23/06/2020 às 17h08min - Atualizada em 23/06/2020 às 17h02min

MP promove discordância entre Globo e Flamengo

A emissora garante que está pronta para entrar com ações judiciais se for preciso

Yuri Araujo - Editado por Paulo Octávio
Internet/ Tv Prefeito
Flamengo e a TV Globo continuam em lados diferentes sobre a discussão de direito de transmissões do campeonato carioca. Nos bastidores, o clube busca garantir as transmissões de seus jogos como mandate, para os seus torcedores. De outro lado está a emissora que, detém os direitos de todos os clubes exceto o clube da gávea, pelo futebol carioca e prevê ações judiciais caso o mesmo transmita algum jogo em que esteja presente clube com contrato assinado pela emissora. 

Na quinta (18), o Presidente da República, Jair  Bolsonaro assinou uma medida provisória onde muda regras de transmissões de TV sobre as partidas de futebol. A medida agradou o Mengão, que se vê agora, no direito de transmitir suas partidas como mandantes. Porém, por outro lado está a Globo, que na sua visão percebe que a nova MP não passa por cima de contratos de transmissão que ela já tem com diversos clubes do Futebol Brasileiro.

 
“A nova medida provisória não afeta as competições cujos direitos já foram cedidos pelos clubes, seja para as temporadas atuais ou futuras. A Globo continuará a transmitir regularmente os jogos dos campeonatos que adquiriu, de acordo com os contratos celebrados, e está pronta para tomar medidas legais contra qualquer tentativa de violação de seus direitos adquiridos”, diz a nota da TV Globo.

O Flamengo ainda assim nos bastidores já está se articulando para transmitir a próxima partida contra o Boavista, válida pelo Campeonato Carioca que ainda não tem previsão de data. Outras emissoras de televisões foram até procuradas pelo clube para possíveis transmissões, porém o medo de entrar em uma briga judicial com a Rede Globo impede as negociações.
 
Em entrevista ao Jornal “O Dia”, a especialista Fernanda Soares, procuradora do Tribunal de Justiça Desportiva do futebol, vê o Flamengo com bons argumentos para a transmissão da partida.  "O contrato que a Globo fez com os outros clubes não gera obrigações ao Flamengo; o clube não participa desta relação contratual. No cenário pré-MP, o Flamengo estaria proibido de transmitir porque para que houvesse qualquer transmissão das partidas deveria haver a cessão de direitos dos dois clubes à mesma empresa. Mas a MP muda a lógica: agora quem é o mandante é quem determina a forma de transmissão da partida. Então, sim, entendo que o Flamengo pode transmitir os jogos do Carioca em casa", afirma.

Muitos capítulos dessa novela ainda estão por vir, eis a questão de quem no final irá sair ganhando.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »