04/06/2020 às 21h25min - Atualizada em 04/06/2020 às 21h25min

Lincom fala sobre suspensão por doping: “Minha intenção é voltar”

Jogador estava no Vila Nova quando foi suspenso; sem clube, Lincom comenta futebol em uma rádio

Brendo Romano - Editado por Paulo Octávio
Lincom com uniforme de sua papelaria. Foto: Arquivo Pessoal/ESPN
Lincom Pires estava no Vila Nova (GO), em abril de 2018, quando recebeu notícia que estava suspenso temporariamente porque testou positivo para doping pelo uso excessivo de testosterona. O resultado foi divulgado três meses depois do teste, quando Pires atuava pelo Santo André na disputa do Campeonato Paulista. Por isso, o centroavante precisou rescindir o seu contrato com clube goiano e voltar para São Paulo. Inicialmente a pena para o jogador foi de quatro anos de suspensão, mas seu julgamento foi adiado e não tem previsão para acontecer. Em entrevista exclusiva ao Lab Dicas, Lincom comentou sobre a punição por doping e projetou seu futuro. “Estou suspenso e tenho pouco mais de um ano para cumprir. Pretendo voltar depois desta punição. Não sei em que condições vou estar fisicamente, mas minha intenção é voltar”, disse.

Desse modo, enquanto espera o fim da suspensão, o atleta segue tocando um negócio que montou na sua cidade natal, Birigui. Assim, o centroavante costuma passar o dia a dia e esquecer um pouco do futebol. “Eu abro a papelaria às 8h30 e saio às 18h30. Estou ocupando o meu tempo dessa maneira, além de ser comentarista de rádio. Tenho um programa na Rádio Pérola (98,9 FM), que se chama: Resenha na Pérola. Então, de segunda a sábado falamos sobre futebol e é um passatempo que eu consegui”, disse.

Lincom Pires não pode disputar nenhum campeonato que seja organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Assim, o jogador revelou que não pratica nem o futebol amador. “Tenho evitado jogar, principalmente, jogos que valem alguma coisa. Têm alguns rachões aqui na minha cidade, jogos de amigos que eu acabo participando, sempre a mesma turma. Depois a gente faz um churrasco e joga baralho, isso não tem nenhum tipo de problema”, disse.

Muitos atletas que são pegos no doping precisam muito de apoio e ajuda. Desse modo, o jogador ressaltou a importância de sua família nesse momento conturbado na carreira. “Foi bastante difícil para todo mundo. Minha família me ajudou bastante, me deram sempre apoio e conversaram comigo tentando me manter em paz. Alguns amigos desapareceram e sumiram do mapa o que é normal. Porém, os poucos que ficaram sabem dar o devido valor”, contou.

O jogador viveu altos e baixos em sua carreira. Seu melhor momento foi com a camisa do Bragantino, time em que ele é o maior artilheiro; Pires fez 73 gols em 158 jogos oficiais. Além disso, o atleta foi peça importante na campanha que quase levou o Massa Bruta a Série A em 2012. Em 2015, Lincom foi contratado pelo Corinthians. Na época, o atacante chegou para fazer sombra a Vágner Love, que vivia grande fase no Parque São Jorge. Sob comando do técnico Tite, o jogador sagrou-se campeão brasileiro com o Alvinegro.  Porém,  ele atuou somente três jogos e não marcou nenhum gol. No final da temporada tudo estava certa para a renovação entre as partes, mas a falta de acordo entre Bragantino e Corinthians acabou esfriando o negócio. Assim  Lincom deixou o Timão e posteriormente foi para o Santo André.. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »