30/04/2020 às 22h48min - Atualizada em 30/04/2020 às 22h48min

Gol fora de campo! Richarlison vira embaixador do programa 'USP VIDA'

Jogador é o primeiro apoiador do Programa da Universidade, que visa arrecadar doações para ajudar nas pesquisas e ações de combate à Covid-19

Dara Oliveira - Editado por Paulo Octávio
Créditos: Reprodução/Twitter@richarlison97
Mesmo distante dos gramados, Richarlison, atacante do Everton, 'marcou um gol de letra' ao se tornar o primeiro embaixador do programa 'USP VIDA' . Dessa forma, o jogador vai liderar o projeto de arrecadação 'Tabelinha de Craque' que visa, sobretudo, reunir doações para aplicação em pesquisas e ações de combate ao Covid-19. 
 
"A USP tem participado intensamente no enfrentamento da pandemia da covid-19, tanto nos aspectos assistenciais, por meio dos hospitais e da rede de diagnósticos, na difusão de conhecimento, e principalmente, na pesquisa. Temos mais de 200 grupos de pesquisadores trabalhando em várias áreas do conhecimento. Mas podemos fazer mais. Por isso, criamos o projeto USP Vida e temos a satisfação de ter o jogador Richarlison como o primeiro embaixador do nosso programa. Nosso objetivo é ampliar o número de colaboradores na divulgação dessa importante iniciativa e conscientização do papel da ciência e das universidades na procura por soluções para a sociedade”, disse  ao Jornal da USP, o reitor Vahan Agopyan. 
 
Sendo assim, a parceria com o jogador ajudará na divulgação da campanha. Por meio de suas redes sociais, Richarlison vai  convocar atletas, artistas, empresas, celebridades e a população em geral para contribuir com a causa. Além disso, todos os dias serão promovidas postagens e vídeos com informações sobre o projeto.
 
Em suas redes sociais o atleta afirmou estar feliz pela parceria e determinado a contribuir positivamente com a causa. "Eu vou confessar a vocês: eu estou muito inquieto por não poder fazer o que mais amo, gols. Esse tempo  de confinamento me fez entender que há um outro jogo em disputa, e eu decidi me escalar" Ao Jornal da USP, Richarlison pontuou que está na hora de pesquisadores  e cientistas, que estão na linha de frente da pandemia do novo coronavírus, receberem o devido incentivo e valorização da sociedade. 
 
"Sempre tivemos a imagem dos nossos heróis muito ligada ao esporte, nossos craques, à música, à TV, mas hoje estamos conhecendo milhões de outros craques que estão na linha de frente, arriscando suas próprias vidas para salvar as de tantas outras pessoas e, principalmente, pesquisando soluções para conseguirmos vencer essa que é a partida a ser vencida hoje: a vida contra a covid-19"
 
Ele também destacou o objetivo de tornar a ciência mais popular. Na ocasião, também disse que está determinado a fazer o possível para que as pessoas atingidas pela campanha comecem a enxergar a importância da pesquisa científica no dia a dia. 

De acordo com a USP, poderão contribuir com o programa tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas. Dessa forma, as doações poderão ser feitas por meio de transferência bancária, depósito em conta corrente ou pagamento em cartão de crédito. Toda a arrecadação será administrada por um comitê gestor, que é coordenado pela pró-reitora da instituição.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »