23/06/2020 às 18h16min - Atualizada em 23/06/2020 às 18h16min

Camisa desenhada por torcedor do Atlético quebra recorde de venda

Flavio Markiewicz venceu o concurso e conquistou benefícios

Jeovana Oliveira - Editado por Paulo Octávio
O novo manto da massa. Foto: Flavio Markiewicz.
A camisa desenhada pelo torcedor Flavio Markiewicz venceu o concurso realizado pelo Atlético Mineiro -- com mais de 1.500 projetos -- e será o terceiro uniforme do Galo em 2020. O lançamento foi um sucesso e a venda do novo manto quebrou recordes.  Em uma semana, a camisa já havia vendido mais de 100 mil unidades e contou com a angariação de 23 mil sócios torcedores. Com edição limitada, as confecções tiveram início no último domingo, 21 de junho, e terá prazo de entrega máximo aos torcedores 75 dias a partir desta data, de acordo com o site oficial do projeto. 
 
Os sócios Galo na Veia possuíram desconto ao realizar a compra com vendas exclusivas nas primeiras 92 horas no valor de R$ 169,99  (contando com tamanhos femininos, masculinos e infantil). Após esse prazo, os não sócios podem adquirir o produto por R$ 269,99. Atualmente, por ultrapassar a quantidade prevista, o clube já encerrou as vendas. 
 
Markiewicz, disse para à TV Galo sobre a idealização do manto que em 2 semanas ele projetou e criou cada detalhe da camisa, contando com referências de camisas antigas do time: o mascote –Galo-, elementos da Arena MRV, parte de cima do escudo nas costas da camisa, além do lema “Lutar, lutar, lutar” e o ideal do Atlético “Vencer, vencer, vencer “ nas laterais. Cada item da camisa foi idealizado com aspectos importantes da história, torcida e dos títulos do Galo,  rica em detalhes e características que remetem à instituição. 
 
Flavio pensou até mesmo na sua apresentação, a partir de uma série de postagens no Twitter, contou minuciosamente sobre cada detalhe da camisa que ele idealizou e conseguiu uma onda de compartilhamentos e engajamento, o que auxiliou na votação dos torcedores. De acordo com o regulamento do concurso, Flavio irá assistir ao jogo em que terá a estreia do uniforme em um camarote e aparecer na TV Galo, além de ver a sua criação em mais de 100 mil torcedores e jogadores. 
 
O time mineiro superou R$19 milhões em arrecadação bruta com a nova camisa durante os primeiros sete dias. Em uma entrevista para à TV Band MG, o presidente Sérgio Sette Câmara estimou lucro liquido de 30% a 40% -- já que é necessário o recorte do custo de produção -- além das doações de alimentos que serão realizadas a partir da venda da camisa. 
 
Com a paralisação do futebol devido ao Coronavírus, o Galo agiu em outras frentes. Além da nova camisa, novos jogadores estão chegando, e também foi marcado  o inicio da construção da Arena MRV, estádio que está previsto para conclusão em 2022.  Tendo em vista a grande aderência do torcedor à fase que o time está vivendo, Sette Câmara já deixou claro que irá ampliar o programa de fidelização do sócio-torcedor, além de ter prioridade, como na compra do novo manto, também irá planejar novas retribuições ao atleticano que acompanha fielmente o clube.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »