22/06/2020 às 18h08min - Atualizada em 22/06/2020 às 17h35min

8 filmes para refletir sobre o racismo

A equipe do Lab Dicas fez um catálogo com longas que falam sobre a discriminação racial

Thaís Santos - Editado por Fernanda Simplicio
Divulgação/ Blog da Kika Castro
Quem tem acompanhado os noticiários certamente viu que há cerca de um mês eclodiu uma onda de protestos e confrontos violentos, e não apenas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo sobre a discussão a respeito do racismo. A temática se tornou pauta após um vídeo repercutir nas redes sociais ao mostrar a abordagem abusiva de uma ação policial acabar em morte.   
 
No vídeo, George Floyd, cidadão negro repetia a frase “eu não consigo respirar”, enquanto era detido brutalmente por policial branco, que o mantinha imobilizado no chão, algemado e usou do seu joelho para asfixiar o pescoço do homem contra o asfalto. 
 
O caso de Floyd e de outras pessoas negras, que foram assassinados cruelmente por causas de policiais brancos geram um debate que há tempos está enraizada na sociedade e que por algumas vezes voltam a ser um boom nas mídias sociais por algumas semanas até esfriar novamente o assunto.  

O movimento social criado é uma reação para combater esse crime, e usa a hashtag #
BlackLivesMatter, que em português significa "Vidas Negras Importam". Isso é uma ação direcionada para pessoas negras que são as principais vítimas da brutalidade policial, da desigualdade econômica e racial no sistema de justiça dos Estados Unidos, e dos elementos que dão forma e figura para o racismo. 
 
Por que não conseguimos superar o racismo? A reportagem fez uma listagem com filmes que tratam sobre o racismo estrutural na plataforma de streaming, como Netflix e Amazon Prime. Confira abaixo: 
 
12 Anos de Escravidão
A trama é baseada na biografia de Solomon Northup, que conta a trajetória de um homem negro nascido livre que é levado para Nova York e vendido como escravo. O filme é de 2013, levou 3 Oscars de: Melhor Filme, Roteiro Adaptado e Atriz Coadjuvante.  
 
Corra!
O filme apresenta uma metáfora sobre o racismo estrutural nos Estados Unidos. O longa ajuda a compreender melhor algumas situações que se passa nos dias de hoje. A produção é dirigida por Jordan Peele, o gênero do filme é terror contemporâneo.
 
Olhos que condenam
A minissérie também disponível na Netflix entrou para a listagem por abordar um assunto muito série. A trama conta a história de cinco garotos negros que são presos, interrogados e coagidos a confessar um ataque a uma mulher que foi vítima de estupro, no Central Park. 
 
A 13ª Emenda
A história aborda a criminalização da população negra nos Estados Unidos e o sistema prisional, foi lançado em 2016. A produção pertence ao gênero de documentário com cenas provocantes de estudiosos, ativistas e políticos.   

Green Book: O Guia
A produção disponível na Prime Video, conta a história de Tony Lip, um segurança contratado para o cargo de motorista por Dr. Don Shirley, um pianista negro de classe alta. O desenrolar da cena aborda a questão do racismo, os perigos e a jornada deles para sobreviver em meio a tudo isso.
 
The Butler: O mordomo da Casa Branca
O drama foi exibido pela primeira vez em 2013, e é baseado em uma história real, de um ex-escravo que foi mordomo por oito mandatos na Casa Branca.  
 
Pelé: A Origem
O filme narra a história de um garoto chamado Edson Arantes do Nascimento, que decide superar todos os limites causados pelo racismo para se tornar ícone global no esporte, considerado um dos maiores atletas de todos os tempos. 

Histórias Cruzadas 
Com duração de 2h26 minutos, o longa aborda a narrativa de uma determinada garota que decide se tornar escritora, em uma pequena cidade do estado do Mississipi nos anos 60. Ela então começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca.  

Os serviços de streaming disponibilizam poucos filmes que ajudam a compreender e refletir sobre esse assunto que há anos perpétua na sociedade. 

  
REFERÊNCIAS:

REDAÇÃO. 15 filmes para falar sobre o racismo e consciência negra. Catraca Livre, 19 de novembro de 2019. Disponível em:<https://catracalivre.com.br/cidadania/15-filmes-para-falar-sobre-racismo-e-consciencia-negra/> Acesso em: 22 de junho de 2020.
 
AIRES, Raissa. #FicaADica, #FicaEmCasa: 10 filmes para refletir sobre o racismo. Sindilegis, 5 de junho de 2020. Disponível em: <http://sindilegis.org.br/ficaadica-ficaemcasa-10-filmes-para-refletir-sobre-o-racismo/> Acesso em: 22 de junho de 2020.
 
REDAÇÃO. Vidas negras importam: protestos crescem nos EUA e Rio tem manifestação neste domingo. Brasil de Fato, 31 de maio de 2020. Disponível em: <https://www.brasildefato.com.br/2020/05/31/protestos-por-george-floyd-crescem-nos-eua-rio-tera-manifestacao-neste-domingo-31> Acesso em: 22 de junho de 2020.
 

NEVETT, Joshua. Caso George Floyd: as consequências vividas por quem filma cenas de violência policial. BBC News Brasil, 12 de junho de 2020. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-53018054> Acesso em: 22 de junho de 2020.

Por que não conseguimos superar o racismo?. Portal Geledés, 17 de junho de 2020. Disponível em:<https://www.geledes.org.br/por-que-nao-conseguimos-superar-o-racismo/> Acesso em 22 de junho de 2020.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »