20/05/2020 às 15h16min - Atualizada em 20/05/2020 às 15h16min

Golden State Warriors: a história de uma franquia

A equipe ganhou notoriedade mundial com a chegada de grandes estrelas

Matheus Aquino - Editado por Paulo Octávio
Klay Thompson e Stephen Curry, símbolos do atual momento do Golden State Warrior. Foto: USA Today Sports
O Golden State Warriors é uma equipe profissional de basquete sediada em São Francisco, na Califórnia. A franquia compete na conferência oeste, divisão do pacífico. Nesse texto, vamos conhecer um pouco sobre a história dos Warriors.

ORIGEM DO GOLDEN STATE WARRIORS

O Golden State Warriors foi fundado em 1946, na Filadélfia, cidade do estado da Pensilvânia. Na época, era Philadelphia Warriors. Em 1962, mudou-se para a baía de San Francisco, sendo conhecido como San Francisco Warriors. No entanto, em 1971, adota o nome que é mantido até hoje: Golden State Warriors.

PRIMEIRO TÍTULOS CONQUISTADOS: 1947 E 1956

Um ano após a fundação, a equipe conquistou o campeonato inaugural da Associação de Basquete da América, em 1947. A BAA foi posteriormente fundida com a National Basketball League em 1949, dando início a NBA. Naquele ano, a equipe foi liderada por Joe Fulks, bateu o Chicago Stags, por 4 a 1. Nove anos depois, liderados pelo trio de Hall da Famas com Paul Arizin, Tom Gola e Neil Johnston, a franquia conquistou o seu segundo título quando derrotou os Fort Wayne Pistons, atualmente Detroit Pistons.

ERA WILT CHAMBERLAIN

O início da década 60 para os Warriors foi glorioso, com a chegada de Wilt Chamberlain. Ele liderou a equipe em pontuação seis vezes, quebrou recordes na NBA e mudou os parâmetros do jogo na época. Seu grande feito foi em 2 de março de 1962, quando anotou 100 pontos contra o New York Knicks. Maior marca da história da liga. Em 1963,
para fazer dueto com Wilt the Stilta franquia recruta Nate Thurmond, lendário jogador. No entanto, perderam as finais daquele campeonato em 1964, para o Boston Celtics. Uma temporada depois, Chamberlain é trocado para o Philadelphia 76ers; o resultado foi um fracasso para os californianos.


Wilt Chamberlain e o jogo memorável de 100 pontos.                                                                              Foto: Reprodução/GaúchaZH

ANOS POSTERIORES

Os anos seguintes foram decepcionantes para o Golden State Warriors. Em 1965, selecionaram Rick Barry na primeira rodada do draft. No mesmo ano, o jogador ganhou o prêmio de calouro do ano da liga. Uma temporada depois, Barry leva a equipe a final do campeonato, contudo, perdem o título para a nova equipe de Chamberlain, 76ers. Oito anos depois, os Warriors conquistaram o seu primeiro campeonato da NBA com uma vitória sobre o Washington Bullets. Os anos passaram e o Golden State Warriors viveu temporadas como coadjuvante e sem disputar os títulos de conferência e mundial. No entanto, tudo mudou a partir de 2009, com a seleção de Stephen Curry. Além dele, os Warriors selecionaram em anos seguintes: Klay Thompson, Draymond Green e Harrison Barnes.


Stephen Curry com o o anel de campeão da NBA, em 2018.                                                     Foto: Reprodução/NBA/Noah Graham

RIVALIDADE COM O CLEVELAND CAVALIERS

A rivalidade entre a franquia da Califórnia e a de Ohio se iniciou na temporada 2014/15, dando um início de quatro finais consecutivas. Os Warriors venceram três das quatro finais da NBA em que enfrentaram o Cavs. No entanto, foram derrotados em 2016, quando estavam vencendo a série por 3 a 1. Naquela ocasião, LeBron James carregou o time, tornando-se vencendores na Oracle Arena, no jogo 7. Os títulos de 2017 e 2018 tiveram um ingrediente especial na equipe dos Warriors: Kevin Durant. O ala acertou com a franquia após a sua saída do Oklahoma City Thunder. Entretanto, no ano seguinte, o time estava repleto de lesões. Dessa forma, foram derrotados para o Toronto Raptors.

Stephen Curry, por sua vez, foi eleito o MVP da NBA em duas temporadas consecutivas, 2015 e 2016. Três vezes campeão da liga, eleito em seis ocasiões para o All-Star Game e All-NBA Team. Em cinco anos consecutivos, liderou em bolas de 3 pontos convertidas na temporada. Com tal façanha, Curry mudou os panoramas do jogo, tornando-o mais veloz e de lançamentos de longa distância. Antes, o jogo era focado e trabalhado nas ações do pivô. 


Stephen Curry e LeBron James nas finais de 2015 da NBA.                                                 Foto: Reprodução/facebook/Quintoquarto

O Golden State Warriors, com toda a sua rica história e principalmente suas conquistas, tornou-se uma das maiores franquias de toda a história do basquete americano.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »