23/06/2020 às 15h32min - Atualizada em 23/06/2020 às 13h54min

Igor Gomes é sondado por dois times da Europa.

O meia do São Paulo é monitorado por Ajax e Real Madrid

Narriman Giatti - Editado por Paulo Octávio
Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes
O meia do time profissional do São Paulo, Igor Gomes (21), está sendo sondado por dois grandes clubes da Europa:  Ajax e Real Madrid. O menino que surgiu da base, apesar de pouca idade foi muito importante para a equipe, e foi considerado a revelação do Paulistão em 2019,. O atleta ajudou a chegar na final, porém, foi o rival Corinthians, que foi campeão ao ganhar de 2x1, no segundo jogo. 

Além disso, também teve a oportunidade de ser o capitão da equipe no último jogo do Campeonato Brasileiro contra o CSA , no ano passado, saindo com a vitória sobre 2x1, contra o time alagoano. Possuindo a chance de receber à faixa de capitão pelo e atual diretor de Relações Institucionais, Lugano

O Ajax já fez duas contratações recentes com às revelações do tricolor paulista, Antony e David Neres. Ainda não se fala em valor para uma futura negociação, mas assim como o clube holandês, o Real Madrid sonda Igor Gomes com um interesse num destino próximo. O clube espanhol que também já contratou novas descobertas do futebol brasileiro, tais como: Vinícius Junior (Flamengo), Rodrygo (Santos) e Reiner (Flamengo).  O diretor de futebol do São Paulo e ex-jogador, Raí, disse que Igor está sendo observado por algumas potências da Europa. O meia-campista tem contrato até Março de 2023, mas pelas especulações a negociação em uma próxima janela está bem perto de acontecer. 

Ele  já está indo atrás do seu passaporte português para que consiga ficar mais valorizado no mercado da bola. Com isso, o jogador não é colocado como um estrangeiro em equipes europeias, o que facilita uma transferência. Logo, devido à quarentena, o processo atrasou um pouco mais para ter em suas mãos. 

 
Igor que já foi chamado por alguns como o "novo Kaká", deixou sua opinião sobre isso em uma entrevista no Canal Desimpedidos: "Não gosto de ser chamado dessa forma, pois tira o mérito das coisas que eu já construi. Ele foi um jogador vitorioso por onde passou, teve sucesso financeiramente, teve sucesso dentro do futebol, e é muito respeitado, e é isso o que eu quero construir para a minha carreira, mas com o meu nome".  


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »