09/06/2020 às 12h28min - Atualizada em 09/06/2020 às 12h27min

Conheça personagens da Marvel e DC que nasceram em séries animadas

Da TV para os quadrinhos

Ernandes Silva - Editado por Fernanda Simplicio
Divulgação: DC Comics
Nem todos os personagens presentes nas histórias em quadrinhos vieram de lá, alguns nasceram em séries animadas e depois migraram para as HQs e para outras mídias. O caso mais famoso foi da Arlequina, a qual inicialmente era para ter apenas uma participação na série animada do Batman dos anos 90. Mas ela fez tanto sucesso que continuou na série e depois sua origem foi contada nos quadrinhos, e hoje é uma das personagens mais famosas da editora.
A seguir estão alguns personagens da Marvel e da DC que nasceram em séries animadas e depois foram para as histórias em quadrinhos:

X-23


Em 2003 no desenho animado X-Men: Evolution, a X-23, ou como também é conhecida Laura Kinney, fez a sua primeira aparição. Criada em laboratório, Laura é um clone pré-adolescente com o DNA alterado do Wolverine, e desde cedo ela foi submetida a procedimentos e treinamentos para ser mais letal do que o próprio Wolverine. A X-23 teve a sua primeira aparição nos quadrinhos no ano seguinte em NYX #3, escrita por Joe Quesada e desenhada por Josh Middleton. Ela já apareceu em jogos, outras animações e mais recentemente no filme Logan (2017), interpretada pela Dafne Keen.

Renee Montoya


Uma das maiores e mais brilhantes detetives do Departamento de Policia de Gotham City, Renée Montoya surgiu, assim também como a Arlequina, em Batman: The Animated Series (1992-1995) e no mesmo ano fez a sua estréia nos quadrinhos em Batman #475. Renee trabalhou por anos no DPGC ao lado de Harvey Bullock e ajudando o Cavaleiro das Trevas em diversas histórias, até que sua carreira se comprometeu por ter sua sexualidade revelada e perder o emprego. Mas, após a morte do vigilante Questão, ela assumiu a identidade feminina do Questão e atua até então como vigilante. Renee teve duas versões live-action, na série Gotham (2014 – 2019) pela atriz Victoria Cartagena, e no longa-metragem Aves de Rapina: Alerquina e sua Emancipação Fantabulosa (2020) pela atriz Rosie Perez.

H.E.R.B.I.E.


Em 1978 na série animada do Quarteto Fantastico, quando o Tocha Humana foi separado da equipe visto que iria estrelar um filme solo que nunca aconteceu a idéia para um substituto veio em forma de um robô, H.E.R.B.I.E. Ele foi criado pela dupla Stan Lee e Jack Kirby. Um ano após sua primeira aparição, ele foi integrado na continuidade dos quadrinhos por Mark Wolfman e John Byrne na revista Fantastic Four #209 de agosto de 1979.

Batman do Futuro


Terry McGuinnis é um jovem que ao fugir de uma gangue, que remete ao Coringa, acaba por encontrar um Bruce Wayne velho que se aposentou da vida heróica. Ele se torna o novo Batman para proteger a cidade de Nova Gotham. A série animada Batman do Futuro foi lançada em 1999 e foi logo um grande sucesso, tendo 3 temporadas e um filme animado intitulado de Batman do Futuro: o Retorno do Coringa (2000). Ele continuou a aparecer na animação Liga da Justiça Sem Limites (2004 – 2006) e ganhou uma minisérie que era canonica da animação. E em 2010, Terry foi oficialmente integrado ao Universo DC.

Flama


Criada para a série Homem-Aranha e seus Incríveis Amigos (1981) pelos desenhistas John Romita e Dan Spiegle e pelos roteiristas Dennis Marks e Christy Marx, Flama é o codinome da jovem mutante Angelica Jones. No desenho, Flama atuava ao lado do Homem-Aranha e do Homem de Gelo e juntos protegiam a cidade de Nova York de diversas ameaças. A personagem foi um sucesso entre o publico que partir de X-Men #193 de 1985 e ganhou uma origem nos quadrinhos. Quando o gene X despertou, Angelica descobriu que podia controlar o fogo e também emitir raios e ondas de calor. Isso chamou a atenção da inimiga dos X-Men na época, Emma Frost, que recrutou a jovem para a Academia Massachussets e a manipulou. Desde então, ela integrou algumas equipes do Universo Marvel, como Novos Guerreiros, X-Men e Vingadores.

Mercy Graves


Aparentemente não é apenas o universo animado do Batman que tem personagens novos criados por Bruce Timm e Paul Dini, como foi com a Arlequina e a Renne Montoya. Mercy Graves apareceu pela primeira vez em 1996 em Superman: The Animated Series como assistente pessoal e guarda-costas de Lex Luthor. Desde lá, ela já demonstrava certa admiração e lealdade pelo vilão e o auxiliando nos seus planos, e assim sendo o braço direito de Luthor. Sua primeira aparição nos quadrinhos foi em Superman Adventures #1 de novembro de 1996. Mercy Graves já participou de animações, jogos e teve três versões em live-action, Batman VS Superman: A Origem da Justiça (2016) por Tao Okamoto, na quarta temporada de Supergirl (2015 -) por Rhona Mitra, e na segunda temporada de Titans (2018 -) por Natalie Gumede.


REFERÊNCIAS
VINHA, Felipe. 
10 PERSONAGENS DE QUADRINHOS QUE NASCERAM EM OUTRAS MÍDIAS!. Legião dos Heróis, 2018. Disponível em: <https://www.legiaodosherois.com.br/lista/10-personagens-de-quadrinhos-que-nasceram-em-outras-midias.html#list-item-1>. Acesso em: 05 de jun. de 2020. 

5 PERSONAGENS DOS QUADRINHOS QUE SURGIRAM EM SÉRIES ANIMADAS. Canal Superhero. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=qluzS81Ibi8&t=170s>. Acesso em: 08 de jun. de 2020. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »