23/06/2020 às 21h23min - Atualizada em 23/06/2020 às 21h16min

Celulares são a principal forma de conexão à internet no Brasil

Últimos dados levantados pela TIC Domicílios mostram que 58% da população prefere os dispositivos móveis

Cinthia Resende - Editado por Manoel Paulo
(reprodução internet)
A TIC Domicílios 2019, por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), divulgou mais uma de suas pesquisas. Os dados mostram o quanto o acesso à internet via celular cresceu gradativamente e, atualmente, é a maneira mais utilizada pela maioria dos brasileiros que se conectam ao mundo virtual.

A mesma pesquisa apresentada no ano passado mostrou que 56% da população que acessa a internet já o fazia por intermédio de dispositivos móveis. Agora, o número passou a ser 58%. Em 2014, os usuário de internet por dispositivo era de apenas 20%. Isso mostra que em pouco mais de 6 anos, o percentual aumentou assustadoramente.

Acessibilidade Móvel

Um dos principais motivos da preferência por celulares é a mobilidade que o aparelho permite..

“Eu uso mais o celular porque é mais acessível. Está ao alcance das mãos. Para comunicação com amigos e parentes é a melhor escolha. Auxilia nos estudos e, para o divertimento rápido também. Além, claro, para saber os assuntos que acontecem no Brasil e no mundo”, conta a estudante de psicologia Priscila Costa.

Grande parte da população brasileira passa o dia fora de casa. Assim, os dispositivos móveis são o melhor meio de acesso.

A gestora de recursos humanos, Thais Barbosa diz o seguinte sobre o uso de smartphone: “Eu uso mais (a internet) pelo celular porque está mais fácil o acesso. O celular está sempre comigo. Quando preciso pesquisar algo, pego ele. Mais fácil”.

Quando vemos os dados sobre as pessoas que moram no meio rural, a proporção é ainda maior, com cerca de 77%. Os celulares também são os mais usados entre as classes D e E. A porcentagem já chegou a surpreendente marca de 85%. Ou seja, quanto mais pobre e menos urbano, mais o celular se torna funcional.

O uso do computador

Em manifestação a Agência Brasil, o coordenador do Cetic.br, Alexandre Barbosa, pontua que o governo eletrônico é maior para quem usa múltiplos dispositivos. Ele também comenta que há limitações no desenvolvimento de muitas habilidades nos usuários exclusivo de celulares.

Para Priscila Costa: “Eu uso mais o notebook quando vou fazer trabalhos da faculdade, ver aula online, e alguns programas que não abrem no celular, pois é pesado e o celular não suporta. Uso mais para coisas da faculdade”.

Apesar do computador ocupar menor espaço na preferência de quem acessa a web, ele ainda é a melhor opção para casos específicos. “Quando vou pesquisar prefiro o PC. Acho mais confortável (tamanho da tela e outras funcionalidades) pra fazer tudo o que preciso ao mesmo tempo”, conta a arquiteta Gislayne Felix.

O acesso a internet

O Brasil possui atualmente 134 milhões de pessoas conectadas a rede, ou seja, 74% de toda população. Para se ter uma ideia, os países desenvolvidos tem cerca de 80% de usuários conectados. Há doze anos, o contingente de pessoas conectadas a internet, no Brasil, era de pouco mais de 30%.
A classe A possui 91% da população conectada à rede. Em contra partida, as classe D e E possuem 48%. As regiões norte e nordeste são as menos conectadas.

Mais de 90% dos usuários diz utilizar a internet para troca de mensagens, sendo que 74% prefere conversar por chamadas de voz ou vídeo. Aproximadamente 77% costuma assistir vídeos, séries e filmes. 70% gosta de verificar o e-mail.

E acredite: a internet discada ainda é consumida. Mas o número é quase simbólico. Apenas 0,6% da população brasileira. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »