02/05/2020 às 10h33min - Atualizada em 02/05/2020 às 10h33min

Messenger lança plataforma para vídeochamadas

Serviço pode ser acessado por até 50 participantes por tempo ilimitado

Thiago Oliveira - Editado por Manoel Paulo
The Sun
TechCrunch
O Facebook anunciou recentemente que o aplicativo Messenger começa a suportar vídeochamadas com até 50 participantes. A nova função chamada Messenger Rooms está disponível em nível global para usuários de Android e IOS. Para facilitar a aceitação da nova funcionalidade, a videoconferência pode ser acessada até mesmo por quem não possui uma conta no Facebook.

Diferentemente dos concorrentes, o Messenger Rooms permitirá aos usuários de IOS adicionar máscaras de realidade aumentada durante a videochamada, ao estilo Snapchat. Além disso, não há um limite de tempo por chamada, como o imposto pelo concorrente Zoom que é de 40 minutos.

“Nós estamos deslocando mais recursos da companhia para a comunicação privada e para plataformas desse tipo, ao invés de apostar apenas no modelo tradicional”, disse o CEO do Facebook Mark Zuckerberg em entrevista ao The Verge.


As videoconferências tem se tornado um dos poucos meios de contato visual permitido durante a pandemia imposta pelo novo coronavírus. Se transformou em aliado das salas de aula e aplicativos como o Zoom, Hangouts e Skype estão sendo indispensáveis nesse momento de isolamento social.

O sucesso do Zoom é tanto, mesmo com problemas envolvendo a privacidade e a segurança de dados, o CEO da empresa Eric Yuan viu seu aplicativo saltar de 10 milhões de usuários em dezembro de 2019, para 200 milhões em março. A fortuna de Eric também acompanhou o sucesso de seu app, batendo a marca de US$ 7,8 bilhões (ou R$ 42,9 bilhões).
 

 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »