foto: Agência Estado)
O time Alviverde da campanha impecável do Campeonato Paulista de 1996 foi montado no final da temporada de 1995 . Após as conquistas de 1993-1994 (Torneio Rio-São Paulo, Bicampeonato Brasileiro, Bicampeonato Paulista) o ano foi de fracasso, pois o Verdão não conseguiu nenhum titulo. No "agosto do desgosto" foi eliminado pelo Grêmio na Libertadores e perdeu o Paulistão para o  Corinthians. E após não ter chances de chegar nas finais do Brasileirão, o  clube paulista anunciou reforços de peso para a temporada seguinte. Palmeiras manteve RivaldoMullerCléberCafu. E se reforçou com a volta do técnico Vanderlei Luxemburgo, que teve a primeira passagem em 93, no ano do fim da fila. O poder ofensivo aumentou com a chegada de LuizãoDjalminhaJúnior.

PRÉ-TEMPORADA PROMISSOIRA – CAMPEÃO DA COPA EURO-AMÉRICA 1996 
PALMEIRAS GOLEIA BORUSSIA DORTMUND POR 6 A 1
O dia 22/01/1996 marcou o início da pré-temporada do Alviverde, que disputou a Copa Euro-Americana, uma espécie de Flórida Cup, contra Flamengo e Borussia Dortmund. O primeiro adversário foi o então campeão alemão, e o Verdão, em noite inspirada, goleou por 6 a 1 com três gols de Rivaldo e um de Luizão. O time paulista conquistou o bicampeonato (1991-1996) após empatar com o Mengão na última rodada.

Campeonato Paulista de 1996
Palmeiras fez um dos melhores campeonatos paulista da história com um aproveitamento de 92%. Anteriormente o time campeão de melhor desempenho foi o São Paulo em 1946, que conquistou 17 vitórias e três empates. O Alviverde teve 27  vitorias, dois empates e apenas uma derrota. O clube obteve várias goleadas como o 8 a 0 contra o Botafogo. Os comandados pelo Luxemburgo ainda venceram o Novorizontino por 7 a 1, e o Santos por 6 x 0, em plena Vila Belmiro. O jogo do título foi contra o Peixe pela penúltima rodada da segunda fase -- clube já tinha vencido a primeira fase. Nesse mesmo jogo, a equipe conquistou o recorde: bateu a marca  de 102 gols no torneio (média de 3,4 por partida) após ganhar por 2 a 0 no Parque Antártica. Assim, o Palmeiras confirmou seu 21º titulo  na competição.

O vice da Copa do Brasil 1996
Nesta mesma temporada, o Verdão tinha outro objetivo: a conquista da Copa do Brasil. A equipe passou com facilidades pelo Sergipe por 8 a 0 na segunda fase. Nas oitavas de final eliminou o Atlético-MG, depois derrotou o Paraná e avançou para às semifinais contra o GrêmioVenceu o primeiro jogo em São Paulo, por 3 a 1, e mesmo com a derrota por 2 a 1, em Porto Alegre, o Palmeiras avançou para a grande decisão contra o Cruzeiro. Na grande final, a maquina alviverde era  favorita, mas perdeu o título para a Raposa. Após empatar no Mineirão por 1 a 1, perdeu por  2 a 1 no Palestra. Derrota ficou conhecida como o Palestrazo e marcou o fim de uma equipe que encantou o futebol brasilieiro por seis meses e entrou para história.

Campeonato Brasileiro de 1996

Após a frustração, Palmeiras perdeu três jogadores. Muller, Rivaldo e Amaral sairam do clube. Mesmo assim, o Verdão foi o terceiro melhor da primeira fase, que tinha 24 clubes. Paulistas ficaram atrás do Cruzeiro e do Guarani. Mas foram eliminados no primeiro mata-mata pelo Grêmio, que seria o campeão.  E no dia 30 de novembro o Alviverde encerrou a temporada.



 Gols do título do campeonato Paulista de 96. Canal: Rony Teixeira . Imagens: TV Globo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »